Connect with us

SAÚDE

Acre aplica 4ª dose da vacina contra Covid-19 em pessoas acima de 40 anos

Publicado

em

O governo do Acre, por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI), deu início nesta quarta-feira, 22, em todo o estado, à aplicação da quarta dose contra a covid-19 em pessoas acima de 40 anos. Em Rio Branco, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) oferece suporte às ações na Cidade do Povo.

Quarta dose contra covid-19 é oferecida às pessoas com 40 anos ou mais. Foto: Odair Leal/Secom

Estão aptas a receber a segunda dose de reforço pessoas que tomaram a 3ª dose há pelo menos quatro meses, considerando que a partir desse período o imunizante vai perdendo a eficácia no organismo. Obedecendo esses critérios, o PNI espera vacinar cerca de 215 mil acreanos.

Locais de vacinação

Estão disponíveis na rede os imunizantes AstraZeneca/Fiocruz e Janssen. Cada município define os locais de referência para o fornecimento das vacinas. Na capital, os cidadãos podem se dirigir às unidades de referência em atenção primária (Uraps) a seguir:

– Urap Eduardo Assmar

– Urap Rosangela Pimentel

– Urap São Francisco

– Urap Hidalgo de Lima

– Urap Ary Rodrigues

– Urap Bacurau

– Policlínica Barral y Barral

– Urap Claudia Vitorino

– Urap Maria Barroso

– Urap Roney Meireles

– Urap Vila Ivonete (dose de reforço Janssen + de 2 meses)

A população interessada deve se dirigir aos locais de vacinação portando os documentos RG e CPF, ou RG e cartão do SUS.

Dia D de vacinação

Apesar de a pandemia de covid-19 não ter acabado, a cobertura vacinal contra a doença tem alcançado um percentual cada vez menor. Dados do PNI no Acre demonstram que apenas 3% do público-alvo (população acima de 50 anos e trabalhadores da Saúde) tomaram a 2º dose de reforço, por exemplo.

Relatório simplificado sobre a cobertura vacinal contra covid-19 no Acre. Foto: Divulgação

Diante disso, o próximo sábado, 25, será o Dia D de vacinação em todo o estado. Na ocasião estarão sendo oferecidas vacinas contra a covid-19, influenza e sarampo.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

SAÚDE

SEMSA faz campanha de vacinação contra poliomielite e multivacinas para aumentar a cobertura contra doenças variadas

Publicado

em

Por

A campanha, lançada pelo Ministério da Saúde vai até o dia 9 de setembro e objetiva a atualização da caderneta vacinal de crianças e adolescentes menores de 15 anos. A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) disponibiliza a vacina contra a poliomielite e outras vacinas necessárias para complementar o calendário vacinal.

Socorro Martins, coordenadora da Vigilância Epidemiológica, explica que crianças menores de 5 anos, mesmo quem já fez primeira, segunda e terceira dose, precisa retornar à unidade de saúde para fazer uma dose extra vacina contra a poliomielite.

“Existe uma preocupação muito forte da reintrodução desse vírus no nosso país, até porque há mais de cinco anos nós temos coberturas muito baixas. Então, isso abre a possibilidade de retornar o vírus”.

Ainda segundo a coordenadora, a meta mínima é vacinar 95% do grupo alvo.

“Nós temos mais de 30 mil crianças menores de 5 anos para serem vacinadas. Este ano a nossa cobertura está em torno de 40%, quando o Ministério preconiza 95% das crianças vacinadas, então, nós temos uma defasagem muito grande”.

O dia “D” da campanha será 20 de agosto, com todas as vacinas disponíveis em cerca de 45 Unidades de Saúde, por isso Socorro Martins deixa o recado.

“Os pais devem comparecer às unidades com a caderneta de vacinação da criança e do adolescente em mãos. Mesmo quem já tem essas vacinas em dia deve retornar à Unidade de Saúde para se vacinar. Os pais não devem perder essa oportunidade”.,

A ausência da Caderneta de Vacinação não é um impeditivo para se vacinar. A orientação para quem perdeu o documento é procurar o posto de saúde, onde as vacinas foram aplicadas, para resgatar o histórico de imunização e fazer a segunda via.

Sobre a Poliomielite

A poliomielite, também chamada de paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda, causada por um vírus, que pode infectar crianças e adultos. A doença ataca o sistema neurológico afetando o corpo inteiro e pode causar paralisia nos membros inferiores. A vacinação é a única forma de prevenção da doença.

Para a campanha contra a poliomielite, o grupo-alvo são as crianças menores de cinco anos de idade, totalizando mais de 14.3 milhões de pessoas, sendo que as crianças menores de 1 ano deverão ser vacinadas conforme a situação vacinal encontrada para esquema primário. As crianças de 1 a 4 anos deverão ser vacinadas indiscriminadamente com a Vacina Oral Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses de Vacina Inativada Poliomielite (VIP) do esquema básico.

[Dircom]

Continue lendo

SAÚDE

Acre realizou 598 procedimentos para amputações de membros de seus pacientes

Brasil tem mais de 245 mil pessoas que sofreram amputações entre 2012 e 2021

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Ottobock/Reprodução/ND

Dados da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV) apontam que o Acre é um dos cinco estados que registraram menores números de amputações de membros inferiores dos seus pacientes durante a Pandemia de Covid-19.

Entre os anos de 2012 e 2021, período do levantamento da SBACV, 245 mil brasileiros sofreram com amputações de pernas, pés ou dedos. Para a Sociedade de Angiologia, “o problema estaria relacionado à descontinuidade no acompanhamento de pacientes com doenças crônicas durante o período”.

Com dados do Sistema Único de Saúde (SUS) foram 598 procedimentos no Estado do Acre. O número é maior do que foi registrado no Amapá, com 315, e em Roraima, com 352. A lista segue com Tocantins com 1154 e Rondônia totalizando 1383.

Em números absolutos, os Estados que mais executaram esses procedimentos foram São Paulo (51.101), Minas Gerais (26.328), Rio de Janeiro (21.265), Bahia (21.069), Pernambuco (16.314) e Rio Grande do Sul (14.469).

No estudo, foi revelado ainda que a maioria das amputações aconteceram por conta do quadro do Diabetes dos pacientes. Pessoas com essa doença podem desenvolver úlceras e evoluírem para quadros infecciosos. Além disso, também houve registros de acidentes de trânsito e de trabalho.

Continue lendo

SAÚDE

Covid mata um e infecta 276 nas últimas 24h no Acre, diz boletim da Secretaria de Saúde

Publicado

em

Por

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informa que foram registrados 276 novos casos de coronavírus nesta quinta, 11. O número de infectados notificados é de 147.159 em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 353.022 notificações de contaminação pela doença, sendo que 205.843 casos foram descartados e 20 exames de RT-PCR aguardam análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen). Pelo menos 129.329  pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 18 continuavam internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS) e estão sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Um óbito foi notificado nesta quinta, 11, fazendo com que o número oficial de mortes por covid-19 suba para 2.023 em todo o estado.

A paciente N. S. C, de 75 anos, moradora do Bujari, deu entrada no Pronto-Socorro da capital no dia 4 de julho e faleceu no dia 14 do mesmo mês.

Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:

http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas