Connect with us

ACRE

Ramais esquecidos há duas décadas voltam a ser recuperados no Governo Gladson

Colono conta que está há mais de 20 anos na região e, desde então, nunca tinha visto uma máquina do Estado melhorando a vida da sua comunidade, no Projeto de Assentamento Oriente

Publicado

em

Agência AC

Cotidianamente, o agricultor Antônio Alberto Evangelista, morador do Projeto de Assentamento Oriente, segue uma rotina normal de quem vive no campo. No entanto, entre as atividades diárias, acompanhadas pelos sons da natureza, ele detectou uns barulhos diferentes, que vinham da entrada da sua propriedade.

Então parou com os afazeres e foi correndo conferir o que acontecia. Ao chegar na porteira da sua colônia, Evangelista avistou as máquinas do governo do Acre realizando os serviços de melhoria no ramal da Passagem, um entre tantos localizados no entorno da estrada AC-90, a conhecida Transacreana.

“Quando eu me deparei com essas máquinas, eu não acreditei. Há mais de 20 anos, eu moro aqui, e nunca fica visto uma máquina do Estado, realizando uma benfeitoria dessa. Estou com uma alegria tamanha. Aproveito para agradecer ao governador Gladson Cameli, que olhou pela gente”, disse o agricultor.

Maquinários do Estado atuam no Projeto de Assentamento Oriente, em Rio Branco. Foto: Luiz Anute/Deracre

A mistura de sentimentos de euforia e gratidão do morador é motivada pelas ações do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre), que desenvolve os trabalhos de abertura de ramais, de desvio de águas superficiais, da retirada de atoleiros e da limpeza e estabilização do solo, entre outros serviços tão essenciais para a melhorar a qualidade de vida das famílias que moram no campo.

“O nosso objetivo é entender as principais demandas dos produtores rurais, principalmente com a garantia de trafegabilidade nos ramais. A partir dessa intervenção, o Estado promove novas políticas públicas nessas regiões, melhorando a qualidade dos moradores da zona rural, que é uma das recomendações principais do governador Gladson Cameli”, destaca o diretor-presidente do Deracre, Petrônio Antunes.

Nesta semana, os gestores da autarquia estiveram percorrendo os principais ramais que compõem o assentamento Oriente. Além de acompanhar os trabalhos desenvolvidos pelas equipes técnicas, os diretores dialogaram com a comunidade para que juntos busquem soluções viáveis para beneficiar as mais de 300 famílias que vivem na região.

Deracre realiza abertura de ramais, retirada de atoleiros, limpeza e estabilização do solo. Foto: Luiz Anute/Deracre

“Iniciamos uma força tarefa aqui no Oriente, no mês de maio, e desde então, estamos melhorando os ramais do assentamento. Com a chegada dos novos maquinários adquiridos pelo governo Gladson Cameli, intensivamos os trabalhos e temos a expectativa de atuar em 150 quilômetros de ramais, contemplando todas as vias terrestres, ao longo do verão amazônico”, relata o diretor de operações do Deracre, Ronan Fonseca.

O líder comunitário José Domingos, morador da Comunidade Maloca Branca, no ramal Bom Jardim, acompanha diariamente as melhorias nas estradas vicinais da sua região. Seja no diálogo ou na oferta de alimentos para os trabalhadores do Deracre, ele faz questão de colaborar e agradecer aos serviços desenvolvidos pelo governo.

Os serviços de recuperação do ramais, além da trafegabilidade, auxilia o escoamento da produção rural. Foto: Luiz Anute/Deracre

“Todos os dias, eu presto alguma assistência aos servidores do Deracre. É uma forma e ajudar e, principalmente, agradecer a eles, que estão aqui com a gente, trabalhando pelo desenvolvimento da nossa região. Minha gratidão também se entende ao governador Gladson Cameli, que lembrou da gente”, comenta, em tom de gratidão.

Confira mais fotos

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ACRE

INMET havia alertado para chegada de temporal, mas chuva começa mansinha em Rio Branco

Publicado

em

Por

Com dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), o Relatório de Previsão do Tempo da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e das Políticas Indígenas (SEMAPI) emite um alerta de chuvas  intensas para todo o Estado do Acre, com início nesta segunda-feira (24) até próximo ao meio-dia desta terça-feira (25), com aviso de grau de severidade em perigo e fortes ventos de 60-100 km/h.

A previsão no relatório indica que a chuva será entre 30 a 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia e que a tempestade teria início às 11h desta segunda-feira, com previsão de término às 11h de terça-feira em todos os municípios. No Portal do INMET, o mapa do Acre se mantém na cor alaranjada, que indica perigo, principalmente nas mesorregiões do Vale do Acre e Vale do Juruá.

A SEMAPI divulga diariamente o relatório com a previsão do tempo, aviso meteorológico, nível dos rios e os números de chuva acumulada no Estado do Acre.  Para obter mais informações em caso de tempestade, busque a Defesa Civil (telefone 199) ou o Corpo de Bombeiros (telefone 193).

[ContilNet]

Continue lendo

ACRE

Graduado que não apareceu na transmissão da colação de grau deve ser indenizado em R$ 6 mil

Caso foi analisado na 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais, quando foi reconhecida a falha na prestação do serviço, por isso, a indenização por danos morais subiu de R$ 2 mil para R$ 6 mil

Publicado

em

Por

A 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais da Comarca de Rio Branco aumentou valor de indenização que deve ser paga a graduando que teve problemas durante cerimônia de colação de grau realizada por videoconferência. Assim, a empresa reclamada deverá pagar ao recém-formado R$ 6 mil de danos morais.

De acordo com os autos, o autor se formou em Engenharia e a colação de grau foi pela internet. Contudo, o graduando relatou que durante a cerimônia ocorreram vários problemas, entre eles, a tela de vídeo do autor não apareceu na transmissão do evento aberta ao público e convidados, enquanto o vídeo da maioria dos colegas aparecia.

O Juízo do 1º Grau acolheu os pedidos do autor e condenou a parte reclamada a pagar R$ 2 mil. Entretanto, o acadêmico entrou com Recurso Inominado, pedindo o aumento do valor fixado como indenização.

A relatora do caso foi a juíza de Direito Rogéria Epaminondas. Em seu voto, a magistrada considerou todos os transtornos e situações vivenciadas pelo graduando por causa da falha na prestação dos serviços. Por isso, votou por aumentar a indenização.

Continue lendo

ACRE

Concessionária de energia elétrica deve indenizar motociclista que colidiu com poste caído

Decisão registrou o descumprimento do dever de fiscalização e manutenção da rede de energia elétrica, dando causa, por sua conduta, ao evento danoso

Publicado

em

Por

A 1ª Turma Recursal dos Juizados Especiais negou provimento ao recurso apresentado pela concessionária de energia elétrica, mantendo a obrigação de indenizar moralmente um motociclista que colidiu com um poste caído na via pública. A decisão foi publicada na edição n° 6.990 do Diário da Justiça Eletrônico (pág. 6), desta quarta-feira, dia 19.

A parte recorrente pediu pela redução do valor imposto na condenação (R$ 6 mil) e questionou a falta de perícia no acidente de trânsito, apontando a ocorrência de culpa concorrente pelo condutor.

A juíza Olívia Ribeiro, relatora do processo, informou que nessa situação a prestadora de serviço público tem o dever de indenizar, em conformidade com a teoria do risco administrativo, adotada pelo ordenamento constitucional, segundo a qual, toda pessoa que exerce alguma atividade cria um risco de dano para terceiros e deve ser obrigada a repará-lo, independentemente da inquirição de culpa. 

“A parte recorrente possui o dever legal de prestar um serviço adequado, eficiente, seguro e contínuo, especialmente diante do risco extremado da atividade, competindo-lhe exercer a manutenção e a fiscalização periódica das instalações da rede elétrica”, enfatizou a magistrada.

Deste modo, o entendimento firmado é que se a concessionária tivesse adotado as devidas precauções,  ou seja efetivado medidas necessárias para a segurança do local, nenhum acidente teria ocorrido.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Engenharia e Tecnologia