Connect with us

POLÍTICA

Gladson Cameli se encontra com vice-presidente Hamilton Mourão em Rondônia nesta terça-feira, 14

Publicado

em

Agência AC

Os estados do Acre, Amazonas e Rondônia selaram um acordo histórico em prol do desenvolvimento socioeconômico sustentável da Amazônia Ocidental. No palco do Teatro Guaporé, em Porto Velho (RO), os governadores Gladson Cameli e Marcos Rocha, juntamente com o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, oficializaram a criação da Zona de Desenvolvimento Sustentável Abunã-Madeira, nesta terça-feira, 14.

Evento contou com a presença do vice-presidente da República, Hamilton Mourão Foto: Neto Lucena/Secom

A assinatura de uma carta de intenções também marcou o evento, que contou com o secretário de Produção Rural do Amazonas, Petrúcio Magalhães, a superintendente da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), Louise Caroline Low, e o superintendente da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Algacir Polsin, como membros integrantes do dispositivo de honra.

Com tamanho territorial de 454,2 mil quilômetros quadrados (área 1,5 vez maior que a Alemanha) e população estimada em 1,8 milhão de habitantes, o projeto abrange 32 municípios do leste acreano, sul amazonense e noroeste rondoniense.

Anteriormente denominada como Amacro (junção das siglas dos três estados), o grande desafio da ZDS Abunã-Madeira será a conciliação do equilíbrio ambiental e geração de riquezas em uma das regiões onde a floresta nativa está sob constante pressão. Entre os principais objetivos da iniciativa estão o fortalecimento da chamada bioeconomia, por meio das cadeias produtivas, assim como criar alternativas nas áreas do turismo, agronegócio e indústria. Um esforço conjunto para melhorar a infraestrutura e regularização fundiária da região envolvido foi pactuado pelos governos estaduais.

Além do envolvimento direto de órgãos governamentais dos três estados, a formatação do projeto contou ainda com a colaboração da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Sudam e Suframa.

Gladson Cameli defende união entre os estados do Norte

O governador Gladson Cameli utilizou seu pronunciamento para enaltecer a criação da zona de desenvolvimento sustentável e aproveitou a oportunidade para evocar a mensagem de unidade entre os estados nortistas. Para o gestor acreano, a soma de esforços e a cooperação interinstitucional são fundamentais para transformar a atual realidade da população.

Governador Gladson Cameli é um grande entusiasta da iniciativa. Para o gestor acreano, a unidade entre os estados do Norte é fundamental para o verdadeiro desenvolvimento da região Foto: Neto Lucena/Secom

“Pela primeira vez, estou presenciando a criação de um projeto tão importante como esse para o desenvolvimento dos nossos estados. Temos sim que preservar as nossas florestas e é isso que estamos fazendo no Acre, mas precisamos criar condições para melhorar a vida das pessoas, que merecem ter mais oportunidades para crescer e prosperar. Esse processo pode ser facilitado quando entendermos que não somos concorrentes, mas parceiros uns dos outros. O Norte será ainda mais forte se nos unirmos em torno do desenvolvimento da nossa região”, pontuou Gladson.

Hamilton Mourão se mostrou otimista com a criação da ZDS Abunã-Madeira e elogiou a postura adotada pelo governador Gladson Cameli em seu discurso. Além de vice-presidente da República, ele preside o Conselho Nacional da Amazônia Legal e mostrou favorável a expansão de novas zonas de desenvolvimento sustentável a outras áreas da região.

Vice-presidente da República, Hamilton Mourão mostrou-se favorável a criação da ZDS Abunã-Madeira e da expansão do projeto para outras áreas da Amazônia Foto: Neto Lucena/Secom

“O mundo do século 21 adotou a sustentabilidade como palavra de ordem. Conciliar sustentabilidade e desenvolvimento da Amazônia tem sido um grande desafio do Brasil. Este é o ponto de partida para que possamos avançar ao Alto Solimões, Transamazônica, Marajó e outras regiões da Amazônia, potencializando as vocações produtivas econômicas locais, bem como os recursos humanos”, afirmou.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, mostrou grande disposição em prol do sucesso e consolidação do projeto. “Estaremos empenhados para realizar todas as ações necessárias para que a ZDS dê certo”, enfatizou.

Governador de Rondônia, Marcos Rocha, garantiu seu empenho em prol do sucesso do projeto Foto: Neto Lucena/Secom

Representando o governador Wilson Lima, o secretário Petrúcio Magalhães lembrou que 97% da cobertura vegetal do Amazonas está preservada. Segundo o gestor, é preciso criar mecanismos para melhorar os índices de desenvolvimento da população.

“A expectativa é que este projeto possa garantir nossa floresta em pé, mas também melhorar a vida do nosso homem da floresta. Mais de 50% dos amazonense vivem na linha da pobreza e não podemos condenar essas pessoas, sumariamente, pela dura falta de oportunidades. Algo precisa ser feito para mudar essa realidade”, expôs.

Louise Low é a atual gestora da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam) Foto: Neto Lucena/Secom

A gestora da Sudam falou sobre o pioneirismo da iniciativa na Amazônia e, principalmente, do interesse em comum entre os estados envolvidos. “De forma muito cooperativa, conseguimos compreender os principais problemas socioeconômicos da região. Com essas dificuldades identificadas, vamos conseguir buscar alternativas que resultem na qualidade de vida da população”, explicou Louise Low.

Já o titular da Suframa, Algacir Polsin, falou do potencial da ZDS Abunã-Madeira e do empenho da instituição, a partir de agora, a favor crescimento do projeto. “Um projeto integrado e importante como este é um chamariz de investimentos. A Suframa tem como incentivar os atores a colocar recursos nessa zona de desenvolvimento”, garantiu.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍTICA

Acre se destaca no desenvolvimento educacional prisional

Publicado

em

Por

Mesmo em meio à pandemia, o Acre avançou no desenvolvimento educacional prisional.  De acordo com dados do Sistema de Informações do Departamento Penitenciário Nacional (Sisdepen), órgão ligado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, o Estado ficou em nono lugar na classificação, com o aumento de 43,69% em 2021, comparado com o ano anterior. As atividades avaliadas vão desde a participação em exames nacionais a atividades culturais, esportivas, em saúde, educação e leitura.

O presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen/AC), Arlenilson Cunha, reforça que os números mostram o comprometimento e o envolvimento de todas as instituições do governo com a ressocialização e a reintegração social.

“Figurar entre os dez primeiros estados da federação em aumento de atividades educacionais é fruto de um trabalho que vem sendo desenvolvido pelo governo, por meio da equipe da Divisão de Educação Prisional, em parceria com a Secretaria de Educação”, explica.

Em 2020, foram inscritos 365 apenados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o que já foi um recorde. Em 2021, o número foi superado, com 470 inscritos.

“Conseguimos aumentar a oferta de vagas em educação formal escolar de 190 para cerca de 250 em Rio Branco. Tivemos aumento da participação dos apenados no projeto de leitura e nos exames nacionais”, explica Margarete da Frota, chefe da Divisão  de Educação Prisional do Iapen.

Sisdepen

Sisdepen é a plataforma de estatísticas do sistema penitenciário brasileiro que sintetiza as informações sobre os estabelecimentos penais e a população carcerária.

Continue lendo

POLÍTICA

Encontro presidencial entre Brasil e Peru irá celebrar acordo para exportação de carne

Publicado

em

Por

O governador do Acre, Gladson Cameli, anunciou nesta semana a realização de um encontro presidencial entre Brasil e Peru, que será realizado em Porto Velho (RO), no dia 3 de fevereiro, quinta-feira, com a presença do chefe do Executivo brasileiro, Jair Bolsonaro, e o presidente do Peru, Pedro Castillo. Na ocasião será assinado um acordo bilateral para exportação de carnes.

De acordo com informações da resolução legislativa peruana, a finalidade do encontro é fortalecer e ampliar a agenda bilateral em temas de interesse comum.

O governador lembrou que as conquistas do futuro acordo refletem todo o trabalho de planejamento que teve início com a luta pela Ponte do Rio Madeira e a execução do anel viário de Brasileia e Epitaciolândia, entre outros investimentos em infraestrutura que têm sido realizados, apesar do enfrentamento à pandemia que assolou o mundo.

“Para garantir o desenvolvimento do estado, apoiamos o agronegócio e o comércio com os países fronteiriços. Esse acordo será muito importante para a exportação da carne brasileira, abrindo novos mercados e facilitando a nossa produção e exportação, gerando emprego e renda para nossa população”, destacou Cameli.

Continue lendo

POLÍTICA

Governo do Estado leva mais de R$ 3,7 milhões em investimentos para Brasileia, Capixaba e Xapuri

Publicado

em

Por

A pedido do governador Gladson Cameli, o secretário de Infraestrutura, Cirleudo Alencar, cumpriu extensa agenda nesta quarta-feira, 26, em Brasileia, Capixaba e Xapuri. Os municípios serão contemplados com o repasse de massa asfáltica para a pavimentação de ruas e serviços de tapa-buracos, além da reforma e inauguração de prédios públicos. Provenientes de recursos próprios do Estado, os investimentos somam mais de R$ 3,7 milhões.

Para a maior cidade do Alto Acre, o governo cederá, por meio de convênio, 700 toneladas de massa asfáltica e garantiu ainda a pavimentação de 1,5 mil metros de vias urbanas. O anúncio foi feito diretamente à prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem. De acordo com o titular da Seinfra, os trabalhos devem ser iniciados já nos próximos dias.

Em Brasileia, governo do Estado anunciou convênio com a prefeitura para o repasse de 700 toneladas de massa asfáltica e pavimentação de 1.500 metros de ruas. Foto: Jean Lopes/Seinfra

“As empresas estão contratadas e solicitei prioridade para que o serviço comece na próxima semana. Mesmo no inverno, o governo tem trabalhado com responsabilidade em todo o estado. O governador Gladson Cameli tem realizado parcerias com as 22 prefeituras acreanas, ouvindo as principais demandas de cada cidade e ajudando a resolver os problemas”, declarou Alencar.

Fernanda Hassem agradeceu o apoio prestado pelo governo acreano e afirmou que várias comunidades de Brasileia serão beneficiadas. “Vamos poder asfaltar ruas dos bairros Alberto Castro, Leonardo Barbosa, Samaúma I e Três Botequins. Somos movidos pelo trabalho de atender a expectativa popular e fico muito feliz quando vejo o governo do Estado conhecendo a nossa realidade e se propondo a ajudar”, afirmou.

Rua onde mora Josimar Soares está entre as contempladas com pavimentação em asfalto. Foto: Jean Lopes/Seinfra

O aposentado Josimar Soares comemorou ao saber que a rua onde vive há uma década está entre as contempladas com pavimentação. A chegada do asfalto era bastante aguarda pela comunidade, que enfrenta os transtornos causados pela falta de infraestrutura. “Recebemos essa notícia com muita satisfação e alegria por a gente estar saindo da pior para melhor”, revelou.

Reformas, mais asfalto para Capixaba e inauguração da unidade da Defensoria Pública em Xapuri

Em Capixaba, também foram assegurados insumos necessários para o asfaltamento 1,5 mil metros de ruas e a confirmação das reformas do ginásio poliesportivo, terminal rodoviário e centro cultural. Somente com essas ações, o governo do Acre investirá R$ 1,5 milhão na cidade.

Para Capixaba, governo assegurou pavimentação de 1.500 metros de ruas e reforma do centro cultural, ginásio poliesportivo e terminal rodoviário. Foto: Jean Lopes/Seinfra

O prefeito Manoel Maia comemorou a parceria proposta pelo Estado. “Essa é uma ajuda que chega em boa hora para melhorar e organizar as ruas do nosso município. Vamos mapear aquelas que mais estão precisando no momento e nos mobilizar para dar apoio a esse trabalho, que será executado em breve”, pontuou.

Em março, Xapuri contará com unidade própria da Defensoria Pública Estadual. O prédio orçado em R$ 378,6 mil está em fase de conclusão. O espaço de 180 metros quadrados contará com recepção, duas salas para defensores públicos, sala de assessoria, banheiros sociais, copa, despensa, depósito e garagem.

Em março, unidade da Defensoria Pública Estadual será inaugurada em Xapuri. Foto: Jean Lopes/Seinfra

Outra importante conquista para o município centenário será a presença permanente de um defensor público. “Os cidadãos de Xapuri são atendidos por advogados dativos há muitos anos. Com a vinda de um profissional, além da economia que isso gerará, nosso público será melhor assistido”, explicou Simone Santiago, defensora pública geral do Estado.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas