Connect with us

ELEIÇÕES

EXCLUSIVO | Plano de governo do AGIR que zerar desmatamento, estrada ligando o Peru no Juruá e ferrovia até Rondônia

Publicado

em

Por Wanglézio Braga / Foto: Arquivo Pessoal

O AcreNews teve acesso em primeira mão ao plano de governo do candidato David Hall (Agir) para o governo do Estado (2023-2027). O documento possui 41 páginas e foi protocolado hoje (05) no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AC). Nestas eleições, a chapa do Agir vem ainda com a candidata a vice-governadora, Jorgiene Carneiro e Dimas Sandas como candidato ao Senado Federal. O lema do plano é “Acre, 50 anos em 8”.

“Ele será a base, o nosso direcionador de Políticas Públicas para os próximos anos. Queremos que cada acreano e acreana o conheça e nos ajude a executá-lo, pois só com participação popular e boa gestão, tornaremos o Acre um estado próspero, um lugar onde possamos viver com qualidade de vida e felizes”, diz trecho do documento.

O plano é dividido em 10 eixos e contempla economia, emprego e renda; infraestrutura; segurança pública; saúde pública; educação; políticas para a juventude, políticas para as mulheres; meio ambiente e sustentabilidade, direitos humanos e inclusão; gestão, transparência e modernização dos serviços públicos.

Na área da economia, o plano de governo possui supermeta de contribuir para triplicar o PIB do Acre nos próximos 8 anos, fomentar o surgimento de 80 mil novas empresas no Acre, contribuir para multiplicar a produção agrícola de grãos e proteína animal do Acre.

Para a infraestrutura, “articular junto ao governo federal a recuperação da BR 364, Rio Branco/ Cruzeiro, nos primeiros 2 anos de governo. Abrir um debate com a população para propor junto ao governo federal a possibilidade de concessão da estrada para o setor privado” e “Abertura de uma estrada Parque Juruá/Pucalpa-Peru (Integração Regional)”.

Ainda neste modal, o plano tem como objetivo “elaborar projeto e iniciar abertura de uma Ferrovia visando conectar Cruzeiro do Sul aos portos de Rondônia” e “Realizar abertura de 15% das estradas rumo aos municípios isolados ao ano”.

Na segurança pública, o Agir quer “capacitar 100% das corporações policiais, garantir equipamentos novos e modernos e melhorar continuamente as remunerações”, além de “Reduzir 80% os índices de crimes contra a vida e contra o patrimônio, nos próximos 8 anos”. Também quer “reduzir em 35% a taxa de crescimento da população carcerária e socioeducativa, nos próximos 8 anos”. O projeto não diz como essas ações devem ser realizadas.

Na área da educação, a sigla quer “Erradicar o analfabetismo no Acre, em 8 anos”, “implementar o Projeto Escola 2.0. Modernização de 100% das escolas públicas do Acre com equipamentos e acesso à Internet. Digitalização em vídeo aulas dinâmicas de todo o conteúdo do ensino básico e médio”.

Para as políticas das mulheres, o plano cita a abertura de “75 mil vagas em cursos profissionalizantes para mulheres, em 4 anos”, “Apoio para criação de 40 mil MEIs ou pequenas empresas fundadas por estudantes mulheres oriundas do ensino médio. Todas as mulheres que desejarem já sairão do terceiro ano do ensino médio com uma empresa montada”.

Outro importante modal de governo é a área do Meio Ambiente; “Zerar o Desmatamento ilegal no Acre até 2030”, “Plantar quinhentas mil árvores floríferas nos 22 municípios acreanos com o objetivo de aumentar o conforto térmico e a beleza cênica das cidades”. Por fim, “Implementar 1° Plano Estadual de Recursos Hídricos, proteção dos marciais, nascentes”.

Na área da assistência social, o plano de governo quer “Erradicar a fome no Acre, nos próximos 8 anos”, “Dobrar a oferta de vagas nos Centros de Terapias para atendimento à população autista, implementar o método ABA e proporcionar a continuidade do tratamento até a fase adulta”, “Promover e defender 100% dos Direitos Humanos Universais no Estado Do Acre”.

“Compreendemos que o mandato é de 4 anos, porém, nosso projeto: ACRE, 50 anos em 8, tem um ciclo maior para ser executado e será avaliado pelo povo do Acre, através de uma eleição, a cada 4 anos. É uma metodologia diferenciada, porém realista (…) Todos trabalhando com objetivos setoriais claros será a força necessária para transformar o Acre no lugar dos nossos sonhos”, conclui o documento.

ELEIÇÕES

Campanha de Gladson informa que todas as medidas estão sendo tomadas em relação a situação da vice, Senadora Mailza

Publicado

em

Por

Nota a Imprensa

A Coligação Avançar Para Fazer Mais, diante das informações veiculadas recentemente pela imprensa, vem a público esclarecer que:

a. Todas as ações legais que comprovem a situação de plena elegibilidade da senadora e candidata a vice-governadora Mailza, estão sendo executados de forma firme e célere;

b. Pela merecedora confiança na Justiça Eleitoral, todos os candidatos, membros e militantes da Coligação estão convictos que todas as questões serão sanadas com a maior agilidade possível;

c. Diante da esperança e do apelo popular a campanha segue na sua normalidade tendo a candidata a vice-governadora Mailza como fundamental força da necessária representatividade feminina na política para a construção de um Acre e de um Brasil melhor.

Coligação Avançar Para Fazer Mais

Continue lendo

ELEIÇÕES

Bocalom pede afastamento do Progressistas por 120 dias para apoiar candidato a governador de outro partido

Publicado

em

Por

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (PP), protocolou nesta segunda-feira, 15, um pedido de afastamento do PP, seu partido, por 120 dias. Ele alega que vai apoiar um candidato a governador de outra sigla.

Continue lendo

ELEIÇÕES

Os milionários que querem governar os Estados do Norte: Acre tem quatro

Publicado

em

Por

Foto: O Acre tem quatro candidatos milionários. Gladson Cameli (PP) é o primeiro da lista que é composta ainda por Sérgio Petecão (PSD), Jorge Viana (PT) e Márcio Bittar (MDB)

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Os milionários querem governar os estados da região norte do Brasil. Levantamento feito pelo AcreNews com base no Sistema de Informação de Candidatura e Contas Eleitorais do Supremo Tribunal Eleitoral (TSE), o DivulgaCand, consultado hoje (16), revela que 25 candidatos aos governos dos Acre (AC), Amapá (AP), Amazonas (AM), Rondônia (RO), Roraima (RR), Pará (PA) e Tocantins (TO) possuem patrimônio bastante consideráveis entre os pares.

Rondônia aparece com o maior número de candidatos milionários, seis no total. Ivo Cassol (PP) é o que mais declarou posses entre os rondonienses: R$ 134.363.530,78. É ele também que aparece com maior quantitativo entre todo os candidatos da região norte. Cassol foi senador e governador, além empresário de profissão.

O Acre tem quatro candidatos milionários. Gladson Cameli (PP) é o primeiro da lista que é composta ainda por Sérgio Petecão (PSD), Jorge Viana (PT) e Márcio Bittar (MDB). O mesmo número é visto em Tocantins e Pará.

Já o Amapá tem apenas um, Jaime Nunes (PSD) com um patrimônio declarado em R$ 35.774.294,92. Assumindo ainda a terceira posição entre o número geral.

A lista dos milionários por quantitativo de patrimônio

1° Ivo Cassol (PP-RO) R$ 134.363.530,78.

2° Eduardo Braga (MDB-AM) R$ 35.789.885,79.

3° Jaime Nunes (PSD-AP) R$ 35.774.294,92.

4° Antonio Denarium (PP-RR) R$ 21.552.758,13.

5° Helder Barbalho (MDB-PA)  R$ 18.751.269,33.

A lista dos milionários por Estado:

ACRE

1° Gladson Cameli (PP) R$ 5.161.383,44.

2° Sérgio Petecão (PSD) R$ 3.744.024,59.

3° Jorge Viana (PT) R$ 3.663.896,66.

4° Márcio Bittar (União Brasil) R$ 3.323.739,26.

AMAPÁ

1° Jaime Nunes (PSD) R$ 35.774.294,92.

 AMAZONAS

1° Eduardo Braga (MDB) R$ 35.789.885,79.

2° Nair Blair (AGIR) R$ 5.330.000,00.

3° Amazonino Mendes (Cidadania) R$ 3.908.118,95.

PARÁ

1° Helder Barbalho (MDB) R$ 18.751.269,33.

2° Major Marconi (Solidariedade) R$ 2.771.291,72.

3° Zequinha Marinho (PL) R$ 2.261.665,20.

4° Dr. Filipe (PRTB) R$ 1.720.422,89.

RORAIMA

1° Antonio Denarium (PP) R$ 21.552.758,13.

2° Juraci Escurinho (PDT) R$ 2.250.000,00.

3° Rudison Leite (PV) R$ 1.200.000,00.

RONDÔNIA

1° Ivo Cassol (PP) R$ 134.363.530,78.

2° Daniel Pereira (Solidariedade) R$ 6.600.000,00.

3° Comendador Queiroz (AGIR) R$ 3.160.000,00.

4° Marcos Rogério (PL) R$ 2.327.000,00

5° Léo Morais (PODE) R$ 1.983.172,03.

6° Coronel Marcos Rocha (União Brasil) R$ 1.010.000,00.

TOCANTINS

1° Paulão Mourão (PT) R$ 6.686.462,39

2° Dr. Luciano do Oswaldo Cruz (DC) R$ 3.856.900,00.

3° Wanderlei Barbosa (Republicanos) R$ 2.200.646,94

4° Irajá (PSD) R$ 2.051.587,15.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas