Connect with us

POLÍTICA

No lançamento do mutirão de cirurgias, Gladson rasga elogios a Márcio Bittar e fecha a fala fazendo desafio: “Quem vai comigo, venha!”

Publicado

em

Evandro Cordeiro

O governador Gladson Cameli lançou o primeiro mutirão de cirurgias da história do Acre. O ato, com muita gente presente, aconteceu na manhã desta terça-feira, 17, numa área aberta dentro da Fundação Hospitalar.

O mutirão terá duração de seis meses e a meta é alcançar pelo menos cinco mil pacientes. Entre os procedimentos cirúrgicos previstos são de cirurgia-geral, vascular, urologia, ginecologia, cabeça e pescoço, otorrinolaringologia, mastologia e pediatria.

Como sempre, o governador Gladson Cameli quebrou o protocolo. Falou um pouco de tudo, com destaque para elogios a bancada federal, inclusive a adversários, como os senadores Sérgio Petecão (PSD). “Agora que o pior da pandemia já passou podemos acelerar os atendimentos e as cirurgias que precisaram ser pausadas.

Iniciamos o maior mutirão de cirurgias da história do nosso estado, tanto na capital quanto no interior, para diminuir as filas de espera. Nosso objetivo é zerar esses números. Gratidão aos nossos servidores da saúde, que nos ajudam a salvar vidas”, disse o governador.

A Fundação Hospital passou por algumas readequações para viver esse momento. No centro cirúrgico, foi ampliado o número de salas, que passaram de seis para oito, sendo duas exclusivas para mutirão, e realizada a compra de novos equipamentos, que se deu por meio de recursos próprios, equivalentes a R$ 1 milhão.

“Este é um momento grandioso e histórico para a saúde pública do Acre, é uma união de serviços, em que a Sesacre e a Fundhacre já vêm realizando mutirões, tanto na capital quanto no interior. Parabenizo todos os trabalhadores da Saúde que estão envolvidos para atender esse pedido do governador Gladson Cameli, em impulsionar o atendimento à população”, afirma o presidente da Fundhacre, João Paulo Silva.

O projeto se dá mediante recursos próprios do governo do Estado, oriundos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AC), no valor de R$ 15 milhões, juntamente com a emenda parlamentar do senador Márcio Bittar, no valor de R$ 10 milhões, totalizando em R$ 25 milhões.

Para encerrar, o governador mandou algumas mensagens. Primeiro rasgou elogios ao Senador Márcio Bittar (UB) e terminou assim: “Quem vai comigo, venha!”.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ELEIÇÕES

Bebe Bolsonaro pede exoneração para ficar livre e disputar eleições

Publicado

em

Por

Uma das figuras mais assediadas nas eleições 2018 por ter tido a ideia de pintar camisetas do então candidato a presidente Jair Bolsonaro, o serigrafista Vilandro de Castro Soares acabou virando o “Bebe Bolsonaro”. Pela militância em favor do presidente, foi convidado a disputar a eleição para deputado estadual. Pois hoje ele pediu exoneração no governo para assumir o desafio.

“Bebe Bolsonaro” é filiado ao PP e garante que já tem muitos seguidores que o apoiarão, mas melhor ainda, segundo ele, é a admiração de figuras nacionais como o “Véi da Havan” e o dono da rede Gazin, Mario Gazin. Amazonense radicado no Acre desde 1986, ele garante algo diferente em relação a essas figuras que surgem na política: “Eu sei o que quero da vida e do projeto político”, fecha o pano.

Continue lendo

ELEIÇÕES

Alysson Bestene pede exoneração e coloca seu nome à disposição do PP para disputar eleição

Publicado

em

Por

O ex-secretário de Saúde, Alysson Bestene Lins, que estava nomeado chefe de departamento, pediu exoneração, publicada na edição desta segunda-feira, 27, do Diário Oficial. Alysson pode ser pré-candidato à Câmara Federal nas Eleições de 2022 ou ocupar a vaga de vice na chapa majoritária – questão que, de acordo com ele, ainda não foi definida.

O progressista não precisava se afastar antes do cargo, como outros secretários fizeram, porque não ordenava despesas – o que é uma exigência da legislação eleitoral.

“Posso concorrer uma vaga na Câmara e, desde já, me coloco à disposição do Governador para a vaga de vice. Não está definido e a decisão final vem dele, como sempre. Estou disponível para trabalhar pelo povo com Gladson, seja na Câmara ou como vice”, disse.

[Com informações da ContilNet]

Continue lendo

ELEIÇÕES

Gladson Cameli não pronunciou uma sílaba sobre decisão de partidos ligados a Márcio Bittar de indicar Márcia sua vice

Publicado

em

Por

Evandro Cordeiro

O governador Gladson Cameli foi bem claro quando perguntei neste domingo, 26, se tinha interesse em se pronunciar em relação à decisão dos partidos ligados ao senador Márcio Bittar, tomada na sexta-feira, de indicar Márcia como vice na sua chapa. Para não dizer que ele ficou apenas no não, Cameli disse que vai chegar a hora certa de falar.

O assunto viralizou nas redes sociais. A oposição esqueceu suas campanhas para focar na indicação. Ninguém sabe preocupada com o que, uma vez que Márcia não somaria em nada na chapa, segundo as principais manifestações.

A vida do governador Gladson Cameli tem sido dura nesse período que antecede a campanha, mas aos poucos ele vai vencendo as etapas. Na semana, vale lembrar, conseguiu diminuir a pressão sobre os ombros ao equacionar a questão interna de seu partido, onde, após acordo com a nacional, ele volta a comandar a sigla no Acre. Além do mais, outra questão que tem causado vertigem nessa pré-campanha, o número de candidatos a senador, foi praticamente resolvida, quando a Justiça Eleitoral entendeu que em um mesmo palanque podem estar vários candidatos. Ou seja: se todos quiserem disputar a eleição no palanque dele, ele pedirá votos para todos.

Falta uma ainda, e essa é uma outra questão forte, a situação da escolha do vice. Cameli vem anunciando desde sempre que seu vice será uma escolha pessoal e explica que isso se deve em razão dos perrengues que vem passando com o atual. Na sexta-feira, partidos controlados pelo senador Márcio Bittar resolveram que a ex-mulher do senador, Márcia Bittar, será o nome indicado pelo grupo para vice, fechando o apoio incondicional à reeleição dele. O governador ficou calado. Pelo telefone disse apenas um não, ao ser perguntado se não queria falar.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas