Connect with us

POLÍCIA

“Operação Tempestade” tem objetivo de prender 81 pessoas ligadas ao Comando Vermelho e outras organizações criminosas

Publicado

em

Na manhã desta sexta-feira, 28, o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por intermédio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em parceria com a Polícia Militar e a Secretaria de Segurança Pública, deflagrou a Operação Tempestade, visando dar cumprimento à 126 mandados expedidos pela Vara de Delitos de Organização de Criminosa.

Essa é uma das maiores operações do Gaeco nos últimos anos, e a sua origem se deu a partir da análise de documentos apreendidos em operação anterior, quando foram identificadas lideranças da organização criminosa “Comando Vermelho” com alto grau hierárquico, responsáveis pelos núcleos de cadastramento, contabilidade, e pagamento de “biqueiras” (pontos de venda de drogas).

Estão sendo cumpridos 81 mandados de prisões preventivas e 45 mandados de busca e apreensão em Rio Branco, bem como nos municípios de Sena Madureira, Porto Acre, Brasiléia, e Cruzeiro do Sul. Também há mandados a serem cumpridos nos presídios Francisco de Oliveira Conde, na capital, Moacir Prado, em Tarauacá, e no Complexo Anísio Jobim, em Manaus (AM).

Ao todo, mais de 150 policiais militares foram empregados na realização da Operação Tempestade, incluindo o apoio da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, com emprego do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), além de promotores de Justiça do Gaeco e servidores do MPAC.

Operação Tempestade

O nome da Operação foi escolhido devido à magnitude da área de cumprimento dos mandados, incluindo diversos municípios do Acre, com extensão de Rio Branco a Cruzeiro do Sul, além do que, o período da deflagração corresponde àquele propenso para maior possibilidade de chuvas fortes no estado.

[Ascom MPAC]

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Violência: jovem é assassinado no Conjunto Ouricuri na noite deste domingo

Publicado

em

Por

Pedro Henrique dos Santos da Costa, de 21 anos, foi assassinado com um tiro no peito em Rio Branco. O crime aconteceu por volta das 22 horas deste domingo, 3, na Rua Uirapuru, no Conjunto Ouricuri.

De acordo com informações de testemunhas, Pedro Henrique trafegava em uma motocicleta modelo Biz, quando um carro se aproximou. Após ficar ao lado da vítima, um dos ocupantes do veículo fez um disparo. Pedro Henrique foi atingido no peito e não resistiu aos ferimentos.

A Equipe de Pronto Emprego da Divisão de Investigações Criminais da Policiais Civil (DEIC) esteve no local. Os agentes colheram informações para ajudar na elucidação do crime. O caso será investigado na Delegacia de Homicídios da Polícia Civil.

Continue lendo

POLÍCIA

Sena Madureira: casal é preso por tráfico de drogas no bairro Eugênio Augusto Areal

Publicado

em

Por

Um casal acusado pelo crime de tráfico de drogas foi preso na noite deste domingo, 3, no município de Sena Madureira. O flagrante aconteceu na Rua Pelicano, no bairro Eugênio Augusto Areal.

Os policias realização uma ação de combate à criminalidade quando abordaram os dois suspeitos próximo à praça do bairro. Durante as buscas pessoas os PMs apreenderam drogas, prontas para a venda, dinheiro e uma balança de precisão.

O casal foi encaminhado à Delegacia do município de Sena Madureira.

Continue lendo

POLÍCIA

Polícia encontra armas, munições, drogas e produtos roubados no “Quartel do Crime” em Rio Branco

Publicado

em

Por

Uma operação de policiais militares da ROTAM acabou na apreensão de armas de fogo, munições e drogas em Rio Branco. A ação policial, que teve como alvo uma casa localizada na Rua Tucumã, no bairro Mocinha Magalhães, ocorreu na noite de sábado, 2.

No local, Patrícia de Oliveira Lopes, de 21 anos, foi presa e uma adolescente de 17 anos foi apreendida. Durante a revista no interior do imóvel foram apreendidas uma escopeta de repetição calibre 12, com 19 munições intactas, uma pistola 380, munições de diversos calibres e drogas.

Além de entorpecente, dinheiro e uma grande quantidade de mercadorias como tênis, próteses ortopédicas, três capas de coletes balísticos, mascaras, aparelho de TV e balança de precisão.

Na delegacia a acusada disse que a mercadoria encontrada foi roubada por criminosos dos carteiros dos correios. A mulher chegou a deletar nomes dos acusados. Um dos envolvidos no crime fugiu momentos antes da chegada da Polícia Militar.

A casa funcionava como uma espécie de deposito do crime. Patrícia de Oliveira foi indiciada pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, receptação e tráfico de drogas.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas