Connect with us

ACRE

Gladson Cameli assina ordem de serviço para anel viário de Brasileia e Epitaciolândia

Publicado

em

Agência AC

Numa manhã histórica para a regional do Alto Acre, o governador Gladson Cameli assinou nesta quinta-feira, 10, a ordem de serviço para a execução do contorno rodoviário dos municípios de Brasileia e Epitaciolândia, uma obra aguardada com muita ansiedade por todos os moradores da região.

O anel viário terá um contorno pela BR-317 de 10,30 quilômetros, junto a uma ponte de 250 metros, sendo 4,18 quilômetros em Brasileia e 6,12 em Epitaciolândia, beneficiando toda uma população, que ultrapassa 50 mil pessoas, num investimento de R$ 60 milhões em recursos oriundos do governo federal, que deverá ser executado em dois anos.

Bastante feliz por finalmente ter conseguido dar prosseguimento ao convênio da obra, parado desde 2016, o governador Gladson Cameli reforçou que este é mais um momento de superação à crise da pandemia e de um novo momento da recuperação do Acre.

Obra irá beneficiar mais de 50 mil pessoas na região. Foto: Diego Gurgel/Secom

“São situações como essa que fazem valer a pena a gente ser político. O tempo e a burocracia às vezes nos atrapalham muito, mas não adianta colocar a carroça na frente dos bois. Obrigado ao presidente da República, por ter atendido todos os pedidos do Acre, além do Dnit, Deracre e Seinfra, mas, principalmente, àquele que está na ponta, o servidor debaixo do sol, direto na realização da obra. Ainda estamos vivendo um momento muito difícil com essa pandemia em todo o mundo, mas já estamos vencendo o jogo, com vacinação garantida, e vamos seguir mais do que nunca pelo desenvolvimento do Acre”, destacou o governador em sua fala.

Realização de um sonho

O anel viário é hoje um dos maiores sonhos da região, numa alternativa rodoviária pela BR-317, considerada uma das mais importantes do país, pois liga o Brasil ao Oceano Pacífico, tornando toda a região uma rota turística e comercial. Atualmente, a rodovia atravessa as duas cidades, gerando uma série de conflitos urbanos.

Assinatura da ordem de serviço foi prestigiada pelos moradores da região. Foto: Diego Gurgel/Secom

A consequência principal é o intenso tráfego nos dois municípios, com incidência elevada de veículos pesados e de passeio locais, e consequentemente um número elevado de acidentes, junto ao desgaste rápido das principais vias. Além disso, o anel desafogará o fluxo da ponte urbana que liga os dois municípios e que funciona com uma única faixa de trafegabilidade, que é controlada por sinalização e nos horários de pico gera longas filas de veículos.

O superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Carlos Henrique de Assis, esteve presente ao evento e destacou: “Somos gratos ao governador por ter uma superintendência regional no Acre, facilitando o acompanhamento de obras e diminuindo a burocracia. E essa é uma obra prioritária pelo Ministério da Infraestrutura. Esse é um convênio desde 2016, mas que toma forma apenas agora, após esforços do próprio governador Gladson Cameli”.

A gratidão de um povo

Como um sonho da população do Alto Acre de quase 20 anos, o início das obras do anel viário também chegou para todos com um sentimento de gratidão.

A prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, reforçou que este é um momento de unir esforços pela superação de desafios e agradecer sempre pelas conquistas.

Governador agradeceu ao empenho de todos para o andamento do convênio. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Hoje é um dia de gratidão. E a gratidão precede a honra. Porque essa é a ordem de serviço que ultrapassa os sonhos de Brasileia e Epitaciolândia, com toda uma região que sai beneficiada. Já tivemos alagações desastrosas aqui em 2012 e 2015. Eu peço esse anel viário desde que era vereadora. Mas hoje esse pontapé inicial é dado com a assinatura do governador e a chegada da empresa, que vai contratar filhos da nossa terra para a obra”, destacou.

O prefeito de Epitaciolândia, Sérgio Lopes, completou: “Nós estamos muito felizes com essa obra. O governador está trazendo, para nossa população, a esperança, a renovação de sonhos. Cresce a expectativa dos nossos empresários e produtores. Essas obras de infraestrutura fazem com que as pessoas acreditem no governo e tenham coragem de empreender e produzir cada vez mais”.

O evento contou ainda com a presença da senadora Mailza Gomes, da deputada federal Wanda Milani e dos deputados estaduais Luiz Gonzaga e Antônio Pedro.

O governador Gladson Cameli aproveitou para realizar a entrega de uma caminhonete para o Deracre e uma ambulância para o Corpo de Bombeiros da região, que atuará em emergências nos dois municípios.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ACRE

Caso Lázaro: Acreanos repercutem de forma humorada a caçada ao ‘serial killer’

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga/ Foto: Reprodução Twitter

Enquanto 300 agentes das polícias do Brasil estão mobilizados para encontrar o serial killer, Lázaro Barbosa de Souza, de 32 anos, acusado pelas autoridades de assassinar uma família inteira no Distrito Federal, internautas acreanos repercutem o caso de forma humorada nas redes sociais. O Acre News pesquisou algumas publicações no Twitter e mostra que apesar dos ‘memes’, das piadas, o assunto é sério.

A caçada ao serial killer completa, hoje (18), dez dias e sem sucesso. Tudo começou quando ele teria provocado uma chacina em Ceilândia Norte (DF). Ao tomar conhecimento do caso, a polícia deu início à perseguição do acusado. Porém, ele estaria numa área de difícil acesso, de mata e com muitas grotas na cidade de Cocalzinho (GO). Neste período, Lázaro trocou tiros com agentes, fez reféns e invadiu casas, fazendas e chácaras.

Pesa ainda contra Lázaro Barbosa, acusação de crimes ocorridos em 8 de março de 2018, como homicídio qualificado, porte ilegal de arma, roubo e estupro, fuga da cadeia e condenação por homicídio na Bahia. Em 26 de março de 2021, o homem teria invadido uma casa e estuprado a moradora do local. No dia 17 de maio de 2021, uma família foi feita refém pelo suspeito, que portava uma faca e uma arma. Neste episódio, Lázaro mandou as vítimas ficarem nuas e ordenou que as mulheres servissem o jantar.

Logo, Lázaro Barbosa tomou conta do noticiário dos principais jornais do país. Na internet, tornou-se um dos assuntos mais comentados dos últimos dias. No Acre, alguns internautas descreveram diversas situações inusitadas sobre a repercussão.

“Minha avó tá com medo do serial killer, falou que tá com receio de sair de casa, pois está com medo. É não vai sair enquanto ele não for preso e disse pra mim ter cuidado, mas detalhe a gente mora no ACRE”, escreveu uma internauta.

“Eu achei a casa do Menino do Acre bem mais nefasta do que a desse serial killer chinelão aí”, comentou um internauta.

“Tô começando a achar que o Brasil pensa que o Acre é a própria caçamba de lixo, daqui a pouco até serial killer tá sendo jogado pra cá”, manifestou outro.

“Eu vim pro DF domingo e tô voltando hoje pro Acre. Dez dias e mais de 200 homens ainda não conseguiram capturar Lázaro Barbosa… Acho que vou em Rio Branco só buscar uns cinco policiais pra darem uma aula ao povo daqui. A incompetência desse povo é inacreditável!”, diz mais um twitter.

Veja outras publicações das redes:

Continuar lendo

ACRE

Ifac está com inscrições abertas para cursos superiores em três municípios

Estão sendo ofertadas 139 vagas para os campi Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Xapuri

Publicado

em

Por

O Instituto Federal do Acre (Ifac) está com inscrições abertas para cursos superiores nos municípios de Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Xapuri. Ao todo, estão sendo ofertadas 139 vagas remanescentes nas áreas de Agroecologia, Física, Gestão Ambiental, Química e Zootecnia.

As inscrições são gratuitas e seguem até o dia 23 de junho. Clique aqui e se inscreva.

A seleção dos novos alunos será feita com base nas notas de Língua Portuguesa e Matemática do Ensino Médio. Conforme edital, serão considerados documentos comprobatórios para a seletiva:

  • Certificado de Conclusão acompanhado de Histórico Escolar do Ensino Médio;
  • Certificado de Conclusão via Provão;
  • Certificado de Conclusão via Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja);
  • Certificado de Conclusão com base nos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem);
  • Certificado de Conclusão com base nos resultados do Programa Especial de Ensino Médio (Peem);

Acesse aqui o edital

Vagas e campi

Para essa edição estão sendo ofertadas 139 vagas distribuídas nos campus Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Xapuri.

Cruzeiro do Sul

  • Tecnologia em Agroecologia: 14 vagas (vespertino)

Sena Madureira

  • Bacharelado em Zootecnia: 24 vagas (diurno)
  • Licenciatura em Física: 37 vagas (noturno)

Xapuri

  • Tecnologia em Gestão Ambiental: 37 vagas (noturno)
  • Licenciatura em Química: 27 vagas (noturno)

Inscrições

As inscrições para os cursos superiores do Ifac são gratuitas e seguem até às 18h do dia 23 de junho.

Para se inscrever, os candidatos deverão acessar o site https://web.ifac.edu.br/processoseletivo, clicar no link INSCREVA-SE AQUI, selecionar o campus, o curso desejado, preencher todos os dados obrigatórios da ficha de inscrição, conferir e clicar em finalizar.

Além disso, os candidatos deverão preencher obrigatoriamente, no momento da inscrição, o questionário socioeconômico.

Cronograma

Conforme edital, o resultado preliminar será divulgado no dia 24 de junho, após às 17h. Os interessados em interpor recurso, deverão encaminhar documentação até o dia 25 de junho. O resultado final e chamamento para matrícula será publicado em 28 de junho.

Os aprovados deverão efetivar matrícula, de forma presencial e respeitando as orientações de saúde e sanitárias previstas em edital, entre os dias 29 e 30 de junho.

Continuar lendo

ACRE

Estado firma Plano Estadual de Educação para Pessoas Privadas de Liberdade e Egressas do Sistema Prisional

Publicado

em

Por

Agência AC

O Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE) e do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), firmou na manhã desta sexta-feira, 18, o Plano Estadual de Educação para Pessoas Privadas de Liberdade e Egressas do Sistema Prisional, relativo ao quadriênio 2021-2024.

O documento segue as diretrizes apresentadas pelo Governo Federal, por meio dos Ministérios da Educação e da Justiça, bem como as diretrizes nacionais para a oferta da educação aos jovens e adultos em situação de privação de liberdade e egressos do Sistema Prisional. As ações do plano também contam com a parceria do Instituto Estadual de Educação Profissional e Tecnológica (Ieptec) e instituições religiosas.

O instrumento tem como objetivo assegurar o acesso à elevação da escolaridade na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA), articulada com a Educação Profissional. O foco é preparar o público alvo para o pleno desenvolvimento humano, visando o exercício da cidadania e a qualificação para o mundo do trabalho.

No Acre, a educação para pessoas presas é estabelecida através da Resolução CEE/AC 135/2013, que dispõe sobre a oferta de educação para jovens e adultos em situação de privação de liberdade nos estabelecimentos penais no âmbito do Estado do Acre.

O presidente do Iapen, Arlenilson Cunha, destacou que tudo perpassa pela educação e que assim como a nível de Brasil, ela também é desafio dentro do Sistema Prisional. “O Iapen tem trabalhado para que possamos possibilitar que os apenados tenham acesso à educação. Esse momento marca esse desafio. Tivemos um momento na pandemia, onde tudo havia sido suspenso e agora estamos retomando as atividades em todas as unidades prisionais do estado”, afirmou.

“Nós estamos na verdade formalizando uma ação que já acontecem em parceria entre a Secretaria Estadual de Educação e o Iapen, com novas ações, novas metas, com diretrizes claras de como esse trabalho deve acontecer a partir de agora”, disse a secretária de estado de Educação, Socorro Neri.

Ela ressaltou, ainda, que tanto a gestão do Iapen quanto a gestão da Secretaria de Educação estão conscientes de que é preciso desenvolver as atividades educativas de modo a atuar mais fortemente na recuperação e na socioeducação das pessoas privadas de liberdade e oportunizar a cada um deles perspectivas positivas para o futuro.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas