Connect with us

ACRE

Polícia Militar do Acre poderá voltar a usar a farda antiga, com destaque para o azul escuro

Decisão foi tomada por uma comissão de policiais e aprovada pelo Estado Maior

Publicado

em

A Polícia Militar do Acre deverá voltar a vestir a farda tradicional, a de cor azul escuro. Além da farda, os logradouros onde a polícia trabalha, a começar pelo quartel geral, em Rio Branco, também voltarão às cores antigas, que marcaram a história da PM. Aos 105 anos de idade, o fardamento deverá estar passando por sua terceira mudança de cor, aproximadamente. O atual comando mandou fazer um levantamento histórico para precisar essas variantes. Inclusive isso deverá resultar em um livro, segundo informou ao AcreNews o comandante, coronel Paulo César Gomes.

A mudança atual seria, segundo o atual comando, um resgate histórico, com objetivo de valorizar as tradições dos mais de cem anos da PM.

Comandante-geral da Polícia Militar do Acre, coronel Paulo César Gomes da Silva

O comandante Paulo César Gomes informou que o regulamento em construção nesse momento, chamado de identidade visual das viaturas operacionais e administrativas, está sendo feito por uma comissão de policiais e é julgado pelo Estado Maior, formado por oficiais com parentes acima de majores. A decisão, segundo ele, passa distante de preferências políticas. É coisa bem particular da tropa, um trabalho histórico.

A padronização de viaturas e prédios da polícia, que levou a comissão a mudar também a cor da farda, devem ainda passar pelo crivo do governador Gladson Cameli (Progressistas), que gosta do tradicionalismo. Ele informou, entretanto, que respeitará as decisões tomadas pela comissão, formada por pessoas que vivem o dia a dia do combate ao crime nas ruas, a própria polícia.

HISTÓRIA RESUMIDA DA POLÍCIA MILITAR

A Polícia Militar está presente nos 22 municípios acreanos, para fazer cumprir a ordem e a disciplina. Os militares que estão à frente dos quartéis e postos policiais trabalham interruptamente, dia e noite, quer faça chuva, ou sol, para fazer cumprir a lei e combater à criminalidade nas periferias e nas zonas mais centrais das cidades. Fazem os patrulhamentos das estradas, florestas e rios, independente dos obstáculos que surjam no caminho. “A nossa Polícia Militar é a personificação do Estado na defesa e na proteção das pessoas e seus integrantes representam a verdadeira presença física do Estado no cumprimento da garantia da lei e da ordem”, declara o comando.

A Corporação da Polícia Militar do Acre (PMAC) surgiu das antigas Companhias Regionais de Polícia, constituída em 25 de maio de 1916, através de uma decisão do Governo Federal. De acordo com a história oficial no período de 1904 a 1916, a Corporação fazia o papel da segurança pública do antigo Território do Acre, sob a inspeção do Exército Brasileiro que patrulhava a região de fronteira com os países andinos. Com a publicação do decreto n° 12.077/2016, passou a ser chamada das Companhias Regionais, com o objetivo de manter a ordem pública nos Departamentos do Acre, Yaco e Juruá, inclusive do então recém-criado Departamento do Alto/Tarauacá. As Companhias Regionais foram o embrião da Polícia Militar de hoje, que todos os anos faz questão de comemorar a data alusiva do dia 25 de maio.

Continuar lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ACRE

Eletricista mora em um ônibus trailer em Rio Branco e pense numa felicidade: “Deus, eu e a Maia (cadela), na boa”, disse ao AcreNews

Publicado

em

Por

A moradia do eletricista acreano Ismael Moreira de Carvalho, 49, é em qualquer lugar entre o céu e a terra, literalmente. É que a casa dele se desloca. Isso mesmo. Basta ligar o motor do micro-ônibus anos 1990, da Mercedes Benz, e partir. O interior desse veículo foi transformado em uma aconchegante casa, com cozinha, banheiro, dormitórios e, acredite, uma fofa dependência separada para a ‘maia’, a vira-lata do Ismael.

Ismael e sua Maia, cadela de estimação que tem um lugar especial na casa

A “casa” do Ismael é o sonho de muita gente, porque, segundo ele, é a essência da liberdade e do conforto, no que pesem as ameaças constantes da violência que campeia. “Aqui eu faço todas as minhas necessidades, faço minha comida, assisto minha televisão e durmo como um bebê a noite inteira”, conta o eletricista, que não é exatamente o dono do trailer, mas é portador de uma carta branca do dono para usufruir e cuidar daquele que é seu lar, apresentado a ele em boa hora, após a separação.

Ismael Moreira está separado há algum tempo da família e, depois do divórcio, procurou uma nova moradia. Ao passar a prestar serviços para um ex-político e empresário de Rio Branco acabou ganhando a invejável moradia, numa espécie de concessão sem fim previsto. “Ele me deu toda a liberdade, inclusive de me deslocar, mas prefiro ficar na segurança dos arredores da casa dele. Trabalho com ele e faço outros serviços em Rio Branco. Não tenho precisão de estar saindo”, afirmou ao AcreNews, cuja equipe convidou para tomar um café da manhã nesta terça-feira, 3, passado na hora com pão, manteiga e bolacha, preparado em um fogão de quatro bocas estabelecido ao lado da pia de lavar louças.

O trailer onde mora o eletricista vive “estacionado” no bairro Calafate e é talvez a única moradia nesse “modelo” existente aqui na capital do Acre. A energia é captada através de um cabo adaptado. Enquanto demorar a parceria entre ele e o patrão, Ismael é peremptório: não quer outra vida. “Aqui estou muito bem aconchegado e feliz. Deus, eu e a ‘maia’, minha cachorrinha que cuida da nossa segurança durante a noite”. Ah, antes de a gente sair, Ismael ofereceu hospedagem. É que além da cama dele, mais três beliches foram muito bem instalados na parte da frente, perto da cabine do ônibus, exatamente para os convidados deste ‘plunct plact zum’, que pode partir sem problema nenhum, como diria Raul Seixas.

Continuar lendo

ACRE

Projeto para construção do Hospital Universitário é entregue ao governador Gladson na Ufac

Publicado

em

Por

Guida Aquino disse que a proposta do projeto é executar a obra em parceria com o Estado. Foto: Júnior Aguiar.

Agência AC

Uma conversa cordial e de mútuo respeito deu o tom da visita do governador Gladson Cameli à reitora da Universidade Federal do Acre (Ufac), Guida Aquino, na manhã desta terça-feira, 3, no Campus da instituição de ensino, em Rio Branco.

A reitora estava acompanhada pelo vice-reitor Josimar Batista Ferreira e pelo pró-reitor de Planejamento, Alexandre Ricardo Hid, e juntos entregaram ao governador o projeto para construção do Hospital Universitário, orçado em R$ 125 milhões.

Guida Aquino disse que a proposta do projeto é executar a obra em parceria com o Estado. A nova unidade hospitalar, pelo projeto, será construído dentro do Campus da capital. A reitora aproveitou o encontro para solicitar apoio  ao governador para a preparação e construção do estacionamento da nova sede do Colégio de Aplicação, que deve ser erguido ao lado do Hospital Veterinário, também em Rio Branco. O desejo da Ufac é contar com a expertise do Deracre no serviço de terraplano e pavimentação.

Governador Gladson Cameli conversa com a reitora da Ufac, Guida Aquino, durante encontro na sede da instituição em Rio Branco, nesta terça-feira Foto: Júnior Aguiar.

“Os recursos para essa obra virão do FNDE, que não cobre esses serviços que o Deracre sabe muito bem executar. Já o projeto do Hospital universitário é mais amplo e queremos muito receber o apoio do Estado”, disse a reitora.

Do governador, os representantes da maior instituição de ensino superior do Acre ouviram garantias da expansão e fortalecimento das parcerias. Gladson Cameli se comprometeu em levar a cópia do projeto para Brasília, onde cumpre agenda nesta quarta-feira, 4.

“Eu vim aqui agradecer todo apoio incondicional. Não posso garantir agora os recursos para essa obra, mas asseguro que vou lutar lá em Brasília para que esse dinheiro seja destinado para a Ufac. Quanto ao pedido que envolve o Deracre, podem considerar atendido”, garantiu o governador.

Ainda durante o encontro, os representantes da UFAC apresentaram o planejamento do Programa de Interiorização para levar aos municípios os cursos de graduação em Agronomia, Educação Física e Economia. Essa proposta já foi apresentada a vários prefeitos de cidades do interior do Estado.

Continuar lendo

ACRE

Governo libera pagamento do primeiro lote de verbas retroativas nesta quarta

Publicado

em

Por

Agência AC

O governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão do Acre (Seplag), libera nesta quarta-feira, 4, em folha complementar, o pagamento do primeiro lote de verbas retroativas devidos a servidores e ex-servidores do Estado. Serão pagos R$2.167.128,36 para 242 servidores.

Os demais lotes serão liberados conforme o anunciado pelo governador em coletiva de imprensa realizada dia 26 de maio, por ordem de antiguidade do provimento. O primeiro lote já está disponível para pagamento, referente às verbas retroativas devidas do ano de 2016.  Todos os retroativos, com limite até o valor de R$ 30 mil, exceto os em processo judicial, serão pagos por lotes em parcela única, liberados até a data-limite de dezembro de 2022.

Após o anúncio do pagamento das verbas retroativas, realizado pelo governador Gladson Cameli, e instituído pelo decreto nº 9.020, de 26 de maio de 2021, que determinou a criação de cronograma destinado ao pagamento de valores devidos e não pagos referentes a progressões, promoções, titulações, enquadramentos e abono de permanência, entre outros, aos servidores públicos do Estado, a Seplag realizou o levantamento dos valores devidos, conforme registro no Sistema de Gestão de Pessoas.

Os demais lotes podem ser consultados por meio do sistema E-retroativo. Para ter acesso ao sistema, basta entrar na página da Seplag no endereço www.seplag.ac.gov.br, onde estará o link  do sistema E-retroativo. O servidor deverá clicar e inserir seu cadastro funcional, o mesmo utilizado para acessar o contracheque eletrônico e e-mail institucional. Aparecerá qual é o lote de pagamento e a data em que será liberado.

Caso não conste informações sobre data de previsão do lote questionado, o processo pode estar em revisão e provavelmente será processado em alguns dias, sendo informado posteriormente. Para mais esclarecimentos, o servidor deve procurar informações junto ao RH da sua secretaria.

Continuar lendo

Trending

www.acrenews.com.br é uma publicação da Acrenews Comunicação

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Endereço: Área rural, 204, Setor Barro Vermelho - CEP 69.923-899

Os artigos assinados não expressam a opinião deste site.

contato@acrenews.com.br

Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia