Connect with us

POLÍCIA

Justiça mantém prisão de envolvidos em triplo homicídio de família boliviana

Publicado

em

Os cinco brasileiros envolvidos no triplo homicídio e na tentativa de assassinato de uma adolescente de uma família boliviana vão permanecer presos. A decisão é do juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar Alesson Braz.

Ao reavaliar a prisão preventiva de Gean Carlos Alves da Silva, Gean Carlos Nascimento da Silva, Geane Nascimento da Silva, Gilvan Nascimento da Silva e Luciano Silva de Oliveira, o magistrado disse que não há no processo fatos novos que possibilitem a revogação da prisão preventivas dos réus.

Na mesma decisão, foi declarada extinta a acusação contra Gilvani Nascimento da Silva, que teria sido o pivô de toda a confusão que terminou em tragédia. Gilvani foi assassinado a tiros no dia 6 de abril deste ano. O crime aconteceu na região do Ramal Benfica, mas segundo a polícia não teve ligação com o caso ocorrido na fronteira.

Os integrantes da família Nascimento da Silva e Luciano Silva de Oliveira foram presos por envolvimento nas execuções da boliviana Florentina Beatriz Hilarión e dos filhos dela, Frank Cristian e Samir Rivas e ainda por tentar matar a caçula da família, uma adolescente de 14 anos. Os crimes ocorreram em 13 de setembro do ano passado no Ramal do Pelé, zona rural da Bolívia, na fronteira com Acrelândia.

Consta na denúncia que a intenção do grupo era garantir a ocultação e a impunidade de outro crime. Segundo o inquérito, Gilvani Nascimento foi flagrado estuprando a adolescente.

O pai da menina amarrou o então acusado e foi ao município de Acrelândia chamar a Polícia Militar, mas o pai e os irmãos de Gilvani foram ao local e mataram os três bolivianos. Na mesma ação tocaram fogo na residência e ocultaram os corpos das vítimas numa área de mata. A adolescente de 14 anos só não foi executada porque fingiu estar morta.

A expectativa é que a audiência seja realizada ainda este ano.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Em Xapuri, homem é detido pela PRF com mais de 31 kg de cocaína

Publicado

em

Por

Nesta tarde, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Acre fez uma apreensão de mais de 31 kg de cloridrato de cocaína durante abordagens em nossa Unidade Operacional (UOp) em Xapuri, durante operação São Sebastião que ocorre no município.

Equipe de policiais destacada para o município de Xapuri para a Operação São Sebastião, com o objetivo de reforçar o policiamento no local em função das comemorações do dia do Santo padroeiro da cidade, fazia abordagens em frente à Unidade Operacional quando deu ordem de parada a uma Van, de cor branca, que se dirigia em sentido de Rio Branco. Imediatamente após a parada, os policiais já notaram um comportamento muito nervoso do motorista, com gestos e respostas fora dos padrões, motivando uma busca dentro do veículo à procura de ilícitos.

A droga estava escondida no forro do compartimento de carga do veículo e foi preciso uso de ferramentas para desmontagem de parte da estrutura para ter acesso ao local em que o ilícito estava escondido. Após a minuciosa busca, os policiais encontraram um total de 31,5 kg de cocaína.

Aos policiais o motorista informou que pegou a droga no país vizinho.

Diante destes fatos, os policiais detiveram o motorista e o encaminharam para a Delegacia da Polícia Federal de Epitaciolândia, juntamente com o veículo e a droga, para os procedimentos legais para o crime de tráfico internacional de drogas.

Continue lendo

POLÍCIA

Advogado que atropelou três motociclistas na Avenida Getúlio Vargas tem pedido de liberdade negado

Publicado

em

Por

No recurso a defesa alega que os requisitos da prisão preventiva estão ausentes e que o advogado Antônio Djan Damasceno Melo, preso por atropelar três motociclistas, tem condições pessoais favoráveis, como residência fixa.

Ainda no pedido de liberdade provisória foi requerido a adoção de medidas cautelares diversas da prisão, como o uso da monitoração eletrônica ou ainda que seja mantido em prisão domiciliar.

Ao analisar o recurso o juiz da 1ª Vara Criminal, Daniel Bonfim, disse em um dos trechos da decisão que “apesar das alegações trazidas pela defesa, não houve modificação no processo capaz de revisar a prisão”. Na sequência o magistrado negou o pedido de liberdade provisória do advogado.

Antônio Djan foi preso no dia 8 deste mês após atropelar três motociclistas. O acidente aconteceu na Avenida Getúlio Vargas após o advogado invadir a contramão. O carro só parou após bater em uma estrutura de ferro. As vítimas foram socorridas pelo Samu e levadas ao Pronto Socorro.

Na audiência de custódia o flagrante foi convertido em prisão preventiva. Na decisão foi levado em conta o fato do advogado ser reincidente e que já possui sentenças condenatórias decorrentes de crime de trânsito sob influência de bebidas alcoólicas.

Continue lendo

POLÍCIA

Arma usada por bando do Acre que expulsou moradores no Abunã pertencia à PM de São Paulo

Publicado

em

Por

Foto: Reprodução

Na última sexta-feira (14) a Polícia Civil de Rondônia prendeu duas pessoas e apreendeu uma menor, de 14 anos, acusados de expulsar moradores do Distrito de Fortaleza do Abunã, uma pequena vila de pescadores, que pertence à cidade de Porto Velho, para traficar. O bando de criminosos que eram do Acre foi preso com drogas e uma arma.

A novidade do caso é que a Polícia Civil de Rondônia descobriu que a arma, um revólver calibre 38, pertencia à Polícia Militar de São Paulo (PMSP). Junto com o acusado que portava a arma no momento da prisão, havia seis munições, sendo uma deflagrada e cinco intactas.  Além disso, os policiais também encontraram mais uma munição no bolso da bermuda dele.

Uma denúncia anônima informou que o grupo do Acre havia chegado à vila de pescadores e que teria invadido duas residências e que inclusive teriam ameaçado as vítimas e proferido sessões de violência. Ao grupo foi atribuída também roubos de veículos na região.

Com cerco na residência, foram achadas duas porções de maconha (aproximadamente 27g), 18 porções de cocaína (aproximadamente 15.5g), R$ 297 em espécie, dois rádios comunicadores, dois rolos de papel filme, usados no fracionamento dos entorpecentes e vários objetos de procedência duvidosa.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia