Connect with us

GOSPEL

Em almoço e coffee break pastores da convenção Ceimadac celebram aliança entre Antônia Lúcia e Jairo Carvalho

Publicado

em

O presidente da Convenção Estadual das Igrejas Assembleia de Deus no Acre (Ceimadac), pastor Pedro Abreu de Lima, conduziu um evento nesta quinta-feira, 9, no Espaço “A”, em Rio Branco, com a presença de 56 dos 60 pastores presidentes de campos em todo o Estado, por meio do qual foi celebrada a aliança política entre a missionária Antônia Lúcia, ex-deputada federal, e o pastor Jairo Carvalho, ex-deputado estadual. Os dois vão disputar as eleições em 2022 para os mesmos cargos que já ocuparam.

O encontro de tantas lideranças virou uma festa sacra, com oração e palavra de Deus. Ao final ficou decidido que o grupo inteiro seguirá o governador Gladson Cameli, em sua reeleição, e que o partido é uma questão de tempo para ser definido. O PL, onde já está Antônia Lúcia, mas que em Brasília está sob o poder do senador Márcio Bittar (PSL), é o mais provável.

Durante o evento, um dos momentos mais interessantes foi quando Pedro Abreu exibiu um vídeo do novo ministro do STF, pastor André Mendonça. Na fala, Mendonça agradeceu a todos pelas orações e elogiou a convenção pelo “envio” da missionária Antônia Lúcia e do pastor Jairo Carvalho na missão de disputar as eleições de 2022. “Espero em breve abraçar os dois”, afirmou o ministro, amigo pessoal do casal Pedro e Glória Abreu.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

GOSPEL

Papa pede que pais não condenem, mas apoiem os filhos gays

Publicado

em

Por

O Papa Francisco pediu aos pais que não condenem, mas apoiem seus filhos caso estes se declarem homossexuais. O pontífice teceu o comentário nesta quarta-feira (26), em seu mais recente gesto em direção à comunidade LGBTQ, que há muito é marginalizada pela hierarquia católica.

Ele falou de improviso durante sua audiência geral semanal de quarta-feira dedicada à figura de São José, o pai de Jesus. O Papa Francisco disse que estava pensando em particular nos pais que são confrontados com situações “tristes” na vida de seus filhos.

Entre as situações, o pontífice citou pais que têm que lidar com crianças doentes, presas ou que morreram em acidentes de carro, mas acrescentou “os pais que veem diferentes orientações sexuais em seus filhos e como lidar com isso, como acompanhar seus filhos e não se esconder atrás de uma atitude de condenação”. “Nunca condene uma criança”, disse.

O Papa Francisco afirmou em outra ocasião que os homossexuais têm o direito de serem aceitos por suas famílias como filhos e irmãos. Ele também disse que, embora a Igreja não possa aceitar o casamento entre pessoas do mesmo sexo, a instituição pode apoiar leis de união civil destinadas a dar aos parceiros gays direitos conjuntos nas áreas de pensões e saúde e em questões de herança.

Padres proibidos de abençoar uniões do mesmo sexo

No ano passado, o departamento doutrinário do Vaticano emitiu um documento que diz que os padres católicos não podem abençoar uniões do mesmo sexo, uma decisão que desapontou muitos católicos gays.

Em alguns países, como os EUA e a Alemanha, paróquias e ministros começaram a abençoar uniões do mesmo sexo em detrimento de casamentos, e houve pedidos para que os bispos as institucionalizassem de fato.

Os conservadores entre o 1,3 bilhão de membros da Igreja Católica têm afirmado que o Papa Francisco – que enviou notas de agradecimento a padres e freiras que ministram a católicos gays – está dando sinais contraditórios sobre a homossexualidade, o que estaria confundindo alguns fiéis.

“Quem sou eu para julgar?”.

O ensinamento oficial da Igreja Católica exige que gays e lésbicas sejam respeitados e amados, mas considera a atividade homossexual “intrinsicamente desordenada”.

O Papa Francisco, no entanto, tem procurado tornar a Igreja mais acolhedora para os homossexuais, mas notoriamente com seu comentário de 2013, quando afirmou “quem sou eu para julgar?”.

[Brasil de Fato]

Continue lendo

GOSPEL

Dança gospel, um estilo muito difundido no Acre e que já tem a adesão até de pastores mais conservadores

Publicado

em

Por

A dança gospel, segundo o dançarino e coreógrafo Roger de Souza, titular do blog Mundo da Dança, é um estilo que, mais do que qualquer outro, reverencia o nosso Criador através de um dom originalmente divino. Dado a nós os seres humanos para que possamos louvar a Deus sobre todas as coisas.

Pastor Raimundo Tadeu: “Se não tiver Deus no ministério de dança, será apenas exibicionismo”

Há controvérsia, no entanto, em relação as declarações do especialista. Pastores e outros líderes de ministérios mais conservadores não se empolgam tanto com esse “ministério”, embora tenham aderido de forma paulatina. “Não vejo tanta importância”, exorta o pastor Napoleão Julião, com 40 anos de obreiro na Assembleia de Seus. Mas há outros igualmente conservadores que já aceitam ao menos discutir o assunto ou que veem formas de dançar sem desagradar a Deus. É o caso do pastor Raimundo Tadeu, também da Assembleia de Deus. “Não sou contra. Devemos só reconhecer que ainda existe uma certa resistência por parte de alguns líderes em muitos lugares nas assembleias de Deus em todo o Brasil. Isso é fato. Esse ministério, sob orientação certa e pessoas comprometidas e com intenção de orientar e direcionar essa faixa etária da igreja, sem dúvida nenhuma, é uma boa ferramenta de agregar e motivar jovens na Igreja.

O que passar disso vai ocasionar apenas a formação de um grupo de “dança” para se ‘apresentar’, ‘se exibir’, entende?”, questiona.

Pastor Alex Carvalho: “A igreja precisa se modernizar, mas diante de Deus”

O pastor Alex Carvalho, mais progressista, tem uma visão mais apaixonada pelo ministério da dança. Segundo ele, a igreja tem que se modernizar para conquistar a juventude, mas tudo diante da presença de Deus, para não escandalizar. “A igreja tem que ter ministério de dança como tem os demais, para alcançar um certo público. A igreja tem que se modernizar, tem que ter seu podcast. O objetivo não é fazer o evangelho chegar em toda a terra? Então temos que acompanhar”, diz ele, que é articulista do AcreNews, líder de casais da Igreja Batista do Bosque, radialista e apresentador de TV.

COMO SURGIU A DANÇA GOSPEL

O blogueiro Roger de Souza, que é coreógrafo, escreve que a dança se originou no âmbito sagrado há longos, milhares de anos, quem sabe. A Bíblia confirma isso quando Deus, ao criar o homem (Gn 1:27), deu-lhe toda a sabedoria para quando, tomado pelo Espírito Santo, dançar em gratidão a Deus, louvando-O e glorificando-O com danças (II Sm 6:14), como fez Davi.

Hoje a dança gospel é um seguimento que está sendo resgatado nos templos religiosos, trazendo uma legião de dançarinos para louvar a Deus e evangelizar através da dança.

Esse estilo de dança é baseado exclusivamente para o louvor através de movimentos cuidadosamente estudados. Tendo como princípio movimentos de exaltação, admiração e adoração a Deus. O figurino também vem de um seguimento voltado para o mesmo propósito, não podendo haver sensualidade excessiva, porque o foco central de uma apresentação de Dança Gospel é exclusivamente a evangelização e adoração.

Continue lendo

GOSPEL

Primeiro suplente de deputado, Gemil Jr anuncia desistência da política para cuidar de seu ministério de louvor e da administração da Igreja Batista do Bosque

Publicado

em

Por

O primeiro suplente de deputado estadual pelo PDT Gemil Júnior, decidiu junto com a família: vai dedicar o resto da vida a obra de Deus. Ele é, atualmente, administrador de uma das maiores igrejas do Acre, a Batista do Bosque. No entanto sua vida ministerial sempre foi no departamento de louvor, onde inciou em 2006.

Gemil Salim de Abreu Júnior é um administrador filho de militar que se converteu ao cristianismo em 2005. No ano seguinte já era oficial do louvor na igreja Batista do Bosque, denominação pela qual tem sentimentos inenarráveis, bem como pelo seu líder, o pastor Agostinho Gonçalves. “Uma relação linda com Cristo e com nossa igreja”, define, quando provocado, um discreto Gemil, sempre disposto a esperar ser convidado a se apresentar.

Ex-diretor do Detran e ex-secretário de Saúde no governo Tião Viana, Gemil tem uma bagagem respeitável, mas isso não foi suficiente para convencer a direção de seu partido, o PDT, a dar a ele uma chance de apresentar-se para o trabalho na Assembleia Legislativa. Ela não se queixa disso, mas em contrapartida anuncia a desistência da política. “Vou cuidar da minha vida espiritual, do meu ministério”, enfatiza ao AcreNews Gospel.

Gemil entrou para a equipe de louvor da IBB em 2006. Em 2011 assumiu a liderança do coral. Coordenou a cantata de natal durante sete anos. Em 2019 foi líder no louvor na IBB de Cruzeiro do Sul, e em janeiro de 2020 assumiu a administração geral da IBB em Rio Branco. “Deus no controle”, diz, discretamente, praticamente pedindo distância de publicidade sobre sua vida.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas