Connect with us

POLÍTICA

Município de Assis Brasil completa 45 anos, faz grande festa e recebe governador Gladson Cameli

Publicado

em

A cidade de Assis Brasil estava pequena na tarde desta sexta-feira, 14, por causa da festa de aniversário de 45 anos de sua emancipação política. Um evento na avenida Raimundo Chaar, a principal via do município, estava marcando a data, contando com a presença das famílias, além de muitos índios das etnias Manchineri e Jaminawa.

O prefeito Jerry Correia (PT) e o governador Gladson Cameli (Progressistas) conduziram a cerimônia, prestigiada pelos deputados federais Alan Rick (DEM) e Vanda Milani (SD), além de secretários de Estado.

A chegada do governador Gladson Cameli foi um evento. Sob fortes aplausos, ele encontrou o prefeito Jerry e uma multidão de assisenses. Cameli parabenizou o município e, ao lado do prefeito, e anunciou obras, principalmente no setor de água e esgoto. Também falou sobre a pandemia.

Para o governador, “se Deus quiser não haverá terceira onda de Covid”. Ele disse que tem pressa de abraçar as pessoas e tocar as obras que precisam ser feitas. Voltou a falar, por exemplo, do anel viário em Brasileia e sobre a melhora na BR-317.

Gladson foi até à multidão e cumprimentou algumas pessoas cumprindo protocolos sanitários, apenas de punho fechado e usando máscara. “Eu vou ao povo que é meu patrão. Sou empregado deles”, disse, ao ser perguntado sobre os motivos que levam sempre a entrar no meio das pessoas.

O prefeito de Assis Brasil, mesmo sendo do PT, rasgou elogios ao governador. “Pedi socorro a ele e ele nem pensou. Já está nos ajudando e muito”, afirmou. Jerry recebeu das mãos do governador um maquinário moderno para ser usado na agricultura, além de uma caçamba. “Assim Brasil está feliz”, disse o prefeito ao Acrenews.

Antigo seringal Paraguaçu

Foto: Reprodução

Assis Brasil, localizado a 350km de Rio Branco, pela BR-317, é o último município do Acre ao sul. Está na fronteira com Bolívia e Peru. Era, antes de virar cidade, a sede do Seringal Paraguaçu, de muitas histórias, banhada pelo rio Acre.

Terra de clássicos futebolísticas entre Ladeira VS Cascata, da deliciosa tapioca da Maria do Toco e das histórias do Seu Valdir. Hoje, Assis Brasil comemora seus 45 anos de uma bela história.

QUEM FOI ASSIS BRASIL

Foto: Reprodução

Joaquim Francisco de Assis Brasil (São Gabriel, 29 de julho de 1857 — 24 de dezembro de 1938) foi um advogado, político orador, escritor, poeta, prosador, diplomata e estadista brasileiro; propagandista da República. Foi fundador do Partido Libertador, deputado e membro da junta governativa gaúcha de 1891.

Introduziu no Brasil o gado jersey e o gado devon, tendo participação importante na introdução do cavalo árabe e da ovelha karakul.

Juntamente com o Barão do Rio Branco, assinou o Tratado de Petrópolis, que assegurou ao Brasil a posse do atual Estado do Acre. Neste estado foi criado, em sua homenagem, o município de Assis Brasil.

BIOGRAFIA

Assis Brasil nasceu na estância de São Gonçalo, município de São Gabriel, no Rio Grande do Sul. Filho do estancieiro Francisco de Assis Brasil, de quem herdou extensas propriedades no interior gaúcho, e de Joaquina Teodora de Bem Salinas, ambos descendentes de açorianos.

Aos oito anos entrou na escola de primeiras letras do mestre Custódio José de Miranda. Em 1870 transferiu-se para o Colégio São Gabriel, na cidade de mesmo nome. No primeiro ano ganhou a medalha de prata e no ano seguinte a de ouro. Estas medalhas ainda existem, guardadas no Castelo de Pedras Altas, no município de Pedras Altas.

Em 1872, já órfão de pai, partiu para Pelotas, ficando interno no Colégio Taveira Júnior. Em 1874 frequentou, em Porto Alegre, o Colégio Gomes, onde estudou os preparatórios.

Em 1876 matriculou-se na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, passando a integrar o grupo de estudantes rio-grandenses que ali se formara. Fundaram o Clube 20 de Setembro, com o compromisso de pregar e propagar o sistema republicano de governo e de apressar a mudança de regime político do país.

Em 1877, Assis Brasil publicou seu primeiro livro, Chispas, com versos da adolescência. A seguir publicou História da República Rio-grandense, onde fez uma defesa ardorosa da Revolução Farroupilha de 1835. Neste livro já estão presentes os princípios básicos de seu pensamento. Seguiram-se outros trabalhos inspirados no puro ideal de suas convicções. Sua obra é vasta. Destacam-se nela tanto trabalhos de propaganda, como obras de profunda relevância do ponto de vista da teoria política. A defesa ardorosa do sistema presidencial de governo e da representação proporcional são a marca principal de seu pensamento.

Em 1879, com um grupo de rapazes que marcaram época na Academia de São Paulo, fundou o “Clube Republicano Acadêmico” e o jornal “Evolução”.

Em 1882 formou-se em direito e voltou para o Rio Grande do Sul, onde foi um dos fundadores do Partido Republicano Rio-grandense. Durante meses, percorreu a província a cavalo, pregando a liberdade e a república com que tanto sonhava.

Foi eleito deputado provincial (hoje seria estadual) em dois biênios: 1884 — 1886 e 1886 — 1888. Na tribuna enfrentou Gaspar Silveira Martins, merecendo deste seu digno adversário as maiores considerações.

Em 1889, proclamada a República, foi eleito deputado à Assembleia Nacional Constituinte. Promulgada a constituição, renunciou ao seu mandato. Convidado pelo Marechal Deodoro da Fonseca para fazer parte do primeiro ministério constitucional, recusou o convite por divergência de ideais.

Em consequência do golpe de estado de Deodoro, a situação no Rio Grande do Sul tornou-se anormal, tendo o presidente do estado Júlio de Castilhos abandonado o poder. Foi constituída então uma Junta Governativa, da qual Assis Brasil fez parte. Como único membro presente da junta, assumiu o governo do estado.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ELEIÇÕES

Biomédica que escreveu um livro após vencer a depressão disputa as eleições para deputada federal

Publicado

em

Por

A biomédica Katiany Araújo, de 36 anos, cuja história de superação foi digna de um livro que ela mesma escreveu, o “Acredite em você”, é um dos nomes da lista de candidatos a deputado federal do Republicano no Acre. Depois de passar pela depressão e ir parar em um hospital psiquiátrico, ela deu um start na vida e começou do zero de novo, com projetos ousados, como esse na política, por exemplo. Sua obra literária, por meio da qual detalha seu drama e como o superou, é, segundo ela, o pontapé desse reinício promissor.

Katiany Araújo conta com outros predicados além do enfrentamento que fez a problemas psiquiátricos. Biomédica, mãe, evangélica, certamente será notada na campanha, também, pela beleza.

Para sintonizar sua justificativa para entrar na política com o que se discute nas ruas, Katiany tem na ponta da língua o discurso da hora. “Quero ser a voz que irá representar as mulheres que de alguma forma, sofrem diversos tipos de agressões, sejam elas, física, verbal, psicológica, e aqui sendo um Estado com o maior índice de violência contra a mulher, como o próprio mês de outubro conscientiza, e sendo uma das minhas dores, posso dar minha contribuição a sociedade acreana”, diz.

Continue lendo

ELEIÇÕES

Na Expoacre, Petecão se reúne com empresários, concede entrevistas e recebe apoio popular

Publicado

em

Por

O candidato a governador do Acre pela coligação “Com a Força do Povo”, Sérgio Petecão (PSD), esteve na noite desta sexta-feira (5) no Parque de Exposições Marechal Castelo Branco, visitando a edição da Expoacre deste ano. Acompanhado do candidato a vice-governador Tota Filho (PSD), Petecão se encontrou com autoridades, conversou com empresários, e recebeu cumprimentos da população presente ao evento.

O primeiro compromisso do candidato no local foi um encontro com a diretoria da Federação do Comércio do Estado do Acre (Fecomércio-AC) para apresentar a proposta de plano de governo e discutir com a entidade a atual situação social e econômica do Acre. Uma das principais demandas que o futuro governo do Acre terá que atender é o estímulo ao desenvolvimento econômico e bem-estar social, já que pelo menos 43% da população do estado vive em estado de pobreza ou abaixo dessa linha.

“Eu tenho dito que o Acre não pode mais errar, nós temos que encontrar formas de gerar trabalho e renda para a população desse estado. Todos os dias eu me deparo com pessoas me pedindo emprego, outras indo embora do estado, alguns levando a família, porque aqui ninguém encontra oportunidade, nós temos que nos unir para reverter essa situação, e nós temos o compromisso de trabalhar muito para melhorar a vida das pessoas”, enfatiza Petecão.

Durante o encontro com o presidente da Fecomércio, o empresário Leandro Domingues, Petecão e Tota Filho entregaram a ele uma cópia da proposta de plano de governo. “Você pode ter certeza que qualquer um que assumir esse governo e quiser fazer parceria com as nossas instituições, as nossas ações poderão se alargar muito mais, porque o nosso objetivo é sempre o mesmo. Nós trabalhamos sempre para criar melhores condições de vida para o nosso povo”, garantiu Domingues.

A Federação do Comércio do estado do Acre é uma entidade ligada ao Sistema S, e desenvolve inúmeras ações sociais na área de saúde e educação, muitas delas oferecidas pelo Sesc, instituição ligada a Fecomércio e mantida pela contribuição de trabalhadores do comércio e do setor de serviços do Acre.

Após a reunião com a diretoria da Fecomércio, Petecão e Tota Filho concederam entrevistas aos veículos de comunicação que fazem a cobertura da Expoacre. Um dos stands visitados foi o do site de notícias Contilnet, onde os candidatos participaram de uma transmissão ao vivo e puderam falar sobre a candidatura e as propostas de governo.

“Penso que este espaço do Parque de Exposições pode ser melhor aproveitado durante o ano inteiro, e nossa proposta é fazer isso em nosso governo, criar eventos aqui e oferecer atividades que possam movimentar mais a nossa economia”, defendeu o candidato Tota Filho ao fazer uma avaliação do evento.

Depois de atender a imprensa, Petecão e Tota Filho caminharam por todo o Parque de Exposições, onde conversaram com empresários, microempreendedores e o povo em geral. Durante a caminhada, por diversas vezes, os candidatos foram abordados por populares, que manifestaram apoio à chapa e fizeram questão de posar para fotos com os dois candidatos.

[Assessoria]

Continue lendo

ELEIÇÕES

Em discurso, Gladson afirma que participará de todos os debates durante a campanha

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Rede Social

Durante discurso proferido na noite de ontem (06) no Ginásio do Sesc Bosque, palco da convenção do PP, o governador Gladson Cameli (PP), chancelado como candidato à reeleição, afirmou que não vai se curvar aos debates durante a campanha eleitoral.

A fala aconteceu após fazer um balanço das principais ações do seu governo. Ele citou sobre o pagamento em dia dos servidores públicos, bem como das ações de enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. Entre uma fala e outra, Cameli disse que não tem problemas com quem não esteve presente no evento. 

“Irei participar de todos os debates que tiverem! Eu não me curvarei a qualquer insulto porque a resposta está aqui [apontando para a plateia] e não com alguém que não enxerga um palmo do nariz. Eu não tenho problemas com quem não está aqui agora”, discursou.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas