Connect with us

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Administrador estreia coluna no AcreNews para escrever sobre o mercado de trabalho

Publicado

em

Thiago Elias é ex-Gestor de Políticas Públicas para Juventude; Pós Graduando em Docência do Ensino Superior e Bacharel em Administração CRA/1979

MOMENTO DA ADMINISTRAÇÃO

A inserção de jovens administradores no mercado de trabalho

Se formos analisar o mercado de trabalho atualmente, conseguimos identificar que as empresas buscam pessoas que já possuem experiências comprovadas na área de atuação desejada. Por isso, muitos empregadores preferem contratar pessoas que já possuem experiência na área solicitada, pois o custo para capacitação de tal funcionário será bem menor.

Outro ponto que as empresas analisam antes de contratarem um jovem que concluiu o ensino superior a pouco tempo, é se o seu nível de desempenho atingirá o esperado pela empresa.

O mundo vem sofrendo rápidas mudanças em relação ao mercado de trabalho em todas as áreas. Os avanços da tecnologia e a globalização tende a deixar o mercado de trabalho ainda mais exigente na aquisição de profissionais. Ou seja, o que há 10 ou 15 anos atrás se exigia, hoje em dia se modificou surpreendentemente. Máquinas substituíram ainda mais a mão de obra humana, fazendo com que o mercado pudesse se restringir ainda mais, “excluindo” a mão de obra inexperiente.

Não é novidade de que a juventude vem se preocupando com a inserção dos mesmos no mercado de trabalho. Basta verificar em uma roda de amigos, onde os jovens quando tocam nesse tema, muitos deles ficam preocupados com o seu futuro, tanto por uma experiência ruim que vivenciou, ou que viu, ou até mesmo pelos “monstros” que eles criam em suas mentes. Atualmente no Brasil, há 23 milhões de desempregados e outros vivendo nos chamados “sub emprego” e a maioria absoluta são jovens de 15 a 29 anos. Ofertas de empregos até existem, mas as exigências que as empresas ofertam, acabam fazendo com que esses “futuros profissionais” não sejam aceitos. Segundo um relatório da ONU (Organização das Nações Unidas), demoram 15 meses para um jovem ter a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, dados que preocupam bastantes as novas gerações e ainda as que virão.

Empresários, preocupados com a globalização, também se interessam em renovar seus quadros de colaboradores. Apesar de, aparentemente um recém-formado ter certa inexperiência, é da academia que suas ideias estão “frescas” e prontas para ser colocada em prática, para contribuir com o crescimento da empresa (privada) ou até mesmo em órgãos públicos. Portanto, será de suma importância a todos os proprietários de empresas (empresários) e chefes de departamentos do sistema público analisarem bem em fornecer oportunidade para estes profissionais.

Por fim, um jovem recém-formado, tem uma maior facilidade de aprendizado e disposição. Os jovens possuem familiaridade e não vivem sem a tecnologia e a internet, por isso, se uma empresa quer se modernizar, tanto em questão de acesso com facilidade aos dispositivos e softwares, quanto em questão de ideias, experimentação e implementação de coisas novas, é muito importante ter em seu quadro de colaboradores profissionais com esse perfil.

A pandemia veio para nos ensinar diversas coisas, e se adaptar ao mundo contemporâneo foi uma delas, de modo que, a inserção de jovens recém-formados no mercado de trabalho, precisa ser de fato uma realidade.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍTICA

Governo do Estado doará computadores e auxílio internet para professores

Publicado

em

Por

Agência AC | Foto: Diego Gurgel/Secom

Os professores da rede estadual de ensino, que estão efetivamente na sala de aula, vão receber do governo do Estado, um auxílio financeiro para aquisição de notebook e pagamento de internet.

Observado pela secretária Socorro Neri, governador Gladson Cameli assina projeto e autoriza repasse do auxílio tecnologia para professores Foto: Diego Gurgel/Secom

A medida faz parte do Programa de Inovação Educação Conectada e foi autorizada na tarde desta sexta feira, 23, pelo governador Gladson Cameli, em Rio Branco, durante reunião com a secretária de Educação Socorro Neri e o procurador geral do Estado, João Paulo Setti.

A proposta, em forma de projeto de Lei, será encaminhada à Assembleia Legislativa que deve votar a matéria já na próxima semana. O governador lembrou que ao autorizar o auxílio, o governo cumpre as 11  medidas assumidas junto ao Sindicato da categoria durante audiência que tratou sobre a suspensão da greve da categoria e destacou as ações de valorização e melhoria das condições de trabalho dos colaboradores.

“Nas últimas semanas convocamos servidores efetivos e também cumprimos aqui o repasse dos notebooks mais a mensalidade. É o governo do presente visando o futuro”, disse o governador.

Pela proposta, segundo Socorro Neri, professor, gestor pedagógico e diretor de ensino, que estiverem efetivamente em sala de aula, irão receber um repasse em única parcela de até R$ 4.500 para comprarem um computador, mais um repasse de R$1.800,00 para pagamento do plano de internet. R$ 1.800 creditado em até 18 parcelas, sendo a primeira referente ao mês de julho de 2021 e a última a ser paga até 31 de dezembro de 2022.

“É uma medida que vai ajudar agora nesse momento que passamos para o sistema híbrido com a inclusão de tecnologia da informação no processo educativo”, enfatizou Neri.

A secretária lembrou que a proposta não contempla os professores do município que estão permutados para o Estado.

Continuar lendo

POLÍTICA

Primeiro trabalho social de pós-ocupação é concluído no Loteamento Andirá

Publicado

em

Por

Agência AC

O governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Regional (Sedur), em parceria com a empresa contratada Rios e Rios, concluiu as atividades relacionadas ao trabalho técnico e social destinado a 149 famílias do Loteamento Andirá nesta quinta-feira, 22, em Rio Branco. Foram realizadas palestras e cursos profissionalizantes que contribuirão com o fortalecimento dos laços comunitários, o acesso a direitos, a autonomia financeira, o desenvolvimento do protagonismo, a autoestima dos cidadãos e a participação social.

As unidades habitacionais foram entregues para as famílias que estavam em locais de situação de risco ou aluguel social. Foto: José Caminha/Secom

A solenidade de entrega dos certificados de conclusão dos cursos de preparação de bolos, tortas e salgados e as oficinas de educação sanitária e ambiental e coleta e destinação do lixo contou com a participação das 149 famílias moradoras do local. Para evitar aglomeração, as duas turmas receberam seus certificados em horários diferentes, pela manhã e a tarde.

As unidades habitacionais foram entregues para as famílias que estavam em locais de situação de risco ou no aluguel social, como foi o caso de Ione Santana e o casal Aurizete de Araújo e Abel de Souza, beneficiados com habitação no loteamento.

Ione Santana beneficiada com uma casa do programa de habitação do governo do Estado. (Foto: Cedida)

“Ganhei minha casa em 2018, antes eu e meus filhos ficamos em um abrigo e depois tivemos o aluguel social. Estou muito feliz com minha casa. No momento estou desempregada e esse curso veio como uma boa oportunidade para eu montar meu próprio negócio, isso vai ser a realização de um sonho”, comemorou Ione Santana.

Aurizete de Araújo e Abel de Souza, beneficiados com uma casa do programa de habitação do governo do Estado. (Foto: Cedida)

“Morávamos em um local de risco e graças a Deus fomos beneficiados com essa casa. Vamos trabalhar com a venda de bolos e salgados para ter renda porque estamos desempregados, o curso nos ajudou muito”, destacou Aurizete de Araújo.

O Instituto de Educação Profissional e Tecnológica (Ieptec) foi parceiro na realização dos cursos. As aulas teóricas e práticas foram executadas no âmbito da Escola de Gastronomia, que possui todo o aparato técnico (estrutura física e equipamentos) indispensável à formação profissional e técnica. A previsão é que, ainda esse ano, esta parceria contemple a abertura de mais de 200 vagas em oficinas gastronômicas destinadas à comunidade.

De acordo com o gestor da Sedur, Luiz Felipe Aragão, o objetivo da ação foi promover a participação social, com a melhoria das condições de vida e a efetivação dos direitos à cidadania dos beneficiários dos programas de habitação do governo estadual.

“A Diretoria de Habitação da Sedur, comandada por Hamilton Melo, tem feito um excelente trabalho na busca de resgatar convênios antigos e conseguir implementar esses cursos, que irão garantir uma capacitação adequada e gerar renda para a população beneficiada. Quero destacar também a equipe do Departamento Social, que faz um excelente trabalho e que sempre busca escutar a população nas visitas que são feitas aos loteamentos”, ressaltou.

As casas do loteamento Andirá, localizado próximo ao campus do Instituto Federal do Acre (Ifac), foram entregues durante os anos de 2018 e 2019. As 386 unidades foram construídas por meio do convênio Pró-Moradia Norte. O convênio garante aos beneficiários a realização de um trabalho técnico-social, com atividades socioeducativas e profissionalizantes. Outras empresas contratadas pelo governo para a realização dessas atividades continuam em campo, para a execução do trabalho nas demais unidades.

Continuar lendo

CULTURA

Heloy de Castro é destaque de programa especial da Rádio Senado

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

O cantor e compositor mineiro e radicado no Acre, Heloy de Castro, é destaque do programa “Som Brasilis” da Rádio Senado que exibiu hoje (23) um pouco da história do cantor que traz na sua bagagem quatro discos com temas em defesa da natureza acreana e amazônica, crítica social com relevância às pessoas e o romantismo.

O radiofônico apresentou a melodia “Caro Jhon”, sucesso de Heloy de Castro e João Veras. A música foi apresentada no Festival Acreano de Música Popular (Famp) em 1991, ganhou repercussão nacional por abordar a temática social e ecológica. 

O episódio do programa pode ser acessado no site do senado e tem assinatura da jornalista Marluce Ribeiro com produção de Carlos Andrade. O Som Brasilis apresenta artistas de cada estado da federação, semanalmente, às sextas-feiras e domingos, no decorrer da programação.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia