Connect with us

POLÍTICA

Antes de declarar oposição, Major Rocha deveria pedir exoneração dos cargos que mantém na máquina estadual

Publicado

em

Por Tião Maia

Em qualquer Governo democrático que se preze, quem faz oposição quer manter a máxima distância possível da administração que combate. Menos no Acre. Aqui, aqueles que se declaram de oposição, como é o caso do vice-governador Wherles Rocha, querem combater o Governo mas sem largar o osso – ou seja, os cargos dos afilhados e indicados nos bons tempos de parceria.


Portanto, para ter a coerência que arrota e que acha que tem, antes de perseguir a atual administração e o próprio governador Gladson Cameli – fazendo as mais torpes denúncias e acusações contra um Governo cujos membros estão focados no combate à pandemia do coronavirus na tentativa de trazer de volta a normalidade à vida dos acreanos, o vice governador deveria pedir a exoneração de todos os cargos que ele indicou, assim como também os cargos indicados por sua irm]ã, deputada Mara Rocha. Sinceramente, não sei quantos, mas o que se sabe é que os cargos indicados pelos dois não são poucos.
Fazer oposição assim, é muito bom.

Critica, aponta o dedo, faz acusações mas as pessoas indicadas para os mais diversos cargos continuam no poder e, o que é pior, trabalhando contra o Governo e contra o próprio governador. Assim é fácil.


E quando o governador toma a decisão de devolver aos cargos de origem pessoas da mais absoluta confiança do vice-governador, como no caso dos militares de alta patentes agregados a seu gabinete, a gritaria é geral. É como se Gladson Cameli fosse refém do grupo do vice-governador e não pudesse usar sua caneta de governador para não ferir as susceptibilidades daqueles que querem só o venha-nós e na hora de devolver a contra-partida, se acham no direito de trair um Governo que detém índices impressionantes de aceitação e popularidade.


Major Rocha tem tanto apego aos cargos de quem ele indicou que, ao saber da devolução dos militares que o serviam feitos escravos particulares pagos com o dinheiro público, correu às redes sociais para reclamar de perseguição. Deve fazer o mesmo assim que o governador resolver exonerar todos os cargos. Vai de novo se fazer de vítima. Fazer oposição para depois se fazer de vítima é oportunismo político dos mais baixos.


E por que o governador precisa exonerar os cargos indicados por Rocha? Porque já está claro que, mesmo os servidores mais humildes indicados pelo vice-governador, estão a serviço de Rocha e não do governo. São eles que vivem juntando papéis e pseudos-provas contra o Governo com as quais o vice-governador embasa muitas das denúncias que vêm fazendo, muitas delas sem qualquer materialidade ou indícios mas são feitas apenas para criar embaraços ao governador e não deixá-lo governar em paz.

A oposição deve ser feita, se é que quer assim o vice-governador, sem os cargos com os quais ele encheu a máquina púbica A caneta de Galdson Cameli tem que funcionar e dizer quem que foi eleito e tem a real representação dos acreanos para administrar este Estado é ele e que, mesmo sob os ataques mais covardes, não deve transferir sua autoridade – uma autoridade conquistada pelo voto popular, nas ruas – a terceiros cuja finalidade é, como já demonstrado em outras ocasiões e agora com a tentativa de manutenção dos cargos, apenas se dar bem com o dinheiro e as funções públicas.


Gladson Cameli, que não tem se acovardado até aqui, precisa do apoio da sociedade e das pessoas de bem para enfrentar mais essa cruzada contra os inimigos do Acre.

  • Tião Maia é jornalista

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍTICA

Sancionado PL do vereador Arnaldo Barros que mostra online o estoque de medicamentos da rede municipal

Publicado

em

Por

Projeto de Lei de autoria do vereador Arnaldo Barros (Podemos), com o objetivo de dar mais transparência às ações de Saúde, foi sancionado pelo prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP). O PL aprovado na Câmara Municipal garante a divulgação, em plataforma digital, da lista de medicamentos disponíveis e em falta na rede pública municipal.

“A divulgação referida no art. 1° deverá ser feita de forma online, através do site oficial da Prefeitura Municipal de Rio Branco”, diz trecho da lei sancionada hoje (2) por Bocalom.

Segundo a lei, para uma melhor organização, o site oficial da Prefeitura Municipal de Rio Branco deverá seguir a seguinte organização: I – disponibilizar barra de pesquisa que contenha todas as unidades de saúde municipais, bem como seus medicamentos disponíveis para distribuição; e II – a listagem deverá ser organizada de forma alfabética.

E acrescenta: “no caso de falta de algum medicamento, o Poder Executivo colocará essa informação no seu site e nos locais de distribuição, bem como colocará informação sobre a previsão de chegada do produto”.

“Fui eleito para defender os direitos do povo e farei isso sempre que possível, pensando em melhorar o dia a dia de nossa sociedade e facilitar para os pais e mães de família, criei o projeto do estoque de medicamentos online para facilitar para todos nós e fico muito feliz em ser vereador nessa cidade e poder contribuir todos os dias para a melhora de vida dos cidadãos Rio-Branquenses”, afirmou o vereador Arnaldo Barros

Continuar lendo

INTERIOR

Acabou o isolamento: ao lado de Jerry, Gladson autoriza reabertura do maior ramal de Assis Brasil

Publicado

em

Por

Quando o governador Gladson Cameli assinou a ordem de serviço autorizando a obra de reabertura e manutenção do ramal do Icuriã, na manhã desta segunda feira, 2, na comunidade Divisa, distante 36 km da sede de Assis Brasil, ele pôs fim a uma espera que durava décadas.

Ao lado do prefeito Jerry Correia, do secretário de Meio Ambiente e Políticas Indígenas, Israel Milani, do diretor do Deracre, Petrônio Antunes, dos deputados estaduais Antônio Pedro e Vagner Felipe, o governador autorizou investimentos na ordem de R$ 4,5 milhões para execução de serviços de melhoramento e recuperação do ramal do Icuriã e outras vicinais para a melhoria da trafegabilidade e escoamento da produção que vai beneficiar aproximadamente 7.500 famílias. Diante de dezenas de agricultores e indígenas, o governador entregou também um caminhão basculante, uma pá carregadeira e uma retroescavadeira para auxiliar o município da abertura e manutenção de ramais. Além disso foi autorizado o repasse de R$ 468 mil de emendas dos deputados estaduais Vagner Felipe e Daniel Zen para limpeza de ruas e de ramais.

O ramal do Icuriã é a maior estrada vicinal de Assis Brasil, localizado dentro da Reserva Extrativista Chico Mendes – Resex, que possui só em Assis Brasil, uma área de duzentos e sessenta mil hectares. Segundo o presidente da Associação local residem nela cerca de quatrocentas e cinquenta famílias.

“Hoje estamos testemunhando aqui a realização de um sonho. Muitos passaram e prometeram, mas o senhor veio aqui tornar esse sonho realidade”, disse José Rodrigues de Araújo, presidente da Associação de Moradores da Resex.

“Se teve uma coisa positiva que ganhei nesse mandato foi sua amizade, prefeito”, diz Gladson a Jerry.

Em sua terceira visita a Assis Brasil só esse ano, o governador Gladson Cameli, mostrou mais uma vez que nunca olhou para cor partidária. De uma só vez o chefe do executivo deixou na cidade quase R$ 5 milhões de investimentos e garantiu que até o final do mandato fará mais. Cameli destacou o trabalho de abertura Correia e revelou ter admiração pelo novo amigo. “Ao povo aqui da zona rural, meu respeito. Prefeito Jerry, a coisa que mais admiro é a gratidão que ele tem. A você prefeito, se teve uma coisa de positivo que ganhei nesse mandato foi a nossa amizade. As promessas estão sendo cumpridas e vamos continuar trabalhando”, garantiu o governador.

Com apenas 7 meses de mandato, Jerry Correia vem destacando pelas muitas ações positivas executadas, com destaque para a atenção dada a quem mora na zona rural. “O governo tem sido um grande parceiro. Foram muitas promessas, mas hoje estamos vendo a realidade. Governador, olhe: quero lhe agradecer de coração. Sem sua ajuda a gente não estaria aqui realizando esse ato. Obrigado, muito obrigado”, disse Jerry.

O presidente da Câmara, Wendell Gonçalves, o Thyero, e os vereadores Eduardo Marques, o Peleco, Juracy Pacheco, o Jura, e o vice-prefeito Reginaldo Bezerra também prestigiaram o evento.

Continuar lendo

INTERIOR

Prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, abre “Agosto Lilás”, mês de proteção à mulher

Publicado

em

Por

A prefeitura de Brasileia, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social inicia hoje, 02, a campanha Agosto Lilás, em comemoração ao mês de proteção à mulher, visando conscientizar a comunidade em relação ao fim da violência contra as mulheres.

O Projeto é de autoria da Deputada Carla Dickson (PROS-RN), que instituiu o “Agosto Lilás” como mês de proteção à mulher e surgiu com o objetivo de divulgar a Lei Maria da Penha, que também faz aniversário no mês de agosto.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia