Connect with us

POLÍCIA

Noiva que teve vestido de casamento entregue em outro Estado deve ser indenizada em R$ 8 mil

Decisão da 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais manteve a sentença do 1º Grau por considerar os transtornos sofridos pela cliente que teve os planos do casamento atrapalhados

Publicado

em

Uma noiva que teve seu vestido de casamento entregue em outro Estado teve garantido o direito de ser indenizada. O caso já tinha sido julgado, mas a empresa entrou com recurso e os membros da 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais da Comarca de Rio Branco mantiveram a condenação da reclamada a pagar R$ 8 mil pelos danos morais sofridos pela consumidora.

Conforme os autos, a mulher comprou o vestido de noiva pela internet, em um site de vendas internacional, e o item foi entregue em endereço diverso ao dela, em outro estado. Além disso, a consumidora demorou para ser reembolsada do valor pago pelo produto. Por isso, o 1º Grau condenou a empresa, mas ela apresentou Recurso Inominado contra a sentença.

O relator do caso foi o juiz de Direito Cloves Augusto. Em seu voto o magistrado negou os argumentos da empresa, narrando que o extravio do vestido e a demora no reembolso do valor pago atrapalharam os planos do casamento da consumidora.

“Entrega em endereço equivocado e demora desarrazoada para reembolso que impediram a celebração de casamento na data agendada”, escreveu o juiz relator no Acórdão, publicado no Diário da Justiça Eletrônico da quarta-feira, 7.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Motorista que transportava mais de R$ 3 milhões em cocaína pura é condenado

Publicado

em

Por

O caminhoneiro João Alves de Santa Ana Martins foi condenado a 9 anos e 4 meses de prisão, em regime fechado, pelo crime de tráfico de drogas. A decisão foi do juiz da 3ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco, Raimundo Nonato Costa Maia.

João Alves foi preso no dia 17 de dezembro do ano passado durante uma ação de investigadores da DENARC da Polícia Civil. A ação policial aconteceu na BR-364, logo na entrada da cidade de Rio Branco.

Os 155 quilos de cocaína estavam escondidos em tambores, que eram transportados no caminhão do acusado. A investigação revelou que João Alves saiu de Cruzeiro do Sul com o carregamento da droga. Para dissimular o cheiro do entorpecente o traficante utilizou graxa nos tambores. Os mais de 150 quilos estavam avaliados, segundo a polícia, em R$ 3 milhões e 200 mil.

Na mesma decisão que condenou o réu a quase 10 anos, a Justiça confiscou o caminhão Ford Cargo. O veículo será destinado à Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com deficiência.

Continue lendo

POLÍCIA

Acusado de matar tatuador que comemorava o próprio aniversário é preso

Publicado

em

Por

Elias da Silva Barbosa, de 19 anos, foi preso nesta sexta-feira, 20, ao comparecer na sede da Delegacia de Homicídios acompanhado por um advogado. Elias, que é conhecido pela alcunha de “Meota”, teve a prisão preventiva decretada pelo assassinato do tatuador Vicente Bonaparte Mendes.

O “tatuador”, como também era conhecido, foi morto com dois tiros quando comemorava 32 anos de vida. O crime aconteceu em uma casa na Rua do Futuro, no bairro Boa Vista, região da Sobral, onde ocorria festa de aniversário da vítima.

Vicente Bonaparte Mendes

Consta na investigação que Elias foi morto na cozinha da residência com dois tiros efetuados, de acordo com a perícia, a uma curta distância. Na sequência, o autor fugiu.

O delegado Marcus Cabral disse que uma desavença antiga entre acusado e vítima foi o principal motivo do crime. “Eles tinham um desentendimento, aí se encontraram no evento, o autor sacou a arma e atirou duas vezes na vítima”, disse o delegado.

O inquérito do caso está finalizado e será encaminhado à Justiça.

Continue lendo

POLÍCIA

Envolvido em acidente que matou Maurício Lisboa tem prisão decretada

Publicado

em

Por

A Justiça de Santa Catarina decretou a prisão preventiva de Gladson Hoffmann da Silva, de 41 anos. A decisão foi tomada na tarde desta sexta-feira, 20, em audiência de custódia no Fórum Criminal de Florianópolis

Gladson, servidor de carreira do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, era o condutor de um Honda Civic que atingiu o carro do empresário Maurício Lisboa, de 72 anos. O empresário e a esposa, Jaira, foram socorridos, mas Lisboa não resistiu.

De acordo com informações, Gladson participava de uma racha juntamente com outros dois motoristas. Os outros dois acusados do racha não foram presos.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas