Connect with us

GOSPEL

Prefeita Fernanda Hassem sanciona lei que estabelece Semana Evangélica em Brasileia

Publicado

em

A prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem (PT), sancionou na manhã desta terça-feira, 23, a lei 1.115, de 27 de agosto de 2021, que estabelece a Semana da Cultura Evangélica no município. Ela acaba com uma espera da comunidade evangélica, que se queixava de não ter uma data oficial para as comemorações, como Epitaciolândia tem desde 2014.

A Semana Evangélica de Brasileia, segundo a lei agora em vigor, será nos últimos sete dias do mês de setembro. No município existe uma organização chamada AMPEB, a Associação de Ministros e Pastores de Epitaciolândia e Brasileia, responsável em parte pelo loby para a aprovação da lei, mas não será necessariamente essa organização a cuidar dos eventos. Conforme o texto da lei, todas as denominações protestantes realizarão em conjunto.

O pastor Eliseu Moreira, da igreja Assembleia de Deus em Brasileia, fez uma postagem em suas páginas nas redes sociais parabenizando a prefeita Fernanda Hassem e exaltando toda a comunidade evangélica pela nova data estabelecida no município.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

GOSPEL

Gabriela Câmara escreve sobre a saga de André Mendonça até o STF: ‘Um novo tempo no Supremo’

Publicado

em

Por

Deus muda histórias e merece toda honra!

Participei hoje do último culto da Frente Parlamentar Evangélica do Brasil ano de 2021.

A presença de Deus foi real, impactante testemunho do Ministro do Supremo Tribunal Federal e Pastor André Mendonça, foi emocionante.

Pela primeira vez na história deste país teremos um Ministro evangélico e isso mostra o quanto Deus tem modificado nossas histórias.

O Ministro André Mendonça falou sobre sua trajetória e caminhada com o Senhor, até o STJ.

O alvará de Deus foi o tema de sua ministração relatando sua trajetória até a última corte do poder.

Ele citou Mateus 10:32 que diz: “Assim sendo, todo aquele que me declarar diante das pessoas, também eu o declararei diante de meu Pai que está nos céus”.

Por tanto queridos podem Acreditar, Deus muda histórias, estou aqui pra testemunhar que Deus está mudando a história dessa nação, a igreja do Senhor no Supremo Tribunal Federal.

Depois de 20 anos a promessa que Deus lhe fez se cumpriu!

Um novo tempo começa no STF, pois Deus está mudando a história daquela corte ao colocar um filho ungido seu naquele lugar.

Continue lendo

GOSPEL

Pastor vende livro de sua autoria para mandar 50% para projetos que alcançam crianças na África

Publicado

em

Por

O pastor Jonas Costa está oferecendo pelas redes sociais o seu livro “O obreiro e o exercício do ministério cristão”, a disposição no templo sede da igreja Assembleia de Deus, templo sede, em Rio Branco, na avenida Antônio da Rocha Viana. Metade do lucro com a venda de seu livro, um best-seller dentre obras gospels no Acre e no Amazonas, é enviado para projetos que alcançam crianças na África.

Escrita para cristãos e líderes, a obra do pastor Jonas beneficiou, mês passado, um projeto em Moçambique. No próximo dia 20, o objetivo é enviar uma contribuição para crianças em Pucallpa e Iquitos, no Peru. “Por isso peço as pessoas que adquiram nosso trabalho, bem edificante para o obreiro, porque assim você estará ajudando pessoas no mundo todo. Deus seja convosco”, disse o escritor ao AcreNews.

Continue lendo

GOSPEL

Associação de Ministros do Evangelho divulga nota de repúdio ao projeto “Papai Noel Gay”

Publicado

em

Por

A Ameacre – Associação de Ministros do Evangelho do Acre, acaba de divulgar nota por meio da qual se coloca publicamente contra o projeto “Papai Noel Gay”. Bem extensa, a nota faz um apanhado geral, viaja pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), até a conclusão contrária.

Veja a nota

NOTA DE REPUDIO

A AMEACRE – Associação dos Ministros Evangélicos do Acre, representando o pensamento da comunidade evangélica do Acre, vem a público manifestar seu repudio ao projeto “PAPAI NOEL GAY”, por se tratar de uma ação vilipendiosa à cultura cristã infantil representada pela figura do Papai Noel.

Considerando que a Constituição Federal em seu art. 5 § IX garantem a “Liberdade de Expressão” de ”pensamento“, “fala” e de “opinião”, essas liberdades estão em alinhamento com o § VI do mesmo artigo  às liberdades de “fé e Culto religioso”, pelo que qualquer referência vilipendiosa contra a cultura ou símbolos religiosos representa uma agressão frontal as liberdades constitucionais do povo brasileiro.

Considerando a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 em seu Art. 229. Os pais têm o dever de assistir, criar e educar os filhos menores, e os filhos maiores têm o dever de ajudar e amparar os pais na velhice, carência ou enfermidade.

Considerando a lei Federal 8.06/90 Estatuto da Criança e do Adolescente em seu o Art. 79 . As revistas e publicações destinadas ao público infanto-juvenil não poderão conter ilustrações, fotografias, legendas, crônicas ou anúncios de bebidas alcoólicas, tabaco, armas e munições, e deverão respeitar os valores éticos e sociais da pessoa e da família.

Considerando a Convenção Americana de Direitos Humanos (1969)* (pacto de San José da Costa Rica) em seu Artigo 12 – Inciso IV Os pais e, quando for o caso, os tutores, têm direito a que seus filhos e pupilos recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com suas próprias convicções.

Considerando a Lei n 10.406, de 10 de Janeiro de 2002 Código civil. Artigo. 932. São também responsáveis pela reparação civil: I – os pais, pelos filhos menores que estiverem sob sua autoridade e em sua companhia; II – o tutor e o curador, pelos pupilos e curatelados, que se acharem nas mesmas condições;

Considerando ainda que, o símbolo do Papai Noel apela a mente infantil, com o propósito de criar a fantasia religiosa associada à Natalidade do Menino Jesus, a sexualização do símbolo infantil representa mais uma indução à pedofilia, dissimulada em liberdade de expressão, para a promoção da “ideologia de gênero”.

Considerando que a ideologia de gênero não possui base científica; que o ordenamento brasileiro consagra o princípio da proteção integral das crianças e dos adolescentes; que o Estatuto da Criança e do Adolescente –  ECA. prevê em seu Art. 17. Que estabelece o direito ao respeito consiste na inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral da criança e do adolescente, abrangendo a preservação da imagem, da identidade, da autonomia, dos valores, idéias e crenças, dos espaços e objetos pessoais.

Dito isto, rejeitar  esse projeto ideológico não é um ato de censura e nem tão pouco de discriminação, e sim de proteção aos direitos de opinião, fé e aos direitos da criança.

Portanto, reiteramos nossos protestos contra a tentativa de criminalizar as manifestações em defesa do pensamento cristão, certos de que “o direito de uns não podem ferir o direito de outros”.

A DIRETORIA.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia