Connect with us

POLÍCIA

Polícia Civil conclui investigação sobre suposta simulação de aplicação de vacina

Publicado

em

Ascom/PCAC

No dia 28 de abril de 2021 a imprensa noticiou que servidora da saúde supostamente teria simulado a aplicação da vacina do imunizante do Covid-19.

Ao tomar conhecimento da matéria jornalística, a Polícia Civil instaurou investigação criminal para apurar os fatos.

Depois de ouvir diversas pessoas, reunir diversos documentos, dentre eles cópia da carteira de vacinação da paciente, ficha funcional da servidora, relatório de missão policial e laudo pericial, o Dr. Nilton Boscaro, Delegado Coordenador da 5ª Delegacia de Polícia Civil, concluiu pela atipicidade da conduta, ou seja, que não houve a prática de quaisquer crimes.

“A enfermeira adotou todos os procedimentos corretos na aplicação da vacina, pois ao perceber que havia atingido um vaso sanguíneo fez o correto descarte da seringa. O imunizante deve ser aplicado intramuscular, sob pena de causar sérios problemas à saúde da paciente”, disse Nilton Boscaro.

A investigação apontou ainda que a servidora é uma exímia profissional, sendo que seus superiores elogiaram a forma pela qual ela desempenha sua função, explicando de forma pausada e clara todo o procedimento para os pacientes.

“Em razão do profissionalismo, comprometimento e zelo para com os pacientes, encaminhei expediente à Secretaria de Saúde solicitando elogio funcional na pasta da servidora”, completou Nilton Boscaro.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Envolvidos na execução de sogra da ex-secretária de Fazenda do Estado começam a ser julgados

No banco dos réus estão os mandantes e os executores do crime

Publicado

em

Por

Alisson Souza Olinda, Marciano Melo Marinho, Antônio Eliel de Souza Gomes e os irmãos Francisco e Jeferson Almeida da Silva estão sendo julgados pelo assassinato de Cosmo Ribeira Moura e Tereza da Silva Santos. A sessão é realizada nesta terça-feira, 28, na 1ª Vara do Tribunal do Júri no Fórum Criminal.

O duplo homicídio aconteceu no dia 16 de janeiro do ano passado, quando a residência do casal, localizada na região do Belo Jardim, foi invadida pelos criminosos durante a madrugada. Cosmo Ribeiro e Tereza da Silva estavam dormindo quando foram surpreendidos pelos bandidos. Marido e mulher foram executados a golpes de fação e a tiros.

Tereza Santo era sogra da ex-secretária de Fazenda do Estado Semírames Plácido. Os autores do crime, de acordo com a investigação da Delegacia de Homicídios, fazem parte de uma organização criminosa que atua na região.

A previsão inicial é que o júri se estenda até o início da noite.

Continue lendo

POLÍCIA

PF faz busca e apreensão na casa de assessores de Raimundo Neném, vereador investigado por compra de votos

Publicado

em

Por

No dia 28 de setembro de 2021, a Polícia Federal deflagrou a operação SINE VOX II com o objetivo de reprimir os crimes de corrupção eleitoral (compra de votos), transporte ilegal de eleitores e falsidade ideológica eleitoral ocorridos nas eleições municipais do ano passado (2020) na cidade de Rio Branco/AC.

Foram cumpridos 2 (dois) mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juiz Eleitoral da 1ª Zona Eleitoral da cidade de Rio Branco/AC e 8 policiais federais participaram da operação.

Durante as investigações, verificou-se a existência de indícios de formação de uma organização criminosa com a finalidade de cometer os crimes de corrupção eleitoral, transporte irregular de eleitores e falsidade ideológica eleitoral durante as eleições de 2020 na capital acreana. O alvo da operação é o núcleo administrativo da organização.

A operação é resultado do aprofundamento das investigações referentes à operação SINE VOX deflagrada no dia 20 de maio de 2021, ocasião em que foram cumpridos 4 (quatro) mandados de busca e apreensão, incluindo o gabinete de vereador da cidade de Rio Branco/AC, bem como na residência deste parlamentar.

As investigações tiveram início em março de 2021 após chegar ao conhecimento da Polícia Federal a existência de mensagens, em um grupo de aplicativo de mensagens instantâneas, na qual um dos alvos afirmou que angariou o valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) por ter votado em determinado candidato a vereador nas eleições municipais. O alvo ainda frisou que, se soubesse que obteria aquele valor, teria avisado a todos os componentes do grupo.

Na operação SINE VOX II, 4 (quatro) pessoas ligadas ao parlamentar municipal são investigadas, suspeitas de serem as responsáveis por organizar o pagamento de votos a eleitores, bem como realizar o transporte ilegal de eleitores no dia das eleições. Somadas, as penas do crime de corrupção eleitoral, transporte irregular de eleitores e organização criminosa podem chegar a 18 (dezoito) anos de reclusão.

O nome da operação (SINE VOX), em tradução livre do latim para o português, significa “SEM VOZ”. Este nome foi escolhido pois quando uma pessoa vende o seu voto ela perde o direito de falar, ou seja, de exigir dos seus representantes eleitos melhorias para toda a sociedade.

Continue lendo

POLÍCIA

Segundo envolvido na morte de pastor na Transacreana é preso

Publicado

em

Por

Hualeson Pereira Cavalcante teve a prisão temporária decretada por envolvimento na morte do pastor Raimundo Araújo Costa, de 62 anos. O acusado foi preso durante uma ação de investigadores da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões da Polícia Civil, a DCORE.

O foragido foi localizado no Conjunto Novo Horizonte, após um longo trabalho de investigação dos policiais. “Ele mudava de local constantemente para escapar da polícia”, disse o delegado Leonardo Santa Bárbara.

O pastor Raimundo Araújo Costa foi assassinado no dia 9 de abril deste ano. O crime aconteceu em uma propriedade rural localizada no km 70 da Estrada Transacreana. Um dia antes de matar o evangélico, o grupo criminoso fez um arrastão no Ramal Macarajuba, localizado no km 68 da rodovia. Vinte e oito colonos foram rendidos, amarrados e trancados de uma casa. As vítimas permaneceram no local por quase oito horas.

Hualeson Cavalcante é o segundo acusado no crime a ser preso. No mês passado os investigadores cumpriram o mandado de prisão contra Raimundo Nonato Nascimento. O delegado Leonardo Santa Bárbara disse que a investigação continua.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia