Connect with us

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TJAC realiza visita técnica no Educandário e constata superlotação de crianças

Projeto Padrinhos e Família Acolhedora são opções para a sociedade aderir e ajudar os menores vulneráveis que esperam por uma família

Publicado

em

TJAC

A coordenadora da Infância e da Juventude, desembargadora Regina Ferrari, realizou nesta segunda-feira, 26, uma visita técnica ao Educandário Santa Margarida, abrigo de menores em Rio Branco que enfrenta superlotação durante a pandemia.

Acompanharam a titular da CIJ, a juíza de Direito Andréa Britto, auxiliar da Presidência do TJAC, além da psicóloga do Núcleo de Assistência Técnica da 2ª Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Rio Branco, Rutilena Tavares.

A desembargadora Regina Ferrari manifestou preocupação com a situação no abrigo. Com capacidade para 30 crianças e adolescentes, hoje o local está ocupado por 52 menores em situação de vulnerabilidade, alguns doentes, precisando de todo tipo de assistência.

É nesse contexto que a titular da Coordenadoria de Infância e da Juventude propõe que a sociedade rio-branquense apoie a causa do Educandário Santa Margarida, aderindo ao Programa Família Acolhedora, apadrinhando uma criança ou adolescente ou atuando como voluntários, cada um em sua especialidade, em prol dos menores.

“O Educandário está com um número reduzido de profissionais. Além disso, os recursos que eles recebem são somente para 30 crianças. (…) Precisamos de voluntários para ajudar a cuidar dessas crianças. Fonoaudiólogos, fisioterapeutas, psicólogos, assistente social, terapeutas ocupacionais, recreadores, professores para dar aulas neste tempo de pandemia”, disse a titular da CIJ.

A desembargadora titular da CIJ também se mostrou preocupada pelo fato de haver crianças gripadas no abrigo, o que exige maior atenção dos profissionais da unidade.

Participe do Família Acolhedora!

A ação Família Acolhedora tem o apoio do Tribunal de Justiça do Acre, por meio da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ), e é desenvolvida pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos de Rio Branco.

O programa seleciona famílias e indivíduos e fornece capacitação para receber, em suas residências, até duas crianças, em regime de guarda provisória.

O trabalho tem a missão de propiciar que crianças e adolescentes, em situação de vulnerabilidade, sejam recebidas em um lar e não direcionadas para instituições. Assim, essas crianças ou adolescentes ficam provisoriamente com famílias acolhedoras pelo período que se busca a reintegração na família biológica.

“Essas famílias proporcionam oportunidade de convivência familiar, comunitária, assistência material, ética, assistência em saúde e educacional, em regime de guarda provisória, com vista ao retorno às famílias de origem. Então, é um serviço que visa acolher provisoriamente essas crianças”, explica o coordenador do Serviço de Acolhimento Familiar (SAF), Crispim Machado Filho.

Todo esse empenho pode ter ainda mais resultados, desde que mais pessoas ajudem. As condições são: ser maior de 21 anos de idade, não ter antecedentes criminais, residir em Rio Branco e não estar inscrito no cadastro de adoção nas varas especializadas da infância e juventude.

Não há restrições de gênero, raça ou orientação sexual, apenas é preciso desejar cuidar, dar carinho e ter disponibilidade para atender temporariamente a criança ou adolescente.

Dúvidas sobre o Programa Família Acolhedora? Ligue (68) 99946-5457 e descubra se você está pronto para dar e receber amor incondicionalmente, mesmo que por algum tempo.

Os participantes precisam estar sempre cientes de que o serviço de acolhimento familiar é, por natureza, provisório, uma vez que a qualquer momento a criança ou adolescente acolhido pode ser reinserido na família de origem, se houver a possibilidade. Portanto, ao entrar para o programa o participante deve saber que os laços afetivos devem ser construídos com base na devolução futura do menor ao núcleo familiar biológico.

Projeto Padrinhos

O Tribunal de Justiça do Acre realiza também o Projeto Padrinhos, que tem como objetivo o acolhimento provisório ou apadrinhamento da criança ou adolescente, na área de atuação profissional do padrinho ou madrinha. Médicos e odontólogos, por exemplo, podem exercer o mister em favor da criança. Também devem ser supridas todas outras necessidades do menor apadrinhado, seja de natureza material ou educacional.  

O site da CIJ na internet afirma que “muitas crianças e adolescentes que vivem em unidades de  acolhimento ficam muito tempo sem convivência e apoio familiar, sofrendo com a incerteza de seu futuro: se retornarão à sua família ou se irão viver com famílias substitutas através da adoção”.

Nesse contexto, o objetivo do projeto é “mostrar à sociedade a realidade das crianças e adolescentes institucionalizados e estimular o exercício da cidadania, convidando as pessoas a apadrinhá-los por meio de gestos de afetividade e responsabilidade, além da convivência familiar, social e comunitária”.

Se você deseja participar ou quer conhecer melhor o Projeto Padrinhos, clique aqui.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍTICA

Prefeitura de Cruzeiro do Sul entrega sistema de tratamento de água no rio Croa

Publicado

em

Por

A prefeitura de Cruzeiro do Sul realizou nesta quarta-feira, 22, o ato de entrega de duas unidades de tratamento de água na comunidade do rio Croa. A entrega atende a uma demanda da comunidade por água potável comunicada à prefeitura no início da gestão. Os moradores já haviam recebido anteriormente a perfuração de poços artesianos, mas na maior parte deles a água não é potável, devido à acidez e alto índice de ferro, que consumido com frequência pode levar a distúrbios crônicos de saúde.

O ato de entrega contou com a presença do prefeito Zequinha Lima e do superintendente da FUNASA no Acre Ronaldo Craveiro. O sistema irá atender doze famílias do rio Croa.

“Isso significa saúde para nós. Saúde, vida e tudo o que a gente necessita. Estou muito feliz por estarem todos aqui neste dia de hoje. Antes a água era barrenta, tinha gosto ruim. Agora não, é uma água boa de beber”, disse Raimunda Lopes de Almeida, moradora da comunidade.

As duas unidades são sistemas alternativos de tratamento de água desenvolvidos pela FUNASA para atender comunidades como a do rio Croa.

“Isso tem uma importância muito grande para nós. É garantia de saúde e de vida, algo que há muito tempo queríamos”, disse Pedro Paulo Lima da Costa, presidente da comunidade.

A parceria da prefeitura com a FUNASA possibilitou a capacitação dos técnicos municipais para a implantação do sistema.

“Esta foi a primeira vez que uma equipe de uma prefeitura implantou o sistema após a capacitação. É o resultado da assinatura do termo de cooperação técnica entre prefeitura e FUNASA. Os técnicos da própria prefeitura estão capacitados para dar a manutenção nas unidades”, explicou Ronaldo Craveiro, superintendente da FUNASA.

O sistema é chamado de Salta Z, e foi desenvolvido por técnicos a pedido da FUNASA, justamente para atender a necessidade de comunidades ribeirinhas amazônicas como o Croa, onde há acesso à água, mas a mesma não é indicada para consumo. O sistema faz a filtragem, decantação de resíduos e clareamento, tornando-a potável segundo os parâmetros sanitários exigidos.

“Estas duas unidades foram implantadas em locais estratégicos da comunidade para atender ao maior número possível de moradores. O sistema corrige a acidez e alcalinidade, remove as impurezas e entrega uma água clara e potável, própria para o consumo e todas as atividades do dia a dia”, explica Ygoor Neves, Secretário Municipal de Meio Ambiente.

O prefeito Zequinha Lima destacou que essa foi uma demanda que surgiu da própria comunidade. “Nós estamos buscando atender o que a comunidade colocou como uma necessidade prioritária quando nossa equipe esteve aqui no início da gestão. Este ainda não é um sistema de distribuição, e sim de tratamento, mas já irá beneficiar as famílias com uma água 100% tratada e potável”, disse o prefeito Zequinha Lima.

A Prefeitura está oferecendo ainda na comunidade um curso de confecção de vassouras de garrafa PET e uma outra capacitação em parceria com a Marinha para habilitar os barqueiros do local. A Secretaria de Trânsito e Transporte Municipal também atua na área , com a implantação de placa de sinalização indicativa.

Continue lendo

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo de Rondônia publica edital de processo seletivo com 2.247 vagas temporárias

No ato da inscrição, o candidato deverá marcar em campo específico uma única opção de vaga/localidade

Publicado

em

Por

News Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), publicou nesta segunda-feira (20), o edital do Processo Seletivo Simplificado para contratar 2.247 profissionais, sendo 1.416 professor classe “C” (40 horas), 15 professores classe “C” (20 horas), 44 analistas educacionais (assistentes sociais e psicólogos), 385 técnicos educacionais nível II (cuidadores) e 87 técnicos educacionais nível II (intérprete de libras) para o atendimento da Rede Pública Estadual de Ensino. O Processo Seletivo Simplificado tem como objetivo a seleção visando à contratação temporária de profissionais para o atendimento à Rede Pública Estadual de Ensino.

As inscrições são gratuitas e realizadas somente de forma on-line por meio do link http://processoseletivo.seduc.ro.gov.br/ a partir desta segunda-feira e segue até a quarta-feira (29). No ato da inscrição, o candidato deve marcar em campo específico, uma única opção de vaga/localidade.

REFORÇO

O processo visa substituir profissionais contratados temporariamente que terão o prazo de validade do contrato vencendo ao longo do ano de 2021 e, ainda, suprir necessidades que se encontram em aberto, considerando o retorno às aulas presenciais, as quais necessitam de reforço humano tendo em vista que o modelo híbrido acarreta um maior tempo de atuação dos profissionais envolvidos no contexto educacional.

ETAPAS

A seleção será constituída das seguintes etapas:

  • 1ª – para todos os cargos: de informação prestada no ato de inscrição via internet sobre os títulos que possui na área que pretende concorrer no certame, de caráter classificatório;
  • 2ª – para todos os cargos: de convalidação dos títulos informados no ato de inscrição via internet, de caráter classificatório e eliminatório e
  • 3ª – somente para o cargo de técnico educacional nível II (intérprete de libras): prova prática, de caráter classificatório e eliminatório.

CONTRATO

Os candidatos selecionados dentro do quantitativo de vagas ofertado serão admitidos em caráter temporário, pelo prazo de um ano, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período, a contar da data de assinatura do contrato. Para os contratos prorrogados serão expedidos Termos Aditivos.

REMUNERAÇÃO

A remuneração dos candidatos selecionados será de acordo com a tabela do quadro de vagas disponíveis:

CargosCarga HoráriaRemuneração
Professor Classe “C”/Todas as áreas40 h/sR$ 3.034,85 (três mil, trinta e quatro reais e oitenta e cinco centavos) acrescidos de Gratificações e Auxílio Transporte (onde existir transporte coletivo).
Professor Classe “C”/Todas as áreas 20 h/s R$ 1.517,43 (um mil, quinhentos e dezessete reais e quarenta e três centavos) acrescidos de Gratificações e Auxílio Transporte (onde existir transporte coletivo).
Analista Educacional/Assistente Social.40 h/sR$ 2.451,26 (dois mil, quatrocentos e cinquenta e um reais e vinte e seis centavos) acrescidos de Gratificações e Auxílio Transporte (onde existir transporte coletivo).
Técnicos Educacionais Nível II (cuidadores e intérprete de libras)40 h/sR$ 1.270,06 (mil, duzentos e setenta reais e seis centavos) acrescidos de Gratificações e Auxílio Transporte (onde existir transporte coletivo).
Continue lendo

POLÍTICA

Vídeo: Gladson comemora que o Acre não registrou mortes e novos casos de Covid-19

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

“Hoje, graças ao nosso Deus, não registramos nenhum caso ou óbito por Covid-19”. As aspas são do governador Gladson Cameli (PP) ao comemorar que o Estado do Acre, aos poucos, vem vencendo a pandemia do novo coronavírus, sinalizando bandeira verde na classificação da pandemia.

Na noite desta quarta-feira (22), Cameli publicou um vídeo em sua rede social exaltando a importância da vacinação e comemorando o feito. “Com a vacinação podemos vencer de uma vez por todas a pandemia. Conto com você! Vamos juntos virar essa página”, legendou.

No vídeo, Gladson disse pediu a colaboração da população aderir à campanha de vacinação tendo em vista que os números apresentados dão esperança de um “natal com alegria” e levou em consideração que os servidores da saúde, profissionais, estão cansados por causa da pandemia. “Estamos tão perto de virar essa página! Você que ainda não se vacinou compareça aos postos, vá se vacinar! vacina é vida!”, comentou. 

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), o número de infectados permanece em 87.932. Pelo menos 85.917 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 12 seguiam internadas até o fechamento do boletim. Por não registrar nenhuma morte, nesta quarta-feira, o número oficial de mortes por Covid-19 no Acre permanece em 1.835.

Assista ao vídeo de Gladson comemorando os dados divulgados:

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia