Connect with us

ACRE

Economia acreana já é beneficiada com a ponte do Madeira, inaugurada há um mês

Publicado

em

Por Agência AC

Há exatamente um mês, o presidente Jair Bolsonaro, juntamente com o governador Gladson Cameli e outras autoridades do Acre e Rondônia, inauguravam a ponte sobre o Rio Madeira, em Abunã (RO). A estrutura é a concretização de um sonho dos dois estados e representa o início de uma nova era de progresso e oportunidades para cerca de um milhão de pessoas, que habitam a região mais ocidental do país.

De maneira mais imediata, os caminhoneiros que passam por aquele trecho da BR-364 estão entre os principais beneficiados com a ponte. Horas de espera e transtornos causados pela travessia em balsas  fazem parte do passado. Agora, ir de uma margem a outra do imponente Madeira é uma questão de poucos minutos, sem o pagamento de taxas.

Afastado esse gargalo logístico, investidores já estão sondando as potencialidades da região. Nesse aspecto, o agronegócio e o corredor rodoviário para os países andinos e seus respectivos portos marítimos no Oceano Pacífico despontam como alternativas para o desenvolvimento socioeconômico do Acre.

O governador Gladson Cameli, que sempre atuou incisivamente pela construção da ponte, avaliou a nova realidade na travessia do Rio Madeira naquela localidade. O gestor lembrou que a estrutura era uma demanda histórica e reafirmou que o estado está pronto para receber novos empreendimentos.

Governador Gladson Cameli afirmou que o Acre está pronto para receber novos empreendimentos. Atuação do gestor foi determinante para construção da estrutura. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Esperamos tanto por esse momento e, agora, é uma realidade. Nunca mais dependeremos de balsas e essa foi uma das maiores conquistas do povo acreano. Da nossa parte, estamos de braços abertos para receber quem queira investir na nossa terra e contribuir para a geração de emprego e renda. Muito em breve, vamos colher os frutos positivos dessa ponte”, destacou Cameli.

Para Egídio Garó, consultor da presidência da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-AC), vários fatores atuarão de maneira positiva para o fortalecimento da economia acreana, como é o caso do aumento nas relações comerciais com outros países.

“A médio e longo prazo, a abertura da ligação pela ponte poderá ser vislumbrada com maiores detalhes, inclusive quando da recuperação da atividade industrial, que deve demandar mais fretes para suprimento dos estabelecimentos acreanos. Deve ocorrer, e é esperado, um aumento dos negócios para as áreas de livre comércio e as exportações via Peru, também previstas para incremento a médio e longo prazo”, enfatizou.

“A ponte trouxe mais rapidez e segurança”, afirma empresária do setor de transporte de cargas

Nazaré Cunha é proprietária de uma transportadora e presidente do Sindicato das Empresas de Logística e Transportes de Cargas do Estado do Acre (Setacre). Segunda ela, a ponte trouxe inúmeras vantagens para o setor desde a sua abertura.

“A rapidez e a segurança são os principais benefícios. Antes, não tínhamos uma estimativa do tempo em que as carretas chegariam a Rio Branco. Agora, sabemos que o tempo médio entre Porto Velho e Rio Branco é de seis a sete horas de viagem”, pontua.

Nos períodos mais críticos da travessia, que ocorriam durante os momentos de cheia e seca das águas do Rio Madeira, os veículos chegavam a esperar até 36 horas para ir de uma margem a outra. O tempo de espera prolongado trazia riscos de saques às cargas, assim como de danos às próprias carretas.

Com a ponte, veículos não precisam mais pagar taxa para atravessar o Rio Madeira. Sem a dependência de balsas, tempo de viagem até o Acre foi reduzido. Foto: Wesley Moraes/Secom

“Também melhorou muito a questão da segurança. Nossas carretas corriam o risco de serem alvo de ladrões enquanto esperavam na fila da balsa durante à noite. Com a ponte, esse perigo não existe mais”, disse.

O fim do pagamento de taxas para atravessar o rio também está trazendo economia para o setor de cargas. A empresa que realizava a travessia cobrava até R$ 290, dependendo do tipo de veículo. No caso das transportadas, as empresas não precisarão mais arcar com um seguro extra por conta da passagem fluvial.

Nazaré relata ainda que a falta de uma ponte naquele trecho afastava profissionais autônomos de transportarem para o Acre. “Muitos caminhoneiros rejeitavam fazer o frete por conta da balsa e da demora. Os que aceitavam, acabavam cobrando mais caro por conta disso. Agora, esse problema foi eliminado”, afirma.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ACRE

Educandário Santa Margarida abre processo seletivo para Cuidadora

Publicado

em

Por

O Educandário Santa Margarida divulgou hoje através de sua página no Facebook processo seletivo para Cuidadora de Crianças.

Os interessados deverão entregar Curriculum na secretaria administrativa da instituição de 17 de junho 2021 à 07 de julho de 2021. O educandário fica localizado na R. Rio Grande do Sul, s/n, no bairro Preventório, telefone de contato (68) 3224-2828.

Continuar lendo

ACRE

Veja quais foram os compromissos assumidos pelo Governo Gladson com os professores que deram fim à greve

Publicado

em

Por

O governador Gladson Cameli (Progressistas) assumiu compromissos com os professores, os possíveis de cumprir, e colocou fim ao movimento grevista, que já durava 30 dias. Ao final saíram todos satisfeitos.

Veja os acordos ponto a ponto, divulgados pela Secretária de Educação Socorro Neri:

Em audiência de conciliação no Tribunal de Justiça do Acre, pactuamos as 11 medidas de valorização dos profissionais da educação e melhoria das condições de trabalho autorizadas pelo governador Gladson Cameli, visando os avanços possíveis na atual conjuntura:

1. Internet e notebooks para os professores em efetivo exercício de docência e equipes gestoras das escolas e das unidades de representação da SEE, por meio de PL a ser enviado à ALEAC;

2. Plataforma digital para conectar professores e alunos em ambientes virtuais de aprendizagem, equipando as escolas com kits chromebooks para uso dos estudantes;

3. Fornecimento de EPIs (máscara, álcool em gel, termômetro digital e tapete sanitizante);

4. Melhoria da estrutura física das escolas e do mobiliário e utensílios;

5. Concessão de dedicação exclusiva ou complementação de carga horária, redefinindo critérios de distribuição mais justa das atividades docentes, utilizando recursos do FUNDEB;

6. Contratação de professores utilizando os editais vigentes de processos seletivos (servidor temporário) e concurso público (servidor efetivo), de modo a concluir o quadro docente necessário ao desenvolvimento do ano letivo. Contratações que serão custeadas com recursos do FUNDEB;

7. Complementação da carga horária dos servidores de apoio, utilizando recursos do FUNDEB (referente aos servidores lotados nas escolas) e recursos próprios (em relação aos demais servidores);

8. Prorrogação da bolsa para servidores de escolas de tempo integral, com recursos do FUNDEB. (Medida concretizada por meio da Lei n 3.666, de 10 de junho de 2021);

9. Garantia de pagamento de auxílio alimentação a partir de janeiro de 2022, no valor de R$ 420,00, utilizando recursos do FUNDEB (referente aos servidores lotados nas escolas) e recursos próprios (em relação aos demais servidores);

10. Correção inflacionária no primeiro trimestre de 2022 referente aos períodos de 2020/2021 e 2021/2022, nos termos permitidos pela legislação em vigor e conforme disponibilidade financeira e orçamentária do Estado;

11. Instituição de Comissão Mista, até 30 de julho de 2022, para propor, até 20 de dezembro de 2021, ajustes nas tabelas do PCCR e na Lei de Gestão Democrática, a serem implementados a partir de 2022, conforme amparo previsto na legislação em vigor e disponibilidade financeira e orçamentária do Estado.

Aproveito para parabenizar o TJAC, em nome do desembargador Júnior Alberto, pela excelente condução da audiência de conciliação, assim como o procurador de Justiça do MPAC, Sammy Barbosa, e o procurador do Estado, Christovam Moura.

Por fim, em nome da presidente do Sinteac, Rosana Nascimento, agradeço aos demais sindicatos, colégio de diretores e categoria de Educação, por manter o diálogo aberto com o governo durante todo o processo. Nosso compromisso enquanto gestão é valorizarmos, darmos condições de trabalho e avançarmos na Educação do nosso Acre, com segurança jurídica e sustentabilidade fiscal e financeira.

Continuar lendo

ACRE

Tablet trava ao vivo e deixa apresentador de afiliada do SBT no Acre ‘irado’

Publicado

em

Por

Da redação / Foto: Reprodução TV RB

O apresentador do telejornal ‘Bom Dia Rio Branco’, Efraim Macambira, passou por verdadeira saia justa durante o programa exibido pela TV Rio Branco, afiliada do SBT no Acre, nesta quarta-feira (16).

Enquanto fazia comentários sobre a falta de infraestrutura em um dos bairros da capital, o âncora pegou o tablet para ler os recados dos internautas, via WhatsApp, e descobriu que o aparelho foi travado por um sistema de códigos. Imediatamente, ele reclamou da situação e perdeu a compostura ao vivo.

“Pessoal, algum telespectador mandou um código que trava o Android, um vírus, um enviado do capeta! É você mesmo que mandou o código! Eu espero que trave também a sua língua para que nunca mais faça isso! Eu não estou conseguindo ter acesso porque a praga enviou um código que travou o tablet. Parabéns para você, coisa ruim, enviado do capeta, que mandou esse código maldito e travou o nosso WhatsApp! Você conseguiu, enviado do cão, filhote de capeta! Infelizmente, não vou conseguir ter acesso às mensagens”, disparou.

A situação embaraçosa vem sendo compartilhada ou republicada nos principais perfis dos acreanos. É questão de tempo ‘viralizar’ também nas páginas de humor do país.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas