Connect with us

ESPORTE

Anísio – Craque do interior que brilhou no futebol da capital

Publicado

em

Na Marca da Cal | Francisco Dandão

Nascido em Cruzeiro do Sul, no dia 2 de janeiro de 1956, o atacante Anísio Rodrigues da Rocha Filho foi um desses talentos precoces do futebol do interior do Acre. Canhoto e driblador, jogando tanto pela ponta-esquerda como no meio de campo, aos 13 anos ele já integrava o elenco principal do Náuas, da sua cidade natal, escalado pelo treinador/presidente Emiliano.

Foram necessárias somente quatro temporadas para que Anísio chamasse a atenção dos times da capital. Isso aconteceu quando o Vasco da Gama, de Rio Branco, fez uma excursão a Cruzeiro do Sul, no primeiro semestre de 1973. Anísio deu um verdadeiro show naquele dia e o jogo terminou empatado em 1 a 1, com o gol do Náuas sendo marcado por ele.

O jovem atacante foi tão bem sucedido que logo após o jogo ele foi procurado pelo técnico Roberto Araújo e pelo presidente Almada Brito com uma proposta para vestir a camisa do Almirante da Fazendinha. Era tudo o que Anísio queria: mostrar o seu belo futebol em outras paragens. Com o consentimento dos pais, o craque arrumou as malas e rumou para a capital.

Náuas – 1972. Em pé, da esquerda para a direita: Demica, Hélio Maia, Auciélio, Ozias, Cabeludo e Lau. Agachados: Anísio, Ivanir, Duarte, Manduca e Delvo. Foto/Acervo Eder Onofre.

“No jogo contra o Vasco, em Cruzeiro do Sul, eu acabei com um lateral chamado Carlos 40. Foi isso que me credenciou a ser convidado pelos dirigentes vascaínos para vestir a camisa do clube. Mas quando eu cheguei em Rio Branco, ainda fiz alguns jogos pela equipe juvenil. Não demorei, porém, a estrear no time de cima, num jogo contra o Andirá”, revelou Anísio.

Vasco da Gama – 1975. Em pé, da esquerda para a direita: Castro, Nelson, Ferreti, Carlinhos, Messias, Toinho e Jersey. Agachados: Júlio César, Gilson, Ademir Sena, Romanini, Zé Gilberto, Mundoca e Anísio. Foto/Acervo Raimundo Alves Sobrinho.

Melhores anos e outras camisas

Da esquerda para a direita: Anísio, Carlinhos Bonamigo e Otávio – Foto: Arquivo/Francisco Dandão

Com o passar dos anos, as ótimas exibições de Anísio fizeram o Vasco ficar pequeno para o futebol dele. E aí surgiu o interesse do Juventus, clube para o qual o craque se mudou em 1976, a convite do dirigente Elias Mansour Simão Filho, e onde teve a oportunidade de sagrar-se várias vezes campeão estadual, além de conquistar o título do Copão da Amazônia de 1981.

Juventus – 1976. Em pé, da esquerda para a direita: Mustafa, Mauro, Xepa, Emilson, Maurício e Antônio Maria. Agachados: Julião,, Carlinhos Bonamigo, Antônio da Loteca, Anísio e Pitola. Foto/Acervo Carlinhos Bonamigo.
Juventus – 1979. Em pé, da esquerda para a direita: Raimundo Nonato “Pepino” (radialista), Emilson, Neórico, Maurício, Mauro, Baiano e Normando. Agachados: Julião, Anísio, Paulinho, Carlinhos Bonamigo e Antônio da Loteca. Foto/Acervo Francisco Dandão.

“Jogar no Juventus foi a realização de um sonho. O Clube da Águia reunia os melhores craques do futebol acreano. Joguei ao lado de gente do porte do Julião, Carlinhos Bonamigo, Pitola, Mustafa, Mauro, Emílson… Estreei num jogo contra o Rio Branco. Mas também foi lá que eu sofri uma grande decepção, quando comecei a ser reserva, em 1982”, disse Anísio.

Atlético Acreano – 1982. Em pé, da esquerda para a direita: Zezito, Manoelzinho, Jaime, Gilmar, Chicão e Dóris. Agachados: Zé Gilberto, Socó, Carioca, Eduardo e Anísio. Foto/Acervo Manoelzinho.

Ao ver sua titularidade contestada no Juventus, Anísio entendeu que havia chegado a hora de procurar outros ares. Foi, então, que caiu nas suas mãos uma boa proposta do Atlético Acreano, no mesmo ano de 1982. O atacante se mudou para o terreiro do Galo por uma temporada. Quando chegou 1983, o dirigente Adalberto Aragão o levou para o Independência.

Independência – 1983. Em pé, da esquerda para a direita: Xepa, Lécio, Aníbal, Sidney, Marroco e Deca. Agachados: Beto, Carlinhos Bonamigo, Salvador, Ney e Anísio. Foto/Acervo Francisco Dandão.

Em 1986, Anísio voltou para o Atlético e vestiu a sua última camisa como jogador de futebol. Alguns meses após completar 30 anos, o ponteiro pendurou as chuteiras, embora ainda estivesse na plenitude da sua forma física. “Dois fatores contribuíram pra eu parar com a bola: o trabalho como servidor público e o nascimento da primeira filha”, explicou o personagem.

Carlinhos Bonamigo e Anísio em treino do Independência, em 1983. Foto/Acervo Francisco Dandão.
Atlético Acreano – 1986. Em pé, da esquerda para a direita: Carlinhos Magno, Pompeu, Jaime, Pintão, Ricardo e Xepa. Agachados: Amarildo Veras, Neném, ,Zito, Manoelzinho e Anísio. Foto/Acervo Francisco Dandão.

Nomes em destaque

Dos seus anos de bola, Anísio guarda com carinho na memória os nomes de muita gente. Para ele, o seu grande parceiro, tanto dentro quanto fora de campo, foi o meia Carlinhos Bonamigo. Quanto ao lateral que mais lhe causava transtorno, ele citou Paulo Roberto. “Ele era muito técnico e me marcava bem, a ponto de me deixar irritado, de vez em quando” contou.

No que diz respeito ao melhor técnico e dirigente, ele citou, respectivamente, Roberto Araújo e Almada Brito. “O Roberto Araújo via em mim um grande potencial e me deixava jogar à vontade. Eu tinha liberdade para tomar a iniciativa das jogadas. E o professor Almada Brito, pessoa íntegra e ética, era um verdadeiro pai para todos os atletas”, disse Anísio.

Seleção da FAD – 1976. Em pé, da esquerda para a direita: Zé Carlos, Cleiber, Tadeu Belém, Illimani, Russo e Pintão. Agachados: Eli, Zé Gilberto, Valdir Silva, Ronildo e Anísio. Foto/Acervo Francisco Dandão.

E sobre uma seleção dos anos de 1970/1980, Anísio escalou o seguinte time: Ilzomar (Rio Branco); Mauro (Juventus), Palheta (Independência), Neórico (Juventus) e Duda (Rio Branco); Vale (Rio Branco), Dadão (Juventus) e Carlinhos Bonamigo (Juventus); Julião (Juventus), Guedes (Atlético) e Anísio (Juventus). “Timaço, sem defeito”, afirmou o ex-craque.

Para fechar a matéria, Anísio não se eximiu de dizer a fórmula para o futebol acreano evoluir no cenário nacional. Segundo ele, duas coisas são necessárias: o patrocínio de empresas privadas e o investimento nas categorias de base. “Eu sei que tudo isso é muito difícil numa economia como a do Acre. Mas eu acho que o caminho é mesmo por aí”, finalizou.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ESPORTE

Baixada da Sobral ganha aula de futsal e vôlei da prefeitura de Rio Branco

Publicado

em

Por

Dircom

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Esporte e Lazer Garibaldi Brasil (FGB) e Centro de Iniciação ao Esporte (CIE), ofertam, de forma gratuita, aulas de Futsal e Vôlei para crianças na faixa etária de 8 a 16 anos da comunidade da baixada da sobral.

O diretor de Esporte e Lazer da FGB, Edson Maria, afirma que o espaço do Centro de Iniciação ao Esporte propicia o desenvolvimento dessas atividades e destacou os aspectos trabalhados pela escolinha. “Criamos essas escolinhas, com crianças na faixa de 7 a 16 anos, e procuramos primeiro trabalhar a personalidade, a sociabilização, para então encontrar um talento e trabalhar os fundamentos do esporte”, enfatiza o diretor.

Um dos participantes do projeto, o coordenador de esporte Gladson Roque, destaca que o projeto é fruto do pedido da vice-prefeita Marfisa Galvão, e fala dos planos futuros. “Agora já estamos no segundo mês de sua realização, com 5 profissionais envolvidos, e pretendemos também fazer torneios da modalidade, abrir novas turmas de idades mais avançadas, para sempre desenvolver a modalidade em Rio Branco” conclui Gladson.

Estagiário de Educação Física na FGB, Lucas Oliveira, fala dos benefícios do projeto na comunidade. “É muito importante desenvolver a base na baixada da sobral com essas crianças, poder trabalhar os fundamentos básicos, além de incentivar o esporte, alegrar e levar o lazer para toda a comunidade”, destaca Lucas.

Ainda há vagas na turma de Futsal na faixa etária de 13 a 15 anos, em horário e data ainda a serem definidos, e na turma de Vôlei de 10 a 16 anos, sempre terças e quintas-feiras, das 14h às 16h. Os interessados podem comparecer ao CIE Bonsucesso, localizado no bairro Aeroporto Velho, CEP: 69914-220 (ao lado do Ginásio Coberto), e efetuar a inscrição.

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES CIE BONSUCESSO

FUTSAL
DIAS DA SEMANAHORÁRIOQUANT. DE ALUNOS
Segunda-feira14h às 15:30hTurma fechada
Quarta-feira14h às 15:30hTurma fechada

Local: Centro de Iniciação ao Esporte – CIE Bonsucesso

Endereço: Aeroporto Velho, CEP: 69914-220 (ao lado do Ginásio Coberto)

Faixa Etária: 8 a 12 anos

Ainda a abrir: 13 a 15 anos (vagas abertas)

VÔLEI
DIAS DA SEMANAHORÁRIOQUANT. DE ALUNOS
Terça-feira14h às 16hVagas abertas
Quinta-feira14h às 16hVagas abertas

Local: Centro de Iniciação ao Esporte – CIE Bonsucesso

Endereço: Aeroporto Velho, CEP: 69914-220 (ao lado do Ginásio Coberto)

Faixa Etária: 10 a 16 anos

Continue lendo

ESPORTE

Jader de Andrade refuta convite para o cargo de treinador do Independência

Publicado

em

Por

Na Marca da Cal / Foto: Manoel Façanha

O Independência busca um treinador para a temporada 2022. O preparador físico Jader de Andrade era um dos possíveis nomes para o cargo, mas o profissional comentou que não tem interesse na função. Segundo ele, o fato de assinar contrato e ter registro no Boletim Informativo Dário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) estão entre os empecilhos, isso justificado pelo fato de ser professor universitário (Ufac/AC). Andrade também alegou que não tem nenhuma pretensão de seguir a carreira de treinador, mas que pretende aceitar o convite para ser o preparador físico do tricolor do Marinho Monte.

A primeira opção da diretoria do Independência seria a contratação do técnico Edson Maria (Som), mas o profissional alegou que não teria tempo disponível para conciliar o seu trabalho na coordenação de desporto da prefeitura de Rio Branco com as atividades do clube tricolor.

Por outro lado, o desportista Edson Maria garantiu durante entrevista ao programa esportivo da Rádio Difusora Acreana que irá fazer parte do grupo que ajudará o departamento de futebol do Independência durante a disputa do estadual. “Neste momento não posso assumir o comando técnico do Independência, mas irei ajudar de uma forma ou outra o clube”, pontuou o profissional.

Com isso, o Independência neste seu retorno à elite do futebol local segue na busca de um nome para comandar o clube à beira do gramado.

Estreia

O Tricolor de Aço, que volta a disputar um Campeonato Acreano de Profissionais, tem estreia programada na competição para o dia 12 de fevereiro, às 17h, no estádio Florestão, contra o Tourão do Humaitá, vice-campeão da temporada 2021.

Continue lendo

ESPORTE

“Véi da Havan” pode vir ao Acre dar o pontapé inicial de jogo solidário das estrelas dias 19 e 20, em Xapuri e Capixaba

Publicado

em

Por

O empresário Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, recebeu o convite agora há pouco para vir ao Acre dias 19 e 20, dar o pontapé inicial dos jogos das estrelas, nos municípios de Xapuri e Capixaba. “E ficou balançado”, garante o modelo Marcelo Bimbi, um dos organizadores desse evento que foi pessoalmente a Santa Catarina fazer o convite ao “Véi da Havan”.

O futebol solidário, projeto do empresário Marcos Diniz e do Marcelo Bimbi, reúne ex-jogadores de futebol e famosos da televisão, circula o Brasil inteiro. O ingresso nos estádios é sempre alimentos não perecíveis para serem doados a instruções de caridade. Em 2021 foram realizados quatro jogos no Acre, todos com muito sucesso de público.

Nos jogos dos próximos dias 19 e 20, quarta e quinta-feira, em Xapuri e Capixaba, respectivamente, está confirmada, também, a vinda do filho 04 do presidente Bolsonaro, o Renan. As prefeituras de ambos os municípios preparam seus estádios para receber as estrelas.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia