Connect with us

ACRE

Acre continua na bandeira amarela, mesmo diante da diminuição dos números da Covid

Publicado

em

Agência AC Foto: Marcos Vicentti

O governo do Estado, por meio do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19, divulgou, nesta quinta-feira, 10, a nova classificação de risco para a doença. Com todos os indicadores epidemiológicos e de assistência hospitalar apresentando estabilidade no período avaliado, que compreende os dias 23 de maio a 5 de junho, as três regionais do Acre seguem em bandeira amarela (nível de atenção).

Os dados identificaram redução no número de notificações e de novos casos por síndrome gripal Covid-19 em todo o estado. Já a ocupação de leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) apresentaram aumento de 3% nas regionais do Alto Acre, Baixo Acre e Purus. Em relação aos óbitos, não houve variação no período analisado nas regiões do Juruá, Tarauacá-Envira e Baixo Acre.

Mesmo com a estabilidade em bandeira amarela, a coordenadora do Pacto Acre Sem Covid, Karoline Sabino, alertou a população sobre a continuidade dos cuidados sanitários adotados desde a pandemia, assim como a necessidade da vacinação em massa para que os índices caiam e o estado não enfrente a terceira onda de Covid-19, com a possível chegada de novas variantes.

“No ano passado, vivenciamos um cenário muito similar, com tendências sustentáveis de queda e, logo em seguida, no ano de 2021, iniciamos um processo de aceleração de aumento dos casos e vivenciamos uma segunda onda. Para que não possamos passar por uma terceira onda, enquanto ainda não temos 70% da população imunizada, é importante que todas as medidas sanitárias ainda estejam vigentes e as pessoas adotem isso como hábito”, declarou.

Presente por meio de videoconferência, o diretor do Hospital de Campanha do Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC) também reforçou a relevância da vacina para que a pandemia seja superada de uma vez por todas. Osvaldo Leal demonstrou preocupação com as pessoas que ainda não tomaram a segunda dose do imunizante e aproveitou a oportunidade para fazer a convocação desse público.

“Mais de 60% das pessoas que tomaram a primeira dose, no Acre, ainda não tomaram a segunda dose. Essas pessoas precisam procurar uma unidade de vacinação, em qualquer município, e se não tiverem condição, entrem em contato com a unidade de saúde mais próxima de sua casa para que essa imunização ocorra de forma efetiva”, afirmou.

Funcionamento de atividades

Com a bandeira amarela, todos os setores comerciais, sociais e religiosos podem atender com a capacidade ampliada para 50%, seguindo ainda todas as medidas sanitárias vigentes, de acordo com a resolução nº 18, do governo do Estado.

Estão permitidas de retomar também competições de futebol profissional, amistosos e treinamentos no âmbito das entidades vinculadas à Federação de Futebol do Acre; além de escolinhas de futebol para o público infantil e atividades do atletismo. Teatros, cinemas e apresentações culturais também poderão retornar, com os devidos cuidados.

Eventos corporativos, acadêmicos, técnicos e científicos, bem como eventos comemorativos e sociais, tais como casamentos, aniversários e outros tipos de confraternizações realizados em igrejas, cerimoniais, restaurantes e buffets podem retomar com capacidade limitada a 50% do espaço.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ACRE

Urgente: pessoas de má fé usam nome da Prefeitura de Rio Branco para dar golpe da “Nota Premiada”

Publicado

em

Por

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Finanças (Sefin), chama a atenção dos cidadãos para um novo golpe que está sendo praticado usando o nome da Promoção Nota Premiada.

Esclarecemos:

1. Nenhum servidor da prefeitura entra em contato por meio de WhatsApp pedindo para que seja instalado qualquer aplicativo ou fornecimento de dados;

2. Em caso de premiação, o contato é realizado por meio de ligação telefônica, solicitando o comparecimento à sede da prefeitura;

3. No ano de 2022, a Prefeitura de Rio Branco não lançou a Promoção do Programa Nota Premiada, que atualmente possuí outro nome;

4. A Prefeitura de Rio Branco pede que nenhum cidadão informe seus dados via WhatsApp para qualquer pessoa que se diga servidor municipal;

5. Por fim, ressaltamos que todas as providências legais cabíveis estão sendo tomadas para que nenhum cidadão seja lesado por pessoas de má fé.

Qualquer dúvida, pode entrar em contato com o número: 3212-7106.

[Dircom]

Continue lendo

ACRE

Na Expo Juruá, Gladson pincela sobre parceiros para reeleição: “lembrem-se de quem estava com a gente na hora que o povo mais precisou”

Publicado

em

Por

O governador Gladson Cameli (PP) disse agora há pouco, em Cruzeiro do Sul, no lançamento da Expo Juruá, que não está preocupado com quem está se afastando do Governo às vésperas das eleições. “Minha preocupação é com o povo. Lembrem-se de quem estava com a gente quando o povo mais precisou”, disse.

A Expo Juruá vai acontecer entre primeiro e 4 de setembro no hall do Arena Juruá. O lançamento reuniu empresários e políticos da região. O presidente da Assembleia Legislativa, Nicolau Júnior (PP), era um dos mais empolgados com o evento. “Vai aquecer a economia local”, afirmou.

Veja o vídeo com a fala do governador:

Continue lendo

ACRE

MPAC e outros órgãos visitam aterro sanitário e planejam atendimento aos catadores

Publicado

em

Por

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio do Núcleo de Apoio e Atendimento Psicossocial (Natera), visitou na manhã desta sexta-feira (20) o aterro sanitário de Rio Branco, no km 1 da Rodovia Transacreana. Estiveram presentes também equipes do Centro Especializado para Pessoas em Situação de Rua (Centro Pop), Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos e do Consultório na Rua, vinculada à Secretaria Municipal de Saúde.

A visita teve como objetivo conhecer a situação dos trabalhadores do aterro, em condição de extrema vulnerabilidade, e planejar a oferta de atendimento à essas pessoas. A equipe do Natera conversou com a administração do espaço e com catadores que estavam no local. De acordo com as informações obtidas na visita, cerca de 40 pessoas exercem a atividade de coleta de material reciclável no aterro.

O coordenador administrativo do Natera, Fábio Fabrício Pereira, destacou que o mote da ida conjunta das instituições foi de mapear as demandas e articular uma rede de serviços de proteção social e de saúde. “Constatamos também a presença de pessoas idosas, família indígena, pessoas com deficiência, que estão ali em uma condição de muita insalubridade e que devem ter uma proteção diferenciada por parte do poder público”, afirmou.

Para a próxima quarta-feira, as instituições que participaram da visita planejam a realização de uma tarde de atendimentos de saúde, sociais e jurídicos. Os atendimentos ofertados pelo MPAC visam colher demandas e fazer encaminhamentos relacionados às questões de saúde, benefícios, proteção social e articulação de serviços de assistência social para defender e garantir os direitos dos catadores de materiais recicláveis.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas