Connect with us

POLÍTICA

Depois de uma semana de agenda intensa, governador para um instante e reage a ataques

Publicado

em

Por Evandro Cordeiro/Foto: Diego Gurgel/Secom

O governador Gladson Cameli (Progressista) cumpriu essa semana uma agenda das mais intensas desse ano. Participou de eventos no Corpo de Bombeiros, na Polícia Militar, onde promoveu oficiais, foi à ponte sobre o rio Madeira, levou o cartão do bem ao interior, se reuniu com parte da bancada federal e neste sábado pela manhã conduz uma agenda com o secretário de Saúde, Alysson Bestene. É dia de ele, pessoalmente, verificar os hospitais, para se certificar do combate à pandemia. “Ele gosta de ver tudo pessoalmente”, disse ao Acrenews o secretário Alysson.

Foto: Diego Gurgel/Secom

Enquanto não parou essa semana, envolvido com agendas de gestão, seus adversários caminharam estado a fora, folgados, sem ter outra coisa a fazer, anunciando suas candidaturas e falando contra a sua administração. Na Assembleia Legislativa um pequeno grupo de opositores também se levanta tentando criar uma CPI fora de tempo cujo objetivo não é outro, senão atrapalhar o governo, segundo disseram alguns parlamentares.

O governador Cameli, que admite cometer muitos erros, nem gosta de responder aos insultos. Ele tem separado maior parte do tempo para administrar um Estado com muitos problemas, sobretudo pela forma como foi deixado pelos antecessores e ainda pela desagradável surpresa de uma pandemia mundial.

Foto: Pedro Devani/Secom

Pelo telefone, agora há pouco, disse que, além da agenda com Alysson, está cuidando da inauguração da ponte sobre o Madeira, marcada para o dia 7 de maio, com a vinda do presidente Bolsonaro, e de olho nas emendas de relator do senador Márcio Bittar (MDB), dinheiro que precisa ser aproveitado em favor do Acre. O próprio Cameli conduz a equipe de planejamento, para que os projetos sejam feitos em tempo recorde.

Com tanto serviço, o governador alega não ter tempo de reparar os passos daqueles que invejam sua cadeira e que passam o tempo falando mal de seu trabalho. Ele disse que tem até um pouco de vergonha de falar em política enquanto na última quinta-feira, 29, o Acre bateu o macabro recorde de morte por Covid. Foram 19 acreanos que perderam a vida naquele dia. “Sinceramente, não me sinto à vontade para falar em eleição. As pessoas não vão perdoar quem, nesse momento, está preocupado com o poder, com a sucessão, que ainda será ano que vem”, diz o governador.

Comendo uma torrada de pão e bebendo água, enquanto falava ao telefone com o Acrenews, o governador disse que cada político se apresenta como quer, como tem feito seus adversários. E conclui: “Todos eles querem minha cadeira, todo mundo falando em disputar o governo, mas não aparece um para ajudar no combate à pandemia. Esse povo não entendeu que tem um monte de gente morrendo ainda, meu Deus do céu”.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ELEIÇÕES

“Sou um soldado dessa eleição”, diz Bittar depois de agenda no Alto Acre com Gladson Cameli

Publicado

em

Por

Evandro Cordeiro

O senador Márcio Bittar (UB) fechou a sexta-feira feliz da vida, segundo disse ao AcreNews, após agenda de dois dias no Alto Acre na companhia do governador Gladson Cameli (PP). “Sou um soldado em ponto de bala nessa campanha”, diz um Bittar cheio de esperança na reeleição de Cameli e disposto a caminhar pelos quatro cantos do Estado até os últimos instantes da campanha.

Márcio Bittar fecha a semana com a aliança selada com o governador Gladson Cameli a contragosto dos opositores. MDB, PSD e a esquerda sabem que, juntos, os dois formam a aliança poderosa da campanha, embora Bittar advirta que eleição não se ganha antecipadamente. “Não tem nada ganho, mas não tem como esconder que nossa aliança é forte”, diz o Senador.

Márcio Bittar tem um dos currículos mais ricos dentre todos os senadores do Acre. Sua aproximação com o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi benéfica para o Acre em todos os sentidos. Por exemplo: somadas todas as emendas dele, inclusive as de relator, foram parar nos cofres dos municípios alguma coisa perto de R$ 1 bilhão. Tem prefeito que vai terminar o mandato e não vai conseguir concluir obras feitos das emendas de Bittar. Isso desde os aliados até prefeitos de siglas da esquerda. Todos levaram gordas quantias.

Bittar foi convidado, naturalmente, a coordenar a campanha de Gladson Cameli, responsabilidade da qual não se safara, mas prega a modéstia nesse momento. “Sou candidato a soldado da campanha”, afirma Márcio, cujos partidos que controla tem candidatos tão competitivos que o cientista político mais inadvertido admite: vão eleger maioria da bancada federal e estadual.

Continue lendo

POLÍTICA

Acompanhado de Márcio Bittar e Mailza, Bocalom lança pedra fundamental de viaduto da AABB

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Rio Branco lançou nesta sexta-feira, 1, a pedra fundamental da construção de um viaduto na Avenida Ceará com a estrada Dias Martins, medindo 271 metros. A previsão de início da obra é para daqui seis meses. A ideia é desafogar o trânsito de uma das maiores vias da capital acreana.

Nos horários de pico o engarrafamento na via prejudica demasiadamente a mobilidade urbana (Foto: Evandro Derze/Assecom)

O local é caminho para as principais universidades da cidade, mercados atacadistas, Fundação Hospitalar e diversos bairros da capital, por isso, nos horários de pico o engarrafamento na via prejudica demasiadamente a mobilidade urbana. Vale ressaltar ainda que a obra irá mudar, também, a estética da cidade. Tornando-a ainda mais bonita.

Márcio Bittar: “O prefeito me pediu essa emenda, eu achei o projeto maravilhoso, a ideia fantástica” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

O prefeito Tião Bocalom falou sobre a importância da obra para a cidade de Rio Branco, pois, segundo ele, se trata do primeiro viaduto da cidade e é em sua gestão que será feito. “Eu estou muito feliz, pois esse viaduto é fundamental para quem mora na região. Quando eu entrei na prefeitura falei: “vou arrumar recurso para isso”. Foi quando eu procurei os senadores e falei com o Márcio Bittar e ele falou: “Bocalom, eu arrumo” e arrumou. É uma obra que vai marcar a nossa gestão”, enalteceu o prefeito.

A obra está orçada em R$ 25 milhões e 51 mil, dos quais R$ 25 milhões de emenda do senador Márcio Bittar e R$ 51 mil de contrapartida da Prefeitura de Rio Branco.

O senador Márcio Bittar comentou sobre a alegria de poder ser o autor da emenda do primeiro viaduto do Acre. “Não há nada que possa alegrar mais um parlamentar do que ver o resultado do seu trabalho. O prefeito me pediu essa emenda, eu achei o projeto maravilhoso, a ideia fantástica”, explicou.

Prefeito Tião Bocalom, senadora Mailza Gomes e senador Márcio Bittar mostram a satisfação em lançar projetos que darão melhor qualidade de vida à população (Foto: Evandro Derze/Assecom)

O secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Seinfra) Cid Ferreira, frisou a importância da obra. “Com toda certeza vai trazer uma melhor trafegabilidade. Essa obra é importantíssima para a nossa cidade, juntamente a outras que a prefeitura muito em breve irá lançar”.

Estiveram presentes no lançamento da pedra fundamental, a senadora Mailza Gomes, os vereadores Antônio Moraes, Ismael Machado e Raimundo Castro, os secretários municipais Valtim José (Casa Civil), Joabe Lira (Cuidados com a Cidade), Sheila Andrade (Saúde), Eracides Caetano (Agropecuária), o assessor especial de Articulação Institucional, Hélder Paiva, o chefe do Gabinete Militar Municipal, Cel Ezequiel Bino, entre outras autoridades.

Continue lendo

ELEIÇÕES

Marcus Alexandre diz que ainda vai se atualizar sobre essa história de disputar o Governo

Publicado

em

Por

Evandro Cordeiro

O ex-prefeito de Rio Branco, Marcus Alexandre, do PT, demonstrou estar por fora dessa história de que disputará o Governo. Ao menos a reportagem do AcreNews ele ignorou o assunto. “Ainda vou em atualizar. Estava na Baixada fazendo visitas”, disse.

Ex-prefeito da capital, cargo do qual pediu afastamento antes das eleições 2018 para disputar o Governo, Marcus Alexandre é, na imaginação dos ‘comentaristas’ políticos das redes sociais o mais cotado dentre os concorrentes a Assembleia Legislativa para estar entre os mais votados. Com o partido dele dependendo do ex-senador Jorge Viana se decidir, se disputa isso ou aquilo, nas últimas horas Marcus entrou na lista dos possíveis candidatos a governador. Ele repetiria a dobradinha derrotada de 2018 com JV. Pelo menos ao AcreNews ele não deu a menor credibilidade ao assunto.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas