Connect with us

POLÍCIA

Polícia Civil investiga contratos de iluminação pública de Rio Branco e cumpre mandados no AC, ES e RJ

Publicado

em

Ascom/PCAC

Na manhã desta quarta-feira, 04/08/2021, em ação conjunta da Polícia Civil do Acre, por meio da Delegacia de Combate à Corrupção (DECCOR) e Polícia Civil do Espírito Santo/ES, por meio da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) e Polícia Civil do Rio de Janeiro através do 4º DPA, foi deflagrada a primeira fase da Operação “Candeeiro”.

Nesta fase da operação, em ação conjunta das Polícias Civis do Acre, Espírito Santo e Rio de Janeiro, foi possível dar cumprimento a 23 (vinte e três) mandados de busca e apreensão, cujo intuito foi apreender documentos, aparelhos telefônicos e dispositivos de informática, que comprovem a existência de um grupo criminoso que foi montado para fraudar a execução de contratos licitatórios para substituição de lâmpadas a vapor de sódio por lâmpadas de Led e manutenção da rede de iluminação do Município de Rio Branco.

A operação policial contou com mais de cento e trinta policiais e cinco delegados dos três estados, em uma investigação que visa apurar crimes de corrupção ativa e passiva, peculato, lavagem de dinheiro, associação criminosa, crimes de licitação e outros.

Todos os 23 mandados de busca e apreensão foram expedidos pela justiça do Acre requeridos pelo Delegacia de Combate à Corrupção (DECCOR) e visam investigar crimes oriundos de denúncias de fraudes em licitações e execução de serviços. 

Os mandados, somente de busca e apreensão, chancelados pela Justiça do Acre, foram cumpridos na capital Rio Branco e nos municípios de Epitaciolândia e Brasileia, além dos municípios do Espirito Santo de Vitoria, Serra e Colatina; e no Rio de Janeiro na capital e em Arraial do Cabo, com intuito de colher elementos comprobatórios que fomentarão o inquérito investigativo.

Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão em alvos de investigados da operação, foram presas duas pessoas em flagrante pelo crime de porte ilegal de arma de fogo.

A Polícia Civil do Acre agradece as Polícias dos Estados do Espírito Santo e do Rio de Janeiro pela parceria e engajamento no cumprimento das ordens judiciais da operação “Candeeiro”.

O nome da operação faz referência ao antigo instrumento de iluminação, em referência ao fato de que os investigados, ao contrário do que deveria acontecer, com suas ações deixaram de modernizar a iluminação pública e trouxeram danos milionários aos cofres públicos municipal.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Após fuga de condutor, 61 kg de cocaína são apreendidos em carreta na BR-364

Publicado

em

Por

PRF

Na noite de Sexta-feira (15), equipe de policiais da PRF do Acre fazia patrulha na BR-364, próximo ao km 40, na altura do município de Acrelândia/AC, quando avistaram uma carreta trafegando em direção à divisa com o estado de Rondônia e decidiu fazer uma abordagem de verificação de trânsito.

Durante conversas com o motorista e a checagem de documentação, foi notado diversas contradições e nervosismo ao explicar os motivos da viagem e a carga que havia trazido para o Acre. Os policiais então solicitaram ao motorista que conduzisse o veículo até um local com iluminação e segurança para que fosse feita uma verificação nas condições do veículo e uma busca por algum ilícito, o que foi prontamente aceito pelo abordado.

Alguns quilômetros depois do início do deslocamento, o veículo fez uma parada brusca e o motorista desceu rapidamente do caminhão e correu para a mata na margem da rodovia. Os policiais ainda fizeram buscas no local para tentar localizá-lo, mas devido à escuridão não foi possível. Com a fuga do condutor do veículo de carga, as suspeitas sobre a possibilidade de haver ilícito ficaram bem altas e motivou a condução do veículo para o pátio da Unidade Operacional da PRF em Rio Branco.

Já na manhã deste Sábado, com o dia claro e com a ajuda de cães de faro da CPcães, do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Acre, foi feita uma verificação minuciosa na carreta. No procedimento, acabou por ser localizado, em uma cavidade natural da estrutura do veículo, 61,2 kg de substância com características de pasta base de cocaína.

O veículo, a droga e os documentos de identificação do condutor foram entregues na sede da Polícia Federal em Rio Branco, para os procedimentos cabíveis para a instauração de inquérito policial pelo crime de tráfico de drogas e a localização do motorista que fugiu do flagrante.

Continue lendo

POLÍCIA

Acusados por duplo homicídio no bairro Seis de Agosto serão julgados na segunda-feira

Publicado

em

Por

Três anos e 11 meses após o duplo homicídio no bairro Seis de Agosto o processo caminha para um desfecho. Jhon Kennedy de Lima Paiva, Geraldo Gomes de Oliveira, Arlys Keuby de Oliveira Almeida e Nailton Gomes Ortiz serão julgados pelos crimes de duplo homicídio e por integrarem organização criminosa. A sessão será realizada na segunda-feira, dia 18, a partir das 8h30 da manhã na 1ª Vara do Tribunal do Júri.

As vítimas, Márcio Antônio Ângelo da Silva e Paulo Sérgio da Silva Lima, foram executadas a tiros por quatro criminosos que estavam em duas motocicletas. O duplo homicídio aconteceu por volta das seis horas da manhã do dia 27 de novembro de 2017 na Rua Seis de Agosto, a principal do bairro.

Consta na denúncia que os bandidos primeiro mataram Márcio Antônio e logo na sequência executaram Paulo Sérgio. Os dois crimes foram praticados numa mesma ação. Segundo a investigação da polícia, a ação criminosa foi totalmente planejada e os alvos já estavam definidos.

Um dos réus, que cumpria pena no regime semiaberto, teria saído do presidio direto para executar o crime. Em setembro do ano passado Arlys Keube foi condenado a 28 anos e 6 meses prisão pelo assassinato do jovem Raimundo Lacerda.

Continue lendo

POLÍCIA

Tarauacá: cerca de 200 quilos de carne são apreendidas após furto de bois

Publicado

em

Por

Mais de 200 quilos de carne foram apreendidos pela Polícia Civil, nessa sexta-feira (15), em uma operação no município de Tarauacá, no interior do Acre. Conforme a polícia, a carne é de bois que foram furtados de uma das maiores fazendas da cidade.

A informação sobre os furtos nessa fazenda chegou até a polícia na quinta (14) e nessa sexta, uma denúncia apontou que o grupo tinha chegado em suas casas com os animais já abatidos e que, inclusive, já tinha vendido cerca de um quarto de boi para um homem.

Foi então que a equipe policial foi até a casa dos suspeitos e encontrou um deles ainda cortando a carne do boi furtado. Segundo a polícia, ele confessou o crime, informou quem foram seus dois comparsas e ainda onde tinha guardado as demais partes do animal, que estavam espalhadas em várias casas.

Os outros dois suspeitos do furto conseguiram fugir, ao ver a chegada da polícia. Mas, o suspeito preso em flagrante também informou para quem tinha vendido parte da carne e o homem também foi preso pelo crime de receptação. Com ele, a polícia encontrou 77 quilos de carne.

O delegado da cidade, Valdinei Soares, disse que a Polícia Civil continua com as investigações para chegar aos demais envolvidos. Ele afirmou que esse tipo de crime tem sido comum na região e que, recentemente, um outro grupo chegou a ser preso pela mesma situação.

Com informações do G1 Acre.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia