Connect with us

ACRE

Acre tem 20 pessoas na fila de espera por um leito de UTI

Publicado

em

Janine Brasil

Com mais de mil exames em análise, Acre tem 20 pessoas na fila de espera por um leito de UTI — Foto: Reprodução/EPTV

O boletim da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) desta quinta-feira (25) trouxe mais sete mortes pela Covid-19 no estado e 548 novos casos de contaminação pela doença. O número de infectados saltou de 66.744 para 67.292 e o total de mortes agora é de 1.217.

Há ainda 1.034 exames de RT-PCR esperando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. No estado, 368 pacientes estão internados. Segundo o boletim, há 20 pacientes na fila à espera de um leito de UTI.

O estado está em contaminação comunitária desde o dia 9 de abril, com uma taxa de incidência de e 7.523,1 casos para cada 100 mil habitantes. O Acre apresenta um coeficiente de mortalidade (óbitos por 100 mil habitantes) de 136% e de letalidade de 1,8%.

Dos 106 leitos de UTI nos hospitais da rede SUS disponibilizados no estado, 95 estão ocupados. Pela primeira vez nos últimos dias, a taxa de ocupação total atingiu 90%. Os leitos de UTI estão concentrados na capital, com 85 vagas, e Cruzeiro do Sul, com 26.

Mortes por cidade

Cidades com óbitosÓbitos totaisNovos registros
Acrelândia210
Assis Brasil160
Brasiléia291
Bujari111
Capixaba110
Cruzeiro do Sul1270
Epitaciolândia230
Feijó390
Jordão10
Mâncio Lima200
Manoel Urbano81
Marechal Thaumaturgo80
Plácido de Castro130
Porto Acre270
Porto Walter20
Rio Branco7454
Rodrigues Alves80
Santa Rosa do Purus40
Sena Madureira370
Senador Guiomard250
Tarauacá220
Xapuri200
Total1.2177

Fonte: Sesacre

Números e mortes

Das 1.217 mortes registradas, 723 apresentavam algum tipo de comorbidade, segundo a Saúde, e 494 das vítimas não tinham outras doenças. Do total de mortos, 721 eram homens e 496 mulheres. Do total de vítimas, 849 tinham acima de 60 anos.

Das sete notificações de óbitos contabilizadas no boletim, três são do sexo masculino e quatro do sexo feminino.

Rio Branco

A mulher de 47 anos era moradora de Rio Branco, deu entrada no Pronto Socorro de Rio Branco no dia 16 de março e faleceu no dia 19 de março.

Moradora de Rio Branco, a idosa de 75 anos deu entrada no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC) no dia 1º de março e faleceu no dia 12 de março.

Morador de Rio Branco, o idoso de 64 anos deu entrada no dia 14 de março no Into-AC e faleceu nessa quarta (24).

Morador de Rio Branco, o homem de 52 anos deu entrada no dia 11 de março no PS de Rio Branco e faleceu no dia 13 de março.

Brasileia

O homem de 51 anos era morador de Brasileia, deu entrada no dia 10 de março, no Hospital Raimundo Chaar, e faleceu na quarta (24).

Bujari

A mulher de 56 anos era moradora do Bujari, deu entrada no dia 17 de março na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito e faleceu no dia 19 do referido mês.

Manoel Urbano

Moradora de Manoel Urbano, a idosa de 62 anos deu entrada no dia 11 de março no Into-AC e faleceu no dia 14 do referido mês.

Maiores taxas de contaminação a cada 10 mil habitantes:

  • Assis Brasil – 1.741
  • Xapuri – 1.338
  • Tarauacá – 1050
  • Sena Madureira – 953
  • Mâncio Lima – 918

Casos de Covid-19 por cidades

CidadesTotalCasos novos
Acrelândia1.26049
Assis Brasil1.3120
Brasiléia2.0441
Bujari91412
Capixaba4141
Cruzeiro do Sul6.76737
Epitaciolândia1.10411
Feijó2.31550
Jordão3342
Mâncio Lima1.7742
Manoel Urbano79534
Marechal Thaumaturgo1.0099
Plácido de Castro1.2745
Porto Acre1.0688
Porto Walter43711
Rio Branco30.848190
Rodrigues Alves5651
Santa Rosa do Purus52114
Sena Madureira4.43769
Senador Guiomard9475
Tarauacá4.53134
Xapuri2.6223
Total67.292548

ACRE

Gabriela Câmara apresenta parte do novo complexo de comunicação Boas Novas a colaboradores e líderes de audiência

Publicado

em

Por

A gerente geral da rede Boas Novas no Acre, Gabriela Câmara, apresentou as novas instalações do complexo de comunicação que está sendo erguido no centro de Rio Branco cujas obras estão em fase de acabamento. Ela chama o grupo de “família Boas Novas” e deixou todos surpresos com o espaço onde vão trabalhar a partir de outubro. O ambiente é altamente moderno, um convite ao profissionalismo, segundo ela.

Gabriela Câmara escreveu o seguinte para apresentar sua nova empresa:
“Uma empresa se faz de talentos e não apenas de tijolos, barro, areia e por isso me senti tão feliz ao poder receber parte de nossos meus amigos apresentadores da Boas Novas é mostrar como está ficando nossas novas instalações, a nova sede localizada na Avenida Ceará.

Uma alegria poder preparar um espaço com tanto carinho e dedicação para ser a casa do Complexo de Comunicação Boas Novas. Daremos mais qualidade aos nossos ouvintes, colaboradores e visitantes, agradecemos toda equipe da boas novas na pessoa da nossa idealizadora, fundadora e mantenedora oficial Missionaria Antônia Lúcia e Pastor Silas Câmara.

Entre os apresentadores da nossa grande que estiveram conosco na visita estava Vânia Mendonça, que apresenta o “ Bom dia vida”, Waldecir Barbosa o programa “tarde sertanejo” e José Raimundo apresentador do programa “ top gospel “.

Meu mais profundo desejo é que essa nova estrutura e avanço tecnológico e nossos talentos pessoais estejam sempre a serviço de Deus”.

Continue lendo

ACRE

Em setembro, INPE disparou sete alertas de desmatamento em Manoel Urbano

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) através de consulta ao Sistema de Detecção de Desmatamento em Tempo Real (DETER) aponta crescente ação de desmatamento no município acreano de Manoel Urbano, distante 228 km da capital, Rio Branco.

A autarquia disparou, somente neste mês de setembro, sete alertas totalizando 5,30km2 de desmatamento. Segundo o instituto, a principal causa do alerta diário para Manoel Urbano é o desmatamento com solo exposto, que deixa a terra sem vegetação e altera a cobertura florestal na Amazônia.

Não é de hoje que o órgão manifesta preocupação quanto à situação da degradação da floresta nesta cidade acreana. No mês passado, em agosto, por exemplo, o INPE promoveu alerta no dia 19, onde apontou 0,61 km2 de retirada de floresta naquela cidade.

TARAUACÁ TAMBÉM DESMATA

A poucos quilômetros de Manoel Urbano, já na cidade de Tarauacá, o instituto também alertou no mês passado (dia16), o desmate de 1,38 km2. Neste mês, em setembro, o município que compõe a região do Envira já teve cinco advertências de desmatamento, totalizando 4,37km2 de desflorestamento.

Continue lendo

ACRE

No interior do Acre já choveu 16% acima da média para o mês de setembro

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Wanglézio Braga

Levantamento do portal O Tempo Aqui, publicado hoje (17), revela que já choveu acima da média em boa parte do Acre. O acúmulo de chuva muda um cenário totalmente diferente do que vimos nos meses de agosto e parte de setembro.

“As chuvas intensas que têm ocorrido no Acre já superaram a média climatológica de setembro em vários municípios do estado, entre eles, Tarauacá, Xapuri, Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Feijó e Marechal Thaumaturgo”, comentou o pesquisador Davi Friale.

Citando Tarauacá, ele ressalta que já choveu, nos primeiros 16 dias de setembro, 130,2mm, conforme os registros da estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia, sendo que a média histórica do mês é 112,0mm”. “Portanto, nesta cidade acreana, as chuvas já estão 16,2% acima da média de setembro”, completa.

Usando dados da Agência Nacional de Águas e do Instituto Nacional de Meteorologia, é possível ver a quantidade de chuva que caiu nas cidades de Feijó (42,8mm), Tarauacá (41,2mm), Marechal Thaumaturgo (38,4mm), Jordão (33,8mm) e Sena Madureira (26,4mm).

Por conta das chuvas, os níveis dos principais rios aumentaram consideravelmente. Hoje, na capital acreana, Rio Branco, “o rio Acre marcou 1,60m e continuava subindo, devendo permanecer em elevação, tendo em vista as chuvas torrenciais ocorridas no seu alto curso”.

CHUVAS VÃO CONTINUAR

Um prognóstico feito por Friale prevê que na próxima semana, a primeira da primavera de 2021, que começa no dia 22 de setembro, chegará com “chuvas fortes, com possibilidade de temporais, e voltarão a ocorrer devido a mais uma frente fria fraca que chegará ao Acre e às áreas vizinhas, cujo encontro com pulsos úmidos do Atlântico Norte deixa o tempo bastante instável”. “Assim, é muito provável que o mês de setembro de 2021 será com chuvas acima da média na maior parte do Acre”, concluiu.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia