Connect with us

POLÍCIA

Polícia Federal realiza nova fase de operação contra migração ilegal no Acre

No dia 09 de julho de 2021, a Polícia Federal deflagrou a operação ADVENUS II com o objetivo de reprimir os crimes de promoção de migração ilegal e organização criminosa ocorridos no ano de 2021 no estado do Acre

Publicado

em

Durante a operação foram cumpridos 5 (cinco) mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da 2ª Vara Federal Cível e Criminal da Seção Judiciária do Acre. A operação contou com a participação de cerca de 20 (vinte) policiais federais e teve como alvos quatro residências e um estabelecimento comercial, localizados nos municípios acreanos de Rio Branco, Brasileia e Assis Brasil.

As investigações tiveram início no mês de fevereiro de 2021 em razão da aglomeração de centenas de estrangeiros, em sua maioria haitianos, na Ponte da Integração Brasil-Peru, que marca a fronteira entre o município brasileiro de Assis Brasil e a cidade peruana de Iñapari, onde permaneceram por quase 30 dias, até sua desocupação pacífica

Os migrantes, que pretendiam atravessar o Peru, a fim de seguir caminho para a América do Norte, haviam sido impedidos de ingressar naquele país pelas autoridades peruanas, as quais fecharam as fronteiras com o Brasil ainda no ano de 2020 devido à pandemia. Acredita-se que a atuação dos coiotes é um dos fatores que contribuiu para o agravamento da situação.

Destarte, em 26 de fevereiro de 2021, foi deflagrada a Operação ADVENUS I, com o cumprimento de 4 (quatro) mandados de busca e apreensão, que levaram à obtenção de novas informações, culminando na deflagração da segunda fase da operação.

Conforme informações obtidas, a região é uma rota conhecida por migrantes que buscam chegar a países como EUA e Canadá. Criminosos no município se aproveitam da vulnerabilidade desses migrantes e, em troca de dinheiro, prometem auxiliar a travessia de maneira ilegal para o Peru, sem, contudo, mencionar a probabilidade de insucesso de empreitadas dessa natureza.

Ainda que haja êxito em adentrar no território peruano, a mencionada rota é perigosa, e envolve trajeto difícil, sujeitando os migrantes a condições extremas, e acarretando risco de morte e outros infortúnios.

O crime de promoção de migração ilegal (art. 232-A, § 1º do Código Penal) prevê pena de 2 (dois) a 5 (cinco) anos de reclusão e multa para quem promove, por qualquer meio, com o fim de obter vantagem econômica, a saída de estrangeiro do território nacional para ingressar ilegalmente em país estrangeiro.

*O nome da operação remete à palavra ESTRANGEIRO em latim, uma vez que se sabe que os migrantes (estrangeiros) são aliciados por esses coiotes ao chegarem no município de Assis Brasil.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLÍCIA

Homem é preso com mais de 43 kg de cocaína em carro que seguia do Acre para Rondônia

Publicado

em

Por

A Polícia Rodoviária Federal abordou um veículo Renault Duster que transportava mais de 43kg de cocaína.

A equipe estava em ronda quando abordou um veículo que seguia para Rondônia. O motorista ignorou a ordem de parada dos policiais e seguiu viagem sendo acompanhado pela viatura até o Posto Fiscal da Tucandeira. Os policiais decidiram encaminhar o condutor e o veículo até a Unidade Operacional da PRF no km 115 da BR 364 para uma vistoria.

Foram encontrados 43,2kg de cocaína em 45 tabletes que estavam escondidos em um compartimento do porta malas do veículo.

O homem foi preso e encaminhado para a Polícia Civil da cidade.

Continue lendo

POLÍCIA

Promotor Efrain Mendoza pede a condenação de Ícaro e Alan pela morte de Jonhliane

Publicado

em

Por

Durante a acusação no plenário da 2ª Vara do Tribunal do Júri, o Promotor de Justiça Efrain Mendoza (foto) pediu a condenação dos réus Ícaro Pinto e Alan Araújo. Logo no início, o representante do MP fez um paralelo entre a vítima e os acusados.

“Eles são sustentados pelos pais. Têm carros de luxo. A Jonhliane não. Ela era a responsável pelo próprio sustento e ainda o da mãe. A moto em que ela seguia para o trabalho foi comprada em suaves e muitas prestações. A vítima, em pleno feriado, estava indo trabalhar. Os réus voltavam de uma balada no raiar do dia. A culpa é evidente, clara”, disse Mendonza.

Continue lendo

POLÍCIA

Caso Jonhliane Paiva: réus serão interrogados nesta quarta-feira

Publicado

em

Por

Os réus Ícaro Pinto e Alan Araújo, denunciados pela morte jovem Jonhliane Paiva, serão interrogados na manhã desta quarta-feira, 18. A confirmação foi feita pelo juiz Alesson Braz (foto) ao encerrar o primeiro dia de sessão. Logo após começarão os debates entre acusação e defesa.

O Promotor Efrain Mendonza terá o prazo inicial de uma hora e meia para apresentar a acusação contra os réus. O mesmo tempo será disponibilizado para os advogados de defesa

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas