Connect with us

SAÚDE

Acre e mais sete estados ainda não adotaram oficialmente o passaporte da vacina

Publicado

em

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Um levantamento aponta que o Acre é uma das unidades da federação que não adotou oficialmente o “passaporte da vacina” que possibilita o ingresso de pessoas em evento e locais públicos mediante a apresentação de comprovante da imunização da Covid-19. Além do estado do acreano, sete outras unidades estão na mesma situação (Amapá, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Sergipe).

No Acre, muitos estabelecimentos, por conta própria, aderiram ao mecanismo. No parlamento já foi apresentado um projeto que torna obrigatória a apresentação da vacinação para entrar nos espaços públicos e privados. Enquanto o estado não oficializa, fica facultativo para os seus habitantes apresentar o dispositivo.

Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Tocantins são os estados que exigem o “passaporte”. Já Alagoas, Ceará, Goiás, Rondônia e Roraima estão analisando a implantação do sistema. Maranhão, Paraíba e Rio Grande do Norte ainda não se posicionaram.

Segundo o Jornal A tarde, autor do levantamento, em São Paulo e Minas Gerais “os governos deram aos municípios autonomia para implementar medidas complementares que considerarem adequadas à realidade local para o controle da pandemia”.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAÚDE

Fundhacre realiza cicleata em alusão ao Outubro Rosa

Publicado

em

Por

Agência AC

Foi com muita alegria e animação que a Fundação Hospital do Acre (Fundhacre), realizou na manhã deste sábado, 23, uma cicleata em alusão ao mês de conscientização e prevenção ao câncer de mama, Outubro Rosa. O evento reuniu mais de sessenta ciclistas, que prontamente vestiram-se de rosa e aderiram a importante causa.

A concentração e saída correu em frente da unidade hospitalar, passando pelo Parque do Tucumã, entrada do Conjunto Universitário até a rotatória da Usina de Arte, finalizando no Lago do Amor.

“Em nome do nosso presidente, João Paulo Silva, gostaria de agradecer a todos que organizaram e participaram do evento, essa é a nossa primeira cicleata de muitas que virão em prol de importantes campanhas em benefício da sociedade”, destacou o diretor-geral da Fundhacre Rogério Campos.

O evento reuniu mais de 60 ciclistas, que prontamente vestiram-se de rosa e aderiram a importante causa. Foto: Pedro Devani/Secom

Para a realização da cicleata o evento contou com o apoio do AC Bike, Giro Bike, Casa Araújo Bicicletas, Sportix, Fit Bike, RBtrans e Polícia Rodoviária Federal (PRF), além do sorteio de vários brindes para os participantes.

Depoimentos

A tecnóloga em segurança do trabalho e técnica de enfermagem Mauriete Nascimento, enfatizou que essa é a primeira vez que ocorre uma cicleata organizada pela unidade hospitalar. “É gratificante participar de um momento tão importante como esse, está sendo tudo novo, essa gestão do João Paulo veio fazer a diferença, é um incentivo para todos os funcionários e para nossa população, sou muito grata por participar desse momento”, disse.

Tecnóloga em segurança do trabalho e técnica de enfermagem Mauriete Nascimento. Foto: Pedro Devani/Secom

A professora Josenira Oliveira participa do grupo de ciclistas Divas do Pedal do Quinari. Para ela, o evento faz com que a sociedade venha se sensibilizar quanto ao exame preventivo.

“É um evento que traz visibilidade para a temática do câncer de mama que tanto atinge mulheres. O objetivo é alertar não somente no mês de outubro mas, que esse cuidado seja durante todo o ano. Essa ideia de alinhar a campanha ao ciclismo foi muito bacana para juntos estarmos conscientes e conscientizar a sociedade”, frisou.

Professora Josenira Oliveira. Foto: Pedro Devani/Secom

Esmeralda Furtado de Mendonça, 66 anos de idade, trabalha na unidade hospitalar há trinta anos. “É uma doença que avança rápido nas mulheres, temos que nos prevenir, essa iniciativa foi excelente e eu tenho todo prazer de participar, graças a Deus me sinto forte em estar aqui”, afirmou.

Esmeralda Furtado de Mendonca. Foto: Pedro Devani/Secom

O técnico de laboratório, Francisco Emiraldo de 52 anos, foi diagnosticado com câncer na garganta no ano de 2018 e realizou o seu tratamento no Hospital do Amor, em Porto Velho. Em 2019 ficou curado da doença, hoje ele apoia todo tipo de ações que sejam em prol da vida.

Técnico de laboratório, Francisco Emiraldo. Foto: Juliana Queiroz/Fundhacre

“Precisamos prevenir antes de pegar, a gente não sabe o que vem pela frente, para isso, reforço aqui, mulher, faça seu exame, procure um médico, previna-se. Eu deixo aqui meu total apoio a essa ação contra câncer de mama”, disse.

Continue lendo

SAÚDE

Prefeitura de Rio Branco emite alerta sobre surto epidêmico de Dengue, Zika e Chikingunya na capital

Publicado

em

Por

Dircom

A Secretaria Municipal de Saúde de Rio Branco (Semsa), por meio da Coordenação de Vigilância Epidemiológica, emitiu nota técnica alertando a população em geral para a possibilidade de uma nova ocorrência de surto ou epidemia pelas Arbovirores Dengue, Zika e Chikingunya. O resultado para o alerta, faz parte do 3° Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti – LIRAa realizado no período de 27/09 a 01/10, que foi de 4,35%.

Com o início do período das chuvas, os cuidados devem ser redobrados e todos os esforços devem ser somados para lidar com a problemática das Arboviroses. Nesse contexto, o controle da infestação pelo vetor se mostra como ação primária e necessária para prevenir e conter a transmissão das referidas doenças.

Com o objetivo de avaliar o resultado da pesquisa e definir estratégias de controle vetorial, a equipe Técnica da Divisão de Endemias e Controle de Vetores, juntamente com a Diretora da Vigilância Epidemiológica, Socorro Martins, estiveram reunidos esta semana, para definir estratégias e elaborar um plano de controle vetorial para os próximos 6 meses.

O objetivo é se antecipar ao possível aumento no número de casos, atuando nos bairros mais infestados pelo vetor, e com ocorrência de transmissão.

“Os reservatórios de água considerados úteis, como caixas d’água ao nível do solo, se mostram como os principais criadouros para o vetor. É preciso redobramos os cuidados, tendo em vista, o período das chuvas chegou e qualquer recipiente que acumule água parada é um potencial criadouro do mosquito transmissor dessas Arbotiroses”, alerta a coordenadora de vigilância Epidemiológica Socorro Martins.

Continue lendo

SAÚDE

Comunidades do rio Liberdade, em Cruzeiro do Sul, recebem atendimento de saúde fluvial

Publicado

em

Por

A equipe de saúde fluvial da prefeitura de Cruzeiro do Sul deslocou-se nesta quarta-feira e deu início nesta quinta ao atendimento nas comunidades do rio Liberdade. Serão 15 dias de atendimento de saúde nas comunidades ribeirinhas do Liberdade.

Neste período serão atendidas as comunidades Passo da Pátria, Tristeza, Forquilha, Periquito, Tatajuba, Esperança, Santa Rita I e Santa Rita II.

O atendimento prevê atendimento médico odontológico, dispensação de medicamentos, testes rápidos contra HIV, Sífilis e Hepatites virais, vacinação de rotina e contra a Covid.

O deslocamento das equipes pelo rio será feito por canoas, uma vez que o rio Liberdade não permite a navegação de embarcações maiores, como é o caso do barco de assistência fluvial do município.

 “O objetivo desta ação é levar atendimento às comunidades mais distantes, onde sabemos que as pessoas muitas vezes não têm os recursos necessários para se deslocarem até a cidade, ou mesmo ao posto de saúde mais próximo, especialmente nos períodos em que o nível do rio está mais baixo. Com estas ações conseguimos ampliar o acesso da população aos serviços de atenção básica de saúde, o que tem um efeito positivo sobretudo na prevenção”, explica Valéria Lima, secretária municipal de saúde.

Após a ação de 15 dias, a equipe retorna a Cruzeiro do Sul e será definida uma nova localidade para realização do programa de saúde fluvial.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia