Connect with us

ACRE

Cobija: Órgão sanitário na Bolívia apreende e descarta mais de 60 caixas de cerveja brasileira

Publicado

em

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução UNITEL

Mais de 60 caixas de cervejas de origem brasileira foram apreendidas e posteriormente descartadas durante uma operação realizada, nesta semana, pela Vigilância Sanitária em Cobija, Capital do Departamento de Pando, na Bolívia. Os produtos foram recolhidos em diversas distribuidoras da cidade sendo considerados impróprios para o consumo local.

Segundo divulgado no jornal “Telepaís” da TV Unitel, a operação promovida pelo órgão de fiscalização municipal tem o objetivo de coibir o contrabando de produtos alimentícios e de bebidas alcoólicas do Brasil que não foram declarados e principalmente que não possuem autorização para consumo e venda na Bolívia.

Os agentes verificaram que as cervejas em questão não possuíam o número de registro sanitário.  As ‘caixinhas’ foram levadas para a sede da entidade sanitária e descartadas no lixão. 

Não é a primeira vez que produtos vindos de Epitaciolândia e Brasiléia, de origem brasileira, são recolhidos e destruídos em solo boliviano. Em janeiro de 2020, a SENASAG, um órgão ligado ao Ministério da Agricultura do Governo da Bolívia, destruiu 37 caixas de cervejas, além de litros de óleo vegetal e toneladas de arroz. Todos os produtos foram levados ao lixão para o descarte.

A operação ocorreu com base na resolução do Governo que justifica a ação para “melhorar e proteger a condição sanitária do patrimônio produtivo agrícola e florestal e da segurança alimentar boliviana, para contribuir para o desenvolvimento sustentável e sustentável do setor agrícola com soberania e segurança alimentar”.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ACRE

Caso Lázaro: Acreanos repercutem de forma humorada a caçada ao ‘serial killer’

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga/ Foto: Reprodução Twitter

Enquanto 300 agentes das polícias do Brasil estão mobilizados para encontrar o serial killer, Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos, acusado pelas autoridades de assassinar uma família inteira no Distrito Federal, internautas acreanos repercutem o caso de forma humorada nas redes sociais. O Acre News pesquisou algumas publicações no Twitter e mostra que apesar dos ‘memes’, das piadas, o assunto é sério.

A caçada ao serial killer completa, hoje (18), dez dias e sem sucesso. Tudo começou quando ele teria provocado uma chacina em Ceilândia Norte (DF). Ao tomar conhecimento do caso, a polícia deu início à perseguição do acusado. Porém, ele estaria numa área de difícil acesso, de mata e com muitas grotas na cidade de Cocalzinho (GO). Neste período, Lázaro trocou tiros com agentes, fez reféns e invadiu casas, fazendas e chácaras.

Pesa ainda contra Lázaro Barbosa, acusação de crimes ocorridos em 8 de março de 2018, como homicídio qualificado, porte ilegal de arma, roubo e estupro, fuga da cadeia e condenação por homicídio na Bahia. Em 26 de março de 2021, o homem teria invadido uma casa e estuprado a moradora do local. No dia 17 de maio de 2021, uma família foi feita refém pelo suspeito, que portava uma faca e uma arma. Neste episódio, Lázaro mandou as vítimas ficarem nuas e ordenou que as mulheres servissem o jantar.

Logo, Lázaro Barbosa tomou conta do noticiário dos principais jornais do país. Na internet, tornou-se um dos assuntos mais comentados dos últimos dias. No Acre, alguns internautas descreveram diversas situações inusitadas sobre a repercussão.

“Minha avó tá com medo do serial killer, falou que tá com receio de sair de casa, pois está com medo. É não vai sair enquanto ele não for preso e disse pra mim ter cuidado, mas detalhe a gente mora no ACRE”, escreveu uma internauta.

“Eu achei a casa do Menino do Acre bem mais nefasta do que a desse serial killer chinelão aí”, comentou um internauta.

“Tô começando a achar que o Brasil pensa que o Acre é a própria caçamba de lixo, daqui a pouco até serial killer tá sendo jogado pra cá”, manifestou outro.

“Eu vim pro DF domingo e tô voltando hoje pro Acre. Dez dias e mais de 200 homens ainda não conseguiram capturar Lázaro Barbosa… Acho que vou em Rio Branco só buscar uns cinco policiais pra darem uma aula ao povo daqui. A incompetência desse povo é inacreditável!”, diz mais um twitter.

Veja outras publicações das redes:

Continuar lendo

ACRE

Ifac está com inscrições abertas para cursos superiores em três municípios

Estão sendo ofertadas 139 vagas para os campi Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Xapuri

Publicado

em

Por

O Instituto Federal do Acre (Ifac) está com inscrições abertas para cursos superiores nos municípios de Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Xapuri. Ao todo, estão sendo ofertadas 139 vagas remanescentes nas áreas de Agroecologia, Física, Gestão Ambiental, Química e Zootecnia.

As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 23 de junho. Clique aqui e se inscreva.

A seleção dos novos alunos será feita com base nas notas de Língua Portuguesa e Matemática do Ensino Médio. Conforme edital, serão considerados documentos comprobatórios para a seletiva:

  • Certificado de Conclusão acompanhado de Histórico Escolar do Ensino Médio;
  • Certificado de Conclusão via Provão;
  • Certificado de Conclusão via Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja);
  • Certificado de Conclusão com base nos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem);
  • Certificado de Conclusão com base nos resultados do Programa Especial de Ensino Médio (Peem);

Acesse aqui o edital

Vagas e campi

Para essa edição estão sendo ofertadas 139 vagas distribuídas nos campus Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Xapuri.

Cruzeiro do Sul

  • Tecnologia em Agroecologia: 14 vagas (vespertino)

Sena Madureira

  • Bacharelado em Zootecnia: 24 vagas (diurno)
  • Licenciatura em Física: 37 vagas (noturno)

Xapuri

  • Tecnologia em Gestão Ambiental: 37 vagas (noturno)
  • Licenciatura em Química: 27 vagas (noturno)

Inscrições

As inscrições para os cursos superiores do Ifac são gratuitas e seguem até às 18h do dia 23 de junho.

Para se inscrever, os candidatos deverão acessar o site https://web.ifac.edu.br/processoseletivo, clicar no link INSCREVA-SE AQUI, selecionar o campus, o curso desejado, preencher todos os dados obrigatórios da ficha de inscrição, conferir e clicar em finalizar.

Além disso, os candidatos deverão preencher obrigatoriamente, no momento da inscrição, o questionário socioeconômico.

Cronograma

Conforme edital, o resultado preliminar será divulgado no dia 24 de junho, após às 17h. Os interessados em interpor recurso, deverão encaminhar documentação até o dia 25 de junho. O resultado final e chamamento para matrícula será publicado em 28 de junho.

Os aprovados deverão efetivar matrícula, de forma presencial e respeitando as orientações de saúde e sanitárias previstas em edital, entre os dias 29 e 30 de junho.

Continuar lendo

ACRE

Estado firma Plano Estadual de Educação para Pessoas Privadas de Liberdade e Egressas do Sistema Prisional

Publicado

em

Por

Agência AC

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE) e do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), firmou na manhã desta sexta-feira, 18, o Plano Estadual de Educação para Pessoas Privadas de Liberdade e Egressas do Sistema Prisional, relativo ao quadriênio 2021-2024.

O documento segue as diretrizes apresentadas pelo Governo Federal, por meio dos Ministérios da Educação e da Justiça, bem como as diretrizes nacionais para a oferta da educação aos jovens e adultos em situação de privação de liberdade e egressos do Sistema Prisional. As ações do plano também contam com a parceria do Instituto Estadual de Educação Profissional e Tecnológica (Ieptec) e instituições religiosas.

O instrumento tem como objetivo assegurar o acesso à elevação da escolaridade na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), articulada com a Educação Profissional. O foco é preparar o público alvo para o pleno desenvolvimento humano, visando o exercício da cidadania e a qualificação para o mundo do trabalho.

No Acre, a educação para pessoas presas é estabelecida através da Resolução CEE/AC 135/2013, que dispõe sobre a oferta de educação para jovens e adultos em situação de privação de liberdade nos estabelecimentos penais no âmbito do Estado do Acre.

O presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, destacou que tudo perpassa pela educação e que assim como a nível de Brasil, ela também é desafio dentro do Sistema Prisional. “O Iapen tem trabalhado para que possamos possibilitar que os apenados tenham acesso à educação. Esse momento marca esse desafio. Tivemos um momento na pandemia, onde tudo havia sido suspenso e agora estamos retomando as atividades em todas as unidades prisionais do estado”, afirmou.

“Nós estamos na verdade formalizando uma ação que já acontecem em parceria entre a Secretaria Estadual de Educação e o Iapen, com novas ações, novas metas, com diretrizes claras de como esse trabalho deve acontecer a partir de agora”, disse a secretária de estado de Educação, Socorro Neri.

Ela ressaltou, ainda, que tanto a gestão do Iapen quanto a gestão da Secretaria de Educação estão conscientes de que é preciso desenvolver as atividades educativas de modo a atuar mais fortemente na recuperação e na socioeducação das pessoas privadas de liberdade e oportunizar a cada um deles perspectivas positivas para o futuro.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas