Connect with us

SAÚDE

Farmácia na nefrologia melhora fluxo de distribuição de medicamentos para pacientes em tratamento de hemodiálise

Publicado

em

Agência AC / Foto: Danna Anute

A assistência farmacêutica da Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), em Rio Branco, destaca que a tendência de demanda por medicamentos é crescente, logo, fez a implementação da estrutura física do setor de farmácia na nefrologia. A ação é um passo importante para otimizar o fluxo da distribuição dos medicamentos aos pacientes renais crônicos que realizam o tratamento de hemodiálise.

Distribuição de medicamento sendo realizada na farmácia da nefrologia da Fundhacre. Foto: Danna Anute

“Em gestões anteriores, os pacientes precisavam se direcionar ao Centro de Referência para o Programa de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (Creme) para receberem os remédios, a fim de realizar as sessões diárias de hemodiálise para continuarem o tratamento”, disse a gerente da nefrologia, Wanderleia Barbosa.

Os coquetéis medicamentosos distribuídos aos pacientes renais crônicos são essenciais para a eficácia do tratamento e melhora clínica. Atualmente, o acondicionamento das medicações dos nefropatas está ocorrendo regularmente no setor de farmácia da nefrologia da Fundhacre.

Em pacientes com insuficiência renal crônica é feito a suplementação de ferro após a realização da hemodiálise. Foto: Danna Anute

“A implementação do espaço físico na farmácia da nefrologia pretende garantir uma melhora no fluxo de tratamento dos pacientes que realizam hemodiálise. Paralelamente, há um resultado benéfico na dinâmica de atendimentos e prestação de assistência e serviços no setor de nefrologia”, relatou Christiane Lopes, enfermeira técnica do setor de nefrologia da Fundhacre.

Distribuição de medicamentos. Foto: Danna Anute

A respeito dos remédios habilitados e distribuídos aos pacientes renais crônicos, em sua maioria são de responsabilidade do Ministério da Saúde que abastece e entrega às Secretarias de Saúde dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Essa dinâmica é realizada por meio do Departamento de Atenção Especializada e Temática, da Secretaria de Atenção à Saúde (CGAE/DAET/SAS).

“Pacientes renais crônicos precisam de doses diárias de vida, isso quer dizer, fazer hemodiálise para dar seguimento ao tratamento e melhora clínica. Assim, a implementação da farmácia possibilitou uma celeridade na entrega de medicamentos após a finalização do processo de filtragem e depuração sanguínea que ocorre via tratamento por hemodiálise”, disse João Paulo Silva, presidente da Fundação Hospital Estadual do Acre.

Aplicação de suplementação após hemodiálise. Foto: Danna Anute.

Destaca-se que a requisição e entrega dos medicamentos aos órgãos competentes para à população é feita de acordo com critérios técnicos do Ministério da Saúde em integração com o Sistema Único de Saúde (SUS), que dispõe de recursos para distribuir os remédios ao Creme e a Secretaria de Estado de Saúde do Acre [Sesacre] para que seja concluído o ciclo especifico de tratamento paliativo e abordagens terapêuticas.

“O fluxo de entrega de medicamento é realizado diariamente pelo setor da farmácia, todas as etapas seguem os critérios específicos para a correta execução do serviço na unidade. A assistência farmacêutica faz a conferência e avaliação de acordo com os exames e as prescrições médica. A farmácia está situada ao lado da sala branca e tem uma média de 158 pacientes atendidos pelo setor”, relatou Marcos Felipe Nascimento, farmacêutico na nefrologia.

Atualmente, no setor de nefrologia da Fundhacre há 143 pacientes renais crônicos cadastrados e realizando o tratamento de hemodiálise. O setor tem procurando acolher os pacientes conforme a necessidade individual de cada um. Além disso, a instituição tem procurado melhorias e qualificação, entre os quais, voltados para emendas parlamentares aprovadas em 2020 que visam a aquisição de equipamentos no serviço de nefrologia e a ampliação na unidade, ainda para esse semestre.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SAÚDE

Servidores de férias da prefeitura de Rio Branco são convocados para lutar contra a Covid-19 e Influenza

Publicado

em

Por

A Prefeitura Municipal de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), esclarece à população que, preocupada com o aumento de casos de Covid-19 e Síndrome Gripal, decidiu convocar todos os servidores da Saúde que estão de férias ou outra licença, a não ser os que estejam doentes ou de licença maternidade.

Tal decisão se dá por causa da necessidade de cuidar de vidas. A grande procura pelas Unidades Básicas de Saúde por parte da população com sintomas dessas duas doenças, nos deixa com um sentimento de guerra em defesa de nosso povo e, para isso, precisamos do maior número de soldados possíveis.

Para esta convocação estamos amparados pela lei 1.794/09 que dispõe sobre o estatuto do servidor público e o princípio da Autotutela administrativa, onde a gestão pode rever seus próprios atos. Por isso, achamos por bem, devido ao aumento brusco dos casos confirmados de doenças infecciosas virais, convocar nosso pessoal apto a agir nessas situações.

Por fim, enfatizamos que toda a atuação pública municipal quando em ocasiões excepcionais, busca sempre a manutenção da saúde pública, o bem-estar comum e o prevalecimento da dignidade da pessoa humana em prol da consciencialização de que nosso maior interesse é o de salvar vidas.

Sheila Andrade Vieira
Secretária Municipal de Saúde

Continue lendo

SAÚDE

Com explosão dos números de Covid-19, INTO inicia esse sábado com grande fluxo de pacientes

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga \ Foto: Wanglézio Braga.

Com a explosão dos números de Covid-19 no Acre, o principal hospital de campanha do estado iniciou esse sábado (15) recebendo grande quantidade de pessoas para consultas e para realizar exames.

Por volta das 7 horas da manhã, mais de 50 pessoas aguardavam por atendimento. Às 8h30, esse número praticamente dobrou.

Com fluxo grande, a demora é inevitável. “Estou aqui desde às 6 horas e só passei pela triagem. Estão demorando muito em chamar para consulta e também para fazer o exame. Acredito que deveriam reforçar o efetivo de atendentes, médicos, para cuidar do pessoal que busca o INTO. Se tá aumentando o número de casos, deveriam pensar em aumentar o número de profissionais”, reclamou Maria Helena Souza.

De acordo com uma das atendentes da unidade, por conta da grande procura por exames e consultas médicas e a diminuição do efetivo de servidores, o atendimento pode demorar mais do que o normal. Por isso, os profissionais do INTO pedem a colaboração da população e também paciência.

Continue lendo

SAÚDE

Covid-19 e síndromes gripais: prefeitura de Rio Branco solicita apoio ao governo para reforçar atendimento à população

Publicado

em

Por

Agência AC

Desde os primeiros dias de 2022, os casos positivos de covid-19 voltaram a registrar aumento no Acre. Para agravar a situação, o estado enfrenta surto de síndromes gripais e Rio Branco está em alerta com a possibilidade de uma epidemia de dengue. Por conta do atual cenário de lotação nas unidades hospitalares, governo e prefeitura estão sob decreto de situação de emergência na saúde pública.

Representantes do governo do Estado e Prefeitura de Rio Branco estiveram reunidos nesta sexta-feira, 14, para traçar estratégias de reforço no atendimento à população que procura unidades de saúde com suspeita de covid-19 e síndromes gripais. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Nesta sexta-feira, 14, a governadora em exercício, Waldirene Cordeiro, se reuniu com o prefeito da capital, Tião Bocalom, no Palácio Rio Branco, para tomar conhecimento da estrutura, bem como da situação vivenciada nas unidades que oferecerem atendimento aos pacientes com sintomas de covid-19 e síndromes gripais.

À gestora, Bocalom e sua equipe confirmaram sobrecarga na rede municipal e preocupação com o atual estoque de insumos para fazer a testagem da doença. O prefeito anunciou a ampliação no horário de funcionamento da Unidade de Referência à Atenção Primária (Urap) Cláudia Vitorino, no bairro Taquari, como medida de reforço no atendimento à população e aproveitou a oportunidade para solicitar o apoio do Estado.

Prefeito Tião Bocalom confirmou sobrecarga na rede municipal de Saúde e aproveitou a oportunidade para solicitar o apoio do governo estadual. Foto: Marcos Vicentti/Secom

“Pedimos ao governo que nos auxilie com o atendimento inicial nas Upas e no Pronto-Socorro para que as pessoas que procuram esses locais, assim como temos feito em nossas Uraps, possam fazer o teste rápido e receber a medicação. O Estado tem sido parceiro da prefeitura no combate à pandemia e acreditamos muito que teremos um bom resultado após esse encontro”, declarou.

Waldirene Cordeiro classificou como urgentes os pedidos apresentados pela prefeitura. Defensora da união entre as instituições para que a pandemia e as demais síndromes gripais sejam superadas, a governadora em exercício lembrou que o governo não vem medindo esforços para oferecer atendimento de qualidade à população e que, mais uma vez, se colocará à disposição para prestar o auxílio necessário ao município.

“O Estado vai se colocar como parceiro de toda a municipalidade e não seria diferente com Rio Branco. Os nossos inimigos em comum devem ser os vírus da covid-19 e da influenza. As estratégias do governo e da prefeitura confluem para o mesmo objetivo. Tenho certeza que o governador Gladson Cameli dará seguimento a esta parceria e ao apoio que está sendo solicitado”, afirmou.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia