Connect with us

SAÚDE

Primeiro dia de vacinação para pessoas com comorbidades ocorre com tranquilidade em Rio Branco

Publicado

em

Por Dircom

Na manhã dessa segunda-feira, 3, teve inicio a vacinação contra a covid-19, em pessoas com 59 anos que apresentam comorbidades, além de gestantes e puérperas com comorbidades, portadores de Síndrome de Down e renais crônicos a partir de 18 anos, nas dez Unidades de Referência em Atenção Primária de Rio Branco.

Nas URAPs, o cadastro e vacinação ocorreram sem qualquer tipo de problema. Segundo a coordenadora da Roney Meirelles, Debora Lobo, a pessoa que ainda não fez o cadastro e tem comorbidade ou que esteja dentro do cronograma, pode procurar a unidade de saúde e fazer o registro para a vacinação de acordo com o calendário disponível.

“Procure a unidade de saúde com o laudo médico ou relatório médico para fazer o cadastro. Estamos fazendo também o cadastro de grávidas sem comorbidades que tenham um laudo ou relatório médico, autorizando e informando que ela esteja apta a ser vacinada. Venham até as unidades de saúde trazendo o laudo ou relatório médico e carteira do SUS”, disse a coordenadora.

A dona de casa, Alba Lucia de Araújo, de 59 anos, foi até a URAP da Vila Ivonete, apresentou os documentos laudos e não teve nenhuma dificuldade na realização do cadastro na unidade de saúde. “Foi muito fácil, não tinha muita gente, não pegamos fila, foi rápido. Já trouxe o laudo médico e o cartão do SUS e, imediatamente, tomei a minha vacina e estou muito feliz por sinal”, afirmou Alba.

Veja aqui as comorbidades de acordo com o cronograma do Ministério da Saúde.

Foto: Dircom
Foto: Dircom
Foto: Dircom
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SAÚDE

Saúde investiga mais um caso suspeito de Monkeypox em Rio Branco

Publicado

em

Por

Recebemos a notificação de um caso suspeito de Monkeypox no município de Rio Branco.

Uma mulher de 35 anos, moradora de Rio Branco, deu entrada na UPA da Sobral na tarde de ontem, 07/08/2022, apresentando cefaleia e erupções cutâneas no corpo. A paciente relata não ter viajado e nem ter tido contato com pessoas que viajaram. Foi realizada coleta de amostra laboratorial. A paciente foi medicada e segue em isolamento domiciliar.

O CIEVS ACRE e CIEVS Rio Branco seguem com acompanhamento e investigação do caso.

Débora dos Santos

Chefe do CIEVS ACRE

Atualização Monkeypox para o Ministério da Saúde:

Confirmado – 1

Descartados – 4

Suspeitos – 5

Total: 10

O Estado do Acre segue com um caso positivo em Rio Branco, que já está de alta médica, e cinco casos suspeitos aguardando resultado, um em Cruzeiro do Sul e quatro em Rio Branco.

Continue lendo

SAÚDE

Polícia Civil promove vacinação a alunos do curso de formação

Publicado

em

Por

[Ascom/PCAC]

Na manhã desta sexta-feira, 5, a Polícia Civil, por meio da Academia de Polícia – ACADEPOL, em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde promoveu a vacinação de alunos do Curso de Formação de Policiais Civis na coordenação da ACADEPOL no Centro Integrado de Ensino e Pesquisa em Segurança Pública – CIEPS – contra a COVID-19 e H1N1.

Os profissionais da Secretaria de Saúde do município realizaram a aplicação das vacinas contra a H1N1 COVID-19 e H1N1 em 3ª 4ª dose.

Os trabalhos da ACADEPOL seguem com a preparação e formação dos futuros Delegados, Agentes, Escrivães, Peritos e Médico Legista da Policia Civil que atuarão na manutenção da segurança pública do Acre e na defesa da supremacia do interesse público.

Continue lendo

SAÚDE

Sindicato dos Médicos pede em nota que o público da Expoacre que use máscaras e evite aglomeração

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Wanglézio Braga

Uma nota divulgada hoje (04) pelo Sindicato dos Médicos do Estado do Acre (Sindmed-AC) reforça à população presente na “Expoacre 2022” os cuidados de biossegurança contra a Covid-19. A nota aparece após cinco noites do evento e expõe orientações para que a sociedade tome as medidas preventivas sanitárias ao participar do evento, como usar máscaras e evitar aglomerações no Parque Wildy Viana.

“Importante alertar que houve crescimento da morbimortalidade causada pelo coronavírus nas últimas semanas, culminando em aumento da demanda por serviços de saúde pública das pessoas infectadas, podendo gerar um agravamento ainda maior da pandemia no Acre, em caso de não observância aos cuidados necessários à higiene e à etiqueta respiratória, considerando que milhares de pessoas, não só da capital como dos demais municípios, frequentam o local das festividades”, diz trecho da nota.

A Diretoria da instituição “reafirma e alerta que deixar de cobrar e se adotar os cuidados necessários ao combate à Covid representa a possibilidade de responsabilização dos gestores públicos”.

Por fim, a instituição pede à organização que exija do público presente que retornem com exigências e cuidados necessários a partir de hoje (04). “Destarte, a fim de que a população possa buscar na Expoacre apenas uma forma de entretenimento, e não o antro propagador de um vírus mortal, os membros desta entidade Sindical esperam e apelam para os gestores públicos retornem com a exigência dos cuidados que se fazem necessários ainda nesta quinta-feira”.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas