Connect with us

INTERIOR

Prefeitura de Brasileia abre vacinação para pessoas a partir de 35 anos sem comorbidades

Publicado

em

SECOM

Brasileia avança na campanha de vacinação contra a COVID-19 e agora vai vacinar pessoas com idade a partir de 35 anos, sem comorbidades, e gestantes e puérperas, neste caso específico com laudo médico para resguardar a vida da mãe e da criança.

Para comemorar o avanço de faixa etária da vacinação a Prefeitura de Brasileia realizou na tarde de quarta-feira (23), o Arraial da Vacinação, uma forma para chamar a atenção da população do município e alertar a importância da vacina e elas salvam.

A prefeita Fernanda Hassem falou a respeito do evento e comemorou por poder se vacinar, já que chegou na sua faixa etária. “Convocamos a população a partir dos 35 anos para que venham se vacinar. O maior patrimônio de uma cidade é seu povo, a nossa prioridade é cuidar das pessoas. Com a realização do Arraial da Vacinação aqui na nossa Praça Hugo Poli, palco de tantos eventos e hoje sendo palco para o maior de todos, a imunização das pessoas, na próxima semana vamos avançar para faixa estaria dos 30 anos. Eu também estou muito feliz por ter tomado minha primeira dose hoje”, falou Fernanda Hassem.

A Prefeitura de Brasileia já aplicou mais de 8.300 doses (oito mil e trezentas doses), na sua população.

Para o secretário de saúde Joãozinho Melo com esse avanço em breve toda a população do município estará vacinada. “Um momento importante. A Prefeita Fernanda Hassem, tem pedido para que possamos avançar, nossa equipe está aqui hoje iniciando a vacinação para as pessoas a partir dos 35 anos. Só temos como combater esse vírus imunizando a população. Hoje, véspera de São João, realizamos o Arraial de Vacinação, em outros anos estaríamos em festa, porém estamos na festa da vacina. Parabéns à toda nossa equipe”. Disse o Secretário de Saúde Joãozinho Melo.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

INTERIOR

Prefeitura de Brasiléia realiza I Baile Country dos Idosos

Publicado

em

Por

Em clima de diversão, alegria, muita descontração e uma mesa farta de guloseimas, a Prefeitura de Brasiléia através do Centro de Convivência do Idoso realizou nesta quinta-feira, 4, a I edição do Baile country dos idosos.

A festa, coordenada por Suellen Araújo e equipe, contou com a participação dos idosos do município e o ponto alto ficou por conta do desfile, que elegeu rei e rainha country dos idosos 2022.

A dupla vencedora de rei e rainha foi Josina Teixeira e Luciano Monteiro, que arrancou aplausos do público presente.

Animada por Raimundo dos teclados e pela dupla Cristiano e Daniel, a festa contou com a participação dos idosos, vereador Elenilson Cruz, secretários Djahilson Américo ( Assistência Social), Christiane Araújo ( Comunicação), Emerson Leão ( Planejamento), Vilma Galli (Administração) e equipe de assistência social.

Lurdes Lopes é participante ativa do Centro do Idoso. De acordo com ela, a organização da festa foi impecável. “Foi tudo muito bem organizado pela professora Suelen Araújo junto com a equipe do centro do idoso. Eu quero agradecer a prefeita Fernanda Hassem e principalmente a coordenadora Suelen que é uma pessoa muito dedicada”, falou.

O vereador Elenilson Cruz também participou do baile. ” Agradeço o convite para estar aqui hoje compartilhando com os idosos dessa festa tão linda e organizada. A equipe está de parabéns, foi tudo muito bem organizado”, afirmou o vereador.

Para a coordenadora do Centro do idoso, Suellen Araújo, a festa cumpriu o objetivo, que foi o de trazer boas memórias e recordações da vivência de cada um. ” Nossa intenção foi trazer o estilo country, o sertanejo e o ambiente caseiro que eles viviam, e o resultado final foi esse de muita alegria, brincadeiras e sorrisos. Agradeço a prefeita Fernanda Hassem pelo olhar carinhoso que sempre tem com os nossos idosos”, finalizou.

Continue lendo

INTERIOR

Projeto Cidadão realiza casamento coletivo em escola rural de Tarauacá

Publicado

em

Por

Noventa e três casais oficializaram a união em mais uma edição do Projeto Cidadão, realizado nesta terça-feira, 2, desta vez na Escola 15 de Junho, BR-364, Km 18, no município de Tarauacá.

Celebrado pela juíza de Direito Ana Paula Saboya, e com as bênçãos do pastor Francisco Cunha e do padre Antonio Maria, a cerimônia foi realizada na quadra da escola, ornamentada carinhosamente pela comunidade.

A magistrada celebrante disse que seu sentimento é de dignidade, enquanto juíza e defensora da constituição, cujo um dos princípios é a dignidade humana, e que a ação social resgata a auto estima do cidadão.

“Gratificante ver nos olhos das pessoas o desejo de exercer seu papel de cidadão, conseguir documento, atendimento médico, jurídico e o casamento coletivo que é maravilhoso. Então, o Projeto Cidadão é de suma importância, pois o sentimento de cidadão está um pouco perdido e quando o Estado mostra e abraça as pessoas mostrando o quanto elas são importantes a sociedade fica com a auto estima melhor e esse trabalho nos estimula, nos instiga, e nos deixa certo que estamos no caminho que a missão está sendo cumprida”, finalizou a juíza Ana Paula Saboya.

Compuseram o dispositivo de honra a coordenadora do Projeto Cidadão, desembargadora Eva Evangelista, a juíza-auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Andrea Brito, a prefeita do município de Tarauacá Maria Lucinéia; representando o Ministério Público do Acre (MPAC), a promotora de Justiça Luana Diniz; representando a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE), a defensora Pública Danila Porto; a delegatária Priscila Bezerra, além de representantes do Poder Legislativo Municipal e Polícia Militar.

A coordenadora do Projeto Cidadão, desembargadora Eva Evangelista, em seu discurso, reforçou que “esta ação só é possível graças aos esforços e união de várias instituições parceiras”. Bem como, o convênio firmado com o Ministério da Justiça, fruto de proposta do Tribunal de Justiça que concorreu a um edital, sendo o Projeto Cidadão um dos selecionados.

Não escondendo a felicidade e sorrindo bastante, Francisco de Assis Braga Vieira (27 anos) e Iris Ferreira Machado (20 anos), que estão junto há 10 meses, souberam da oportunidade por uma rede social e já decidiram selar a união. Francisco é nascido na comunidade e mudou para a cidade, mas ele fala do privilégio de casar no primeiro casamento coletivo do Projeto Cidadão nesta escola. Iris fala que por não terem condições de pagar a taxa, o sentimento no dia do seu casamento é de “gratidão e felicidade, graças ao Projeto Cidadão”. Francisco solta um largo sorriso e diz “eu tô feliz”.

Como tradição, o casal mais jovem e o casal mais experiente ganham local de destaque. Representando o casal mais jovem Diego de Souza Ferreira (22 anos) e Karla Oliveira da Silva (17 anos). Já o casal mais experiente, juntos há 58 anos, foi Euclides dos Santos Nascimento (76 anos) e Geruza Maciel da Silva (73 anos).

Serviços e parceiros

Em paralelo ao casamento coletivo, as salas da escola foram ocupadas por serviços para a população. Entre os serviços oferecidos estão a emissão de RG, CPF, segundas vias de certidões de nascimento, atendimentos jurídicos, atendimentos de saúde com médicos, odontologista e testes rápidos.

Cumprimentando e agradecendo cada parceiro de sala em sala, a coordenadora do Projeto Cidadão, desembargadora Eva Evangelista, fez questão de ir ao encontro dos parceiros que são fundamentais. “É muito difícil fazer uma edição do Projeto Cidadão em locais mais distantes, mas é justamente com essa proposta de acesso a justiça e estar próximo do cidadão que o TJAC fez essa proposta ao Ministério da Justiça e foi bem acolhido, mas que não poderia ser realizado sem as instituições parceiras, sem a cooperação do Governo do Estado e dos Municípios”, concluiu.

Além de participar do casamento, Alisson Barbosa Morais e Maria de Fátima Lima de Souza, ambos com 19 anos, aproveitaram também outros serviços oferecidos, como inscrição no Auxílio Brasil, consulta médica, segunda via do documento de RG. Eles estão juntos há dois anos e oito meses e já tem uma filha de 2 anos, que estava fazendo aniversário no dia do casamento dos pais. Alisson trabalha numa serraria e um colega de serviço comentou sobre a oportunidade e não perdeu tempo. “Eu já tinha o sonho de casar, mas não tenho recursos, então com essa oportunidade eu aproveitei tanto para casar como utilizar os outros serviços”, disse Alisson.

Já Emerson de Oliveira Pereira, 16 anos, morador do Ramal Cachoeira, Projeto de Assentamento Tarauacá, para tirar sua primeira carteira de identidade, fez a viagem de uma hora de moto com seu pai, pelo ramal. Ele soube da oportunidade através de servidores da prefeitura que faziam um trabalho na comunidade. Para ele, a ação social é “importante, pois ajuda muito o pessoal da região”.

Absolutamente impensável a realização do Projeto Cidadão sem o apoio das parcerias. A contribuição de todas as instituições, seja a nível municipal, estadual ou federal são indispensáveis para execução desta ação social, que das 8h às 16h, alcançou o total de  1.991 atendimentos.

O Tribunal de Justiça agradece a cada parceiro que esteve presente nesta edição como Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE-AC), o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), o Governo do Estado do Acre, através de sua Secretaria de Polícia Civil  – Instituto de Identificação, a Secretaria de Saúde  (Saúde Itinerante), a Secretaria de Estado de Assistência Social dos Direitos Humanos e de Políticas para Mulheres (SEASDHM), a Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC), e a Prefeitura Municipal de Tarauacá, por meio de suas Secretarias de Assistência Social, Saúde, Produção, Educação, Meio Ambiente; além da Câmara de Vereadores.

Continue lendo

INTERIOR

Funtac, Prefeitura de Mâncio Lima, Sebrae e cooperados firmam parceria para o fortalecimento das cadeias produtivas

Publicado

em

Por

A Fundação de Tecnologia do Estado do Acre (Funtac) a Prefeitura de Mâncio Lima, o Sebrae e os integrantes das cooperativas de Produtores Agroextrativistas Frutos da Amazônia (Coopfrutos) e dos Produtores de Agricultura Familiar e Economia Solidária de Nova Cintra (Coopercintra) deram início à implementação das ações de fortalecimento das cadeias produtivas dos óleos vegetais e cacau nativo.

Na quarta-feira, 27, foram realizados levantamentos dos produtores, das áreas de coleta e dados para a estruturação das unidades de produção. A iniciativa integra o Subprograma Produção Familiar Sustentável financiado pelo Programa REM Acre Fase II. O investimento, em torno de R$ 1 milhão, será destinado à expansão da usina de produção de óleos, que contará com uma nova extratora com capacidade de produção de 300 litros por hora.

Como meta, o REM também apoiará a recuperação de áreas degradadas de produtores agroflorestais cooperados, contribuindo para as metas de Redução do Desmatamento e Degradação Florestal (REDD+).  Os investimentos beneficiam 200 famílias, sendo cem cooperados e cem novos produtores, e ainda promovem o engajamento do público jovem e de mulheres nas atividades.  

Os associados se reuniram com a equipe de Engenharia da Funtac para a elaboração do projeto, em parceria com o Sebrae. O Município se comprometeu em doar uma área de dois mil metros quadrados para a instalação da fábrica e disponibilizar uma equipe técnica, que fará os mapeamentos socioambientais.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas