Connect with us

ESPORTE

Acreano conquista acesso à superliga do vôlei nacional e fala dos sonhos ao Acrenews

Publicado

em

O acreano Dayan Barros, 24 anos, conquistou pela segunda vez em sua carreira como jogador de vôlei, acesso a superliga nacional, com o JF Vôlei, time mineiro. A equipe de Juiz de Fora conseguiu o feito nesta terça-feira (13), após vencer novamente o Aeroclube (RN) no Ginásio do Riacho, em Contagem (MG), na semifinal da Superliga B, no tie-break, com parciais de 25/20, 18/25, 20/25, 27/25 e 15/10.

O triunfo manteve a invencibilidade histórica da equipe na competição, fechou o confronto melhor de 3 contra o clube potiguar e também rendeu classificação à decisão da segunda divisão nacional. A disputa do título ainda não tem data definida, mas será em jogo único, conforme regulamento, diante do Brasília Vôlei/Upis, com mando da equipe mineira.

Dayan com os pais e a irmã


Dayan, que é filho do histórico zagueiro Carlão (Carlos Barros), do Rio Branco Futebol Clube, disse ao Acrenews na manhã desta quarta-feira que a conquista lhe trás à cabeça sonhos mais altos. “É a segunda vez que consigo o acesso a Superliga. A primeira foi em Blumenau. Estou muito feliz. Está sendo uma temporada incrível. Tenho crescido cada vez mais. Acredito que estou na direção certa. Estou muito grato por ter chegado até aqui. Estou muito grato em estar em Juiz de Fora”, disse, por telefone.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ESPORTE

Sexta de gols, cambalhota e coraçãozinho nos Jogos Escolares

Publicado

em

Por

Na Marca da Cal / Foto: Manoel Façanha

Com goleadas, cambalhota e até coraçãozinho, a disputa da 5ª rodada da modalidade de futsal dos Jogos Escolares sacudiu na manhã e tarde desta sexta-feira (1º) a galera presente nas arquibancadas dos ginásios esportivos do Centro Integrado de Esportes (CIE) e do Álvaro Dantas. Um total de 97 gols em 15 partidas foram anotados, proporcionando uma média de 6,46 por jogo.

As escolas Raimunda Pará e Wilson Barbosa fizeram um jogo de 15 gols pela categoria sub-17. Foto/Manoel Façanha

Com o torcedor vibrando nas arquibancadas do ginásio Álvaro Dantas, o duelo envolvendo as escolas Raimunda Pará e Wilson Barbosa, ambas da Cidade do Povo, registrou o maior número de gols durante a sexta-feira (1º): um total de 15, com vitória da primeira equipe por 14 a 1. Também digno de registro durante a partida foi a cambalhota do atleta da equipe vencedora após ele marcar o 13º gol da Escola Raimunda Pará.

Atleta da Escola Raimunda Pará comemora gol com cambalhota. Foto/Manoel Façanha
Atleta da Escola Raimunda Pará comemora gol com cambalhota e torcida comemora. Foto/Manoel Façanha

Os jogos da categoria sub-17 masculina começaram com a vitória do Glória Peres sobre o Boa União por 7 a 1. Outros confrontos apresentaram os seguintes resultados: EJORB 3 x 1 AME, Sigma 1 x 5 Colégio Meta, Lourival Pinho 1 x 3 Heloísa Marques, José Rodrigues Leite 8 x 3 Frei Heitor, Ester Maia 1 x 1 Carlos Casavecchia e Ceja 0 x 3 João Aguiar. Pelo naipe feminino, vitória avassaladora do Leôncio de Carvalho sobre a Escola Raimunda Pará pelo placar de 9 a 1.

O Colégio Sigma não resistiu ao melhor futsal do Colégio Meta. Foto/Manoel Façanha.
Colégio Meta tem uma equipe competitiva e capaz de brigar pelo título. Foto/Manoel Façanha.
Em jogo de seis gols, o Sigma perdeu para o Colégio Meta por 5 a 1. Foto/Manoel Façanha

No Centro Integrado de Esportes, local das partidas da categoria sub-14, o destaque ficou por conta da boa vitória do Colégio Acreano sobre o Colégio Dom Pedro por 5 a 0. No jogo de abertura, a Escola Raimundo Hermínio de Melo venceu, de virada, o Dom Pedro II por 3 a 2. Outros três jogos foram realizados: ABC 1 x 3 São José, Águia do Saber 1 x 3 Colégio Ame e Diogo Feijó 1 (4) x 1 (5) Frei Heitor. Pelo naipe feminino, vitória da Escola Carlos Casavecchia sobre Frei Heitor por 1 a 0.

No jogo de abertura, a Escola Raimundo Hermínio de Melo venceu, de virada, o Dom Pedro II por 3 a 2. Foto/Manoel Façanha
Colégio ABC sofreu a segunda derrota na fase classificatória dos Jogos Escolares. Foto/Manoel Façanha.
A Escola São José venceu a primeira partida na fase de grupos dos Jogos Escolares. Foto/Manoel Façanha.
O Colégio ABC, de Caio e Gabriel, não conseguiu superar o São José. Foto/Manoel Façanha
O goleador Pedrinho faz coração para torcida do colégio católico. Foto/Manoel Façanha.
O Colégio Acreano fez boa partida e derrotou o Dom Pedro por 5 a 0. Foto/Manoel Façanha
O Colégio Dom Pedro caiu para o Colégio Acreano por 5 a 0. Foto/Manoel Façanha
No Centro Integrado de Esportes (CIE), o Colégio Acreano venceu o Dom Pedro por 5 a 0. Foto/Manoel Façanha.
Os capitães das equipes do Colégio Ame e Águia do Saber com os árbitros Jackson Rodrigues e Mário Jorge. Foto/Manoel Façanha
A Escola Águia do Saber perdeu para o Colégio Ame por 3 a 1. Foto/Manoel Façanha
O Colégio Ame fez um partida eficiente e derrotou a Escola Águia do Saber. Foto/Manoel Façanha
A Escola Frei Heitor perdeu pelo placar mínimo para o Carlos Casavecchia. Foto/Manoel Façanha.
Carlos Casavecchia conquista importante vitória. Foto/Manoel Façanha.
As meninas das escolas Carlos Casavecchia sobre Frei Heitor fizeram um jogo equilibrado. Foto/Manoel Façanha.

Regra inclusiva

Entre as regras do regulamento da modalidade de futsal, categoria sub-14, está à inclusão obrigatória dos atletas presentes na súmula na quadra de jogo por um período mínimo de sete minutos e meio. O professor Marcelo Fontinele, da coordenação dos Jogos Escolares, comentou que a regra é importante no sentido participativo e inclusivo dos estudantes inscritos na competição. “É uma norma do regulamento bem bacana no sentido de inclusão e, as equipes participantes, aceitaram com simpatia essa cláusula”, disse Fontinele.

O professor Marcelo Fontinele troca ideia com um dos colegas da organização dos Jogos Escolares. Foto/Manoel Façanha

Fique sabendo

A modalidade de futsal conta com a participação expressiva de 72 equipes. O recorde de presentes está na categoria sub-17, com a inclusão de 31 equipes masculinas, 11 a mais do que a categoria sub-14. A modalidade conta ainda com a inscrição de 21 equipes do naipe feminino divididas nas categorias sub-14 e sub-17.

Continue lendo

ESPORTE

Sub-17 terá dez clubes; São Francisco é a baixa de última hora

O Andirá, atual campeão da categoria, abre a competição contra o Sena Madureira

Publicado

em

Por

Na Marca da Cal / Foto: Manoel Façanha

Com a desistência de última hora do São Francisco, o Campeonato Acreano de Futebol Sub-17 terá a presença de 10 clubes brigando pela taça de campeão da temporada 2022. O torneio começa no próximo dia 16 de julho, com dois jogos no estádio Florestão: Andirá x Sena Madureira (14h) e Plácido de Castro x Humaitá.

No arbitral técnico ocorrido na tarde dessa quinta-feira (30), numa das salas da Federação de Futebol do Acre (FFAC), os dirigentes de clubes aprovaram o regulamento da competição e entre os itens aprovados consta a divisão dos clubes em dois grupos: Andirá, Sena Madureira, Rio Branco, Galvez e Atlético Acreano (Grupo A); Plácido de Castro, Humaitá, Vasco da Gama, Adesg e Independência (Grupo B).

De acordo com o diretor de competições da FFAC, Leandro Rodrigues, as dez equipes participantes estão divididas em duas chaves, com os clubes jogando a primeira fase dentro dos seus respectivos grupos e avançando os quatro melhores às quartas-de-final.

Clube católico fora

Semifinalista na disputa do Campeonato Acreano de Futebol Sub-20, o São Francisco, após confirmar presença na disputa do Sub-17, resolveu mudar de ideia e desistir da competição. O professor Erismeu Silva, membro da comissão técnica do clube católico, explicou que houve uma reunião envolvendo as pessoas da base do clube e decidiram pela não participação da agremiação na competição. Erismeu falou que o clube católico enfrentou dificuldades para montar uma equipe com atletas locais e, como não existem condições financeiras para buscar jogadores de outros centros, o jeito foi desistir da competição.

PARTICIPANTES

GRUPO 1

Andirá

Sena Madureira

Rio Branco

Galvez

Atlético Acreano

GRUPO 2

Plácido de Castro

Humaitá

Vasco da Gama

Adesg

Independência

1ª Rodada

16/07

Local: Florestão

14h – Andirá x Sena Madureira

16h – Plácido x Humaitá

Continue lendo

ESPORTE

Jogos Escolares teve show de gols no Álvaro Dantas e CIE

Publicado

em

Por

Na Marca da Cal / Foto: Manoel Façanha

Os ginásios esportivos do Centro Integrado de Esportes (CIE) e do Álvaro Dantas foram palcos durante essa quarta-feira (29) de 15 partidas de futsal pela fase municipal dos Jogos Escolares. A rodada contou com boa presença de público nas arquibancadas, goleadas e alguns jogos disputadíssimos não faltaram durante o desenrolar das partidas.

A rodada contou com boa presença de público nas arquibancadas. Foto/Manoel Façanha.

A modalidade de futsal conta com a participação expressiva de 72 equipes. O recorde de presentes está na categoria sub-17, com a inclusão de 31 equipes masculinas, 11 a mais do que a categoria sub-14. A modalidade conta ainda com a inscrição de 21 equipes do naipe feminino divididas nas categorias sub-14 e sub-17.

A escola Raimundo Hermínio tentou equilibrar a partida contra o CEAN, mas caiu por 5 a 2. Foto/Manoel Façanha
Goleiro do Colégio Estadual Armando Nogueira (CEAN) prepara a barreira com dedos cheios de esparadrapos. Foto/Manoel Façanha

Com o torcedor mostrando empolgação nas arquibancadas do ginásio Álvaro Dantas, as equipes sub-17 masculinas dos colégios Tiradentes e João Calvino fizeram um jogaço e o equilíbrio foi a tônica da partida (2 a 2). A igualdade no placar levou as equipes para as cobranças de pênaltis, sendo que o colégio protestante venceu por 2 a 0. Veja os demais resultados da categoria sub-17 masculino: Colégio Acreano 4 x 1 Marilda Golveia, Raimundo Hermínio 2 x 5 CEAN, Santa Maria II 2 x 13 EJORB, Boa União 10 x 7 Rodrigues Leite, Humberto Soares 4 x 3 Sigma, Raimunda Pará 3 x 4 Colégio Meta e Ester Maia 1 x 4 Lourival Pinho. No naipe feminino, em jogo isolado, vitória do Colégio Acreano sobre o Rodrigues Leite por 7 a 0.

No jogo mais “apimentado” da rodada, a técnica Roseane Amorim (João Calvino) diverge da marcação com o árbitro Coquinho. Foto/Manoel Façanha.

No Centro Integrado de Esportes, o destaque ficou por conta da segunda vitória avassaladora na competição da equipe da Escola Mário de Oliveira. Nesta quarta-feira (29), a escola estadual sobrou em quadra e venceu o debutante Colégio ABC por 11 a 0, em jogo válido pela categoria sub-14 masculino. Outros resultados pelo sub-14 foram os seguintes: Carlos Casavecchia 6 x 0 Santa Maria II, Colégio Meta 8 x 0 Batista Betel e Sigam 0 (3) x 0 (2). Já pelo naipe feminino, vitória do Wilson Barbosa sobre Frei Heitor por 3 a 0.

Carlos Casavecchia fez um bom jogo e derrotou o Santa Maria II por 6 a 0. Foto/Manoel Façanha
O Colégio Meta também fez excelente jogo na rodada desta quarta-feira (29). Foto/Manoel Façanha.
O Colégio Meta gravou a segunda goleada maior goleada da rodada do sub-14 sobre o Batista Betel por 8 a 0. Foto/Manoel Façanha
O camisa 10 da Escola ABC tenta se livrar da marcação implacável do atleta da Escola Mário de Oliveira. Foto/Manoel Façanha
O professor Bruno Melo comanda a Escola Mário de Oliveira. Foto/Manoel Façanha.
A professora Carla Aguiar comanda a Escola ABC. Foto/Manoel Façanha.

17 modalidades em disputa

Equipe médica preparada para entrar em ação em caso de necessidade de atendimento aos participantes. Foto/Manoel Façanha.
Na partida entre Raimundo Hermínio 2 x 5 CEAN, observa-se, ao fundo, policial militar fazendo a segurança dos jogos. Foto/Manoel Façanha.

Conforme a organização dos jogos, a fase municipal será realizada nas modalidades masculina e feminina e abrangem as categorias de 12 a 14 anos e 15 a 17 anos. Ao todo, serão 17 modalidades esportivas em disputa: basquete, futsal, vôlei, handebol, vôlei de praia, tênis de mesa, atletismo, atletismo adaptado, badminton, ciclismo, ginástica artística, judô, karatê, wrestling, natação, taekwondo e xadrez.

Na categoria de 12 a 14 anos todas as modalidades esportivas estarão contempladas na competição, inclusive o atletismo adaptado, que terá a participação de atletas paralímpicos. Já na categoria de 15 a 17 anos não haverá as modalidades xadrez e karatê.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas