Connect with us

ACRE

Alguns dos maiores empresários acreanos ouvidos pelo Acrenews estão ansiosos pela inauguração da ponte sobre o rio Madeira

Publicado

em

Evandro Cordeiro

O Acre estará integrado ao Brasil a partir do dia 29 abril de 2021, daqui a dez dias, definitivamente. Nesta data o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e os governadores do Acre, Gladson Cameli (Progressistas), e de Rondônia, Marcos Rocha (PSL), inauguram a ponte sobre o rio Madeira, na BR-364, segundo as agendas oficiais das três autoridades. Se materializará naquele dia pelo menos meio século de sonhos. Desde o presidente Juscelino Kubitschek, que governou o Brasil entre 1956 e 1961 prometendo 50 anos em cinco, se planeja essa ligação viária. Assim sendo, a viagem do Acre para qualquer lugar do país ficará menos demorada por pelo menos uma hora e meia, tudo isso resultando em economia.

Foto: RD Imagens Aéreas

São 3,8 mil metros de ponte construída a base de concreto e ferro. O engenheiro civil Eduardo de Souza Lira, supervisor da obra, nem tem os cálculos de quantos metros cúbicos de concreto foram usados até aqui, nem o quanto de ferro, mas isso é exatamente o que menos importa quando quem está com a palavra são os empresários, o pessoal que garante o PIB do Acre, entusiasmados com o novo momento que essa ligação por terra pode propiciar. “Além da economia, estaremos finalmente ligados ao resto do pais, o que psicologicamente eleva a autoestima do nosso empresariado”, diz o presidente da Acisa, a Associação Comercial do Acre, Marcelo Moura, presidente do grupo Recol.

Foto: RD Imagens Aéreas

A ponte em funcionamento reabrirá, por certo, a discussão sobre o Acre como passagem de parte do produto brasileiro para portos peruanos, para daí serem levados para o resto do mundo por meio do Oceano Pacífico. Além do mais, o Estado pode também servir como ponto de entrada de produtos internacionais, deixando de ser o fim do Brasil, para ser o início, como se diz prosaicamente nos convescotes.

O Acrenews ouviu alguns dos maiores empresários locais para tirar uma média na opinião. A palavra chave foi achada fácil: entusiasmo. Os homens que garantem o PIB do Estado estão ansiosos pela inauguração. Eles acham que isso mudará, sem dúvida, o curso da história.

VEJA O QUE DISSERAM ALGUNS DOS EMPRESÁRIOS ACREANOS

Adem Araújo, diretor do grupo Araújo de Supermercados: “A ponte sobre o rio Madeira, que dá acesso ao Acre, dará cinco vezes mais velocidade no crescimento econômico do nosso estado. Estou muito entusiasmado”.

Rayolando Costa de Oliveira, dono da Acreplast, postos de gasolina e cultivador de soja: “Um sonho que sonhamos a vida toda. Vai ser a liberdade do nosso Estado. Você cruzar o rio Madeira sem depender de uma balsa, é tudo. Antes a gente perdia o tempo todo. A gente que transporta combustível não pode andar a noite. Ali de dia a gente perde duas horas. O Acre só tem a ganhar. Nossas terras vão ter valor, nossa pecuária irá aumentar”.

Marcelo Moura, presidente da Acisa e do grupo Recol: “Do ponto de vista da economia não é muita coisa. Vai economizar pouco, mas o bom são as outras coisas agregadas. Além do mais essa ponte terá um valor moral imenso. Levantará a autoestima do nosso empresariado”.

Fernando Zamora, pecuarista: “Uma obra muito importante para o Acre. Agora sim estamos ligados com o pais pela malha viária, sem ter rio no meio. Aquelas crises que existiam quando o rio Madeira secava, acarretando prejuízo, vão acabar. E o importante é que a malha viária brasileira tá melhorando. O governo Bolsonaro tem dado manutenção. Então a malha boa e essa ponte inaugurada é só melhoria pro nosso Acre”.

Júnior Esperoto, diretor da Distribuidora Karina: “Acredito que cada pessoa envolvida na cadeia do abastecimento vai falar de forma diferente. Por exemplo: o carreteiro que muitas vezes passava horas parado, pagava caro pra poder atravessar, imagina a qualidade de vida desse cara, vai sofrer um grande impacto – para melhor, claro. Nos custos dos produtos vai impactar toda a cadeia. Apesar de muita gente só pensar no valor da balsa, também haverá outros impactos. O seguro da carga, por exemplo. O fato de existir uma balsa encarece os seguros e isso encarece os fretes. Então pra nós do ramo distribuidor a ponte representa mais velocidade”.

Jarbas Soster, presidente da Pedra Norte: “A ponte é um sonho acreano. Sua travessia por balsa representa um grande empecilho ao desenvolvimento econômico e social de toda a vasta área das divisas do Amazonas, Rondônia, Acre, bem como dos países vizinhos que dependem de melhores condições para que os produtos importados tenham menor tempo de viagem, atribuindo menores custos de transporte.

Em média, caminhões de gás e combustíveis perdem 6 horas para a travessia quando não há seca ou cheia. O Acre é muito prejudicado em razão das condições da estrada e do risco atribuído a travessia, sendo ambas as situações, calculadas nos custos dos transportadores. Quero deixar aqui nossos agradecimentos ao presidente Jair Bolsonaro, Ministro Tarcísio, DNIT e ao consórcio de empresas.

Parabéns ao governo Bolsonaro por manter os investimentos, mesmo nas adversidades e constantes ataques que tem sofrido”.

Tião Cameli, empresário dos ramos de supermercado e venda de combustível no Juruá: “Me emociono pra falar desse assunto, porque isso é algo muito esperado. A gente pensava que nunca ia ser realidade. Mas hoje a gente percebe que é uma realidade, que faltam pequenos detalhes. Pra nós, que somos empresários dependentes de transportes, que temos caminhões viajando, funcionários viajando e que tem essa questão de melhorar os valores para esse transporte, isso é um ganho muito importante – economia e agilidade. Pra nós, para toda a região do Acre, tem uma grande vantagem, não ter que esperar ali uma hora, hora e meia para poder fazer um passeio. Motivo de alegria. Um sonho realizado. É uma grande vantagem para a região em todos os aspectos, principalmente no financeiro. Agilização de logística, mais facilidade para os empresários e a população”.

Rubenir Guerra, dono da rede de lojas Barriga Verde: “Vai ser o maior feito para o nosso estado, as vantagens serão imensas a começar pelo tempo de viagem que em média para carro pequeno é de uma hora, para caminhões duas horas. Haverá diminuição de custo que, com certeza, vai diminuir o preço das mercadorias para o consumidor final”.

Everton Soares, herdeiro dos supermercados São Sebastião, em Epitaciolândia: “Será de suma importância para a vida empresarial acreana. Vai estreitar os laços entre Acre, Rondônia e demais. A logística vai ficar bem melhor. Vai gerar economia. Parabéns ao governo Bolsonaro, Ministro Tarcísio, porque isso já era pra ter acontecido em outros governos, mas não fizeram”.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ACRE

Servidores da Prefeitura estão irados com a burocracia de banco contratado para pagar salários

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Servidores da Prefeitura de Rio Branco (PMRB) procuraram, hoje (23), a redação do AcreNews para reclamar da burocracia no cadastramento ou na atualização de dados junto ao Banco do Brasil (BB). Como noticiado por nós, a PMRB fechou um contrato milionário com o banco que agora ficará responsável pelo pagamento dos funcionários do município, no entanto, a medida tem gerado muita reclamação e dor de cabeça nos trabalhadores.

Um servidor que pediu para não ser identificado, assim como os demais, disse que a mudança pegou todo mundo de surpresa, pois a direção da PMRB não falou com antecedência da troca de instituição bancária que fará o pagamento do salário do funcionalismo público.

“Foi tudo às pressas! Não falaram nada pra gente, nem comentaram com antecedência. Ficamos sabendo da mudança pela matéria, da reportagem, de vocês. Daí, a gerência não deu uma orientação, estipularam datas que estão em cima do dia do pagamento, correndo o risco de muita gente perder o salário por causa dessa burocracia. Isso tem tirado o sono de muita gente que tem medo de ir ao banco por causa da Covid-19 ou por falta de tempo”, disse.

Outra servidora ressaltou a preocupação quanto a uma hipótese de bloqueio de valores que podem ser usados pelo banco para pagar dívidas antigas ou parcelas de empréstimos. “Quem tem dívida com o Banco do Brasil, por exemplo, pode ficar sem o dinheiro no mês. Porque depositando na conta, o dinheiro é bloqueado automaticamente e vai ser descontado na certeza. Ou seja, vai passar necessidade!”, ressalta.

As reclamações não param. “Passei duas horas na agência para tentar fazer um simples desbloqueio do App, indicado por eles [Banco do Brasil] como forma de facilitar as coisas e não consegui! Para ter acesso ao aplicativo é preciso ter cartão. E quem não tem cartão? É obrigado a esperar. Enquanto isso, eles pedem que a gente compareça na agência. Vamos até elas, só que tudo cheia de gente, ninguém resolve os nossos problemas. É um desencontro de informação muito grande, péssimo atendimento. Tá uma bagunça!”, reclama outra servidora.

Segundo a PMRB, o Banco do Brasil é o responsável por fazer o processo de liberação do aplicativo e todo o cadastramento dos servidores no sistema de contas. O BB informou que vai abrir neste sábado (25) cinco agências para atender exclusivamente os funcionários. Os atendimentos servirão para complementação de dados dos que fazem aniversário entre janeiro e junho. Para os que fazem aniversário a partir de julho até dezembro, haverá atendimento nas agências na segunda-feira (27) a sexta-feira (01) das 14h às 16hs.

Continue lendo

ACRE

Em ação conjunta, PM, PC e Secretaria Municipal de Saúde visitam comunidade rural em Feijó

Publicado

em

Por

Ascom PMAC

As forças de segurança do Estado, representadas pela Polícia Militar e Polícia Civil, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde de Feijó, realizaram nesta quinta-feira, 23, uma atividade conjunta na Comunidade Paraíba, no Km 40 do Ramal Maravilha, em Feijó.

Na oportunidade as forças policiais desenvolveram ações de polícia comunitária, conversando, debatendo e interagindo com moradores da região, sobre temas relacionados a segurança pública. Os profissionais da Secretaria Municipal de Saúde, levaram atendimento básico, além de vacinação contra a COVID-19.

O 1° Tenente PM Mendonça, agradeceu a participação dos envolvidos na ação. “Agradeço a todos os envolvidos (Polícia Militar, Polícia Civil e Prefeitura de Feijó) pelo empenho em levar dignidade aos moradores e deixar claro que nós, Forças de Segurança, não estamos alheios aos problemas de nossa cidade e muito menos de nossa Zona Rural. Mais ações como essa virão e alcançaremos a todos, levando segurança para as pessoas de bem e combatendo com rigor a criminalidade”, finalizou.

Continue lendo

ACRE

Presidente da OAB reclama de ‘campanha sórdida’ na disputa pela Ordem, que acontecerá em novembro

Erick Venâncio recebeu hoje o advogado Luiz Saraiva, referência do Direito no Acre

Publicado

em

Por

A campanha para a eleição que escolherá o próximo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Acre, marcada para a segura quinzena de novembro, está pegando fogo. A diferença para as campanhas políticas só é melhor em relação ao palavreado, bem mais erudito. No mais, a composição é a mesma. O atual presidente, Erick Venâncio, oficialmente decidido a buscar a reeleição, alegando que, apesar dos muitos avanços, ainda tem muitos projetos para colocar em prática, fez denúncia grave em sua rede social sobre os concorrentes, a quem chamou de covardes, responsáveis por uma campanha sórdida.

VEJA O QUE ELE ESCREVEU

A covardia é o escudo daqueles que não tem coragem.

Temos sido vítimas de uma sórdida campanha que ao invés de discutir ideias, propósitos e intenções tem se restringido a atacar covardemente pessoas e até mesmo a nossa instituição.

Por meio de contas clandestinas, perfis falsos e outras ferramentas próprias a quem vive no submundo, na clandestinidade, os mensageiros da renovação ofendem até mesmo nossas famílias. Distorcem fatos e criam fake news a fim de ofender e macular a nossa honra. Tudo parece valer a pena.

Quem age dessa forma não merece o respeito da advocacia, pois não ostenta condições, seja de coragem, seja de honradez, para se pretender representante de ninguém, a não ser de si mesmo, do ódio e do desprezo pelo próximo que carrega consigo.

Não iremos enveredar por esse caminho.

Continuaremos a discutir e trabalhar pelo presente e pelo futuro da advocacia.

Agradecemos, eu e Nayara, pelas inúmeras manifestações de solidariedade.

Quem tem trabalho, não precisa de perfis falsos;

Quem tem história, não precisa da clandestinidade;

Quem foi forjado na luta, não se esconde na covardia;

Quem tem Deus no coração, não age com ódio, mas sim com amor.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia