Connect with us

ELEIÇÕES

“Sou um soldado dessa eleição”, diz Bittar depois de agenda no Alto Acre com Gladson Cameli

Publicado

em

Evandro Cordeiro

O senador Márcio Bittar (UB) fechou a sexta-feira feliz da vida, segundo disse ao AcreNews, após agenda de dois dias no Alto Acre na companhia do governador Gladson Cameli (PP). “Sou um soldado em ponto de bala nessa campanha”, diz um Bittar cheio de esperança na reeleição de Cameli e disposto a caminhar pelos quatro cantos do Estado até os últimos instantes da campanha.

Márcio Bittar fecha a semana com a aliança selada com o governador Gladson Cameli a contragosto dos opositores. MDB, PSD e a esquerda sabem que, juntos, os dois formam a aliança poderosa da campanha, embora Bittar advirta que eleição não se ganha antecipadamente. “Não tem nada ganho, mas não tem como esconder que nossa aliança é forte”, diz o Senador.

Márcio Bittar tem um dos currículos mais ricos dentre todos os senadores do Acre. Sua aproximação com o presidente Jair Bolsonaro (PL) foi benéfica para o Acre em todos os sentidos. Por exemplo: somadas todas as emendas dele, inclusive as de relator, foram parar nos cofres dos municípios alguma coisa perto de R$ 1 bilhão. Tem prefeito que vai terminar o mandato e não vai conseguir concluir obras feitos das emendas de Bittar. Isso desde os aliados até prefeitos de siglas da esquerda. Todos levaram gordas quantias.

Bittar foi convidado, naturalmente, a coordenar a campanha de Gladson Cameli, responsabilidade da qual não se safara, mas prega a modéstia nesse momento. “Sou candidato a soldado da campanha”, afirma Márcio, cujos partidos que controla tem candidatos tão competitivos que o cientista político mais inadvertido admite: vão eleger maioria da bancada federal e estadual.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

ELEIÇÕES

Coligação do governador Gladson Cameli ‘invade” avenida Sobral, na Baixada, e abre campanha à reeleição

Publicado

em

Por

Evandro Cordeiro

A coligação “Avançar para fazer mais”, liderada pelo governador Gladson Cameli (PP), tomou a avenida Sobral na primeira caminhada da campanha agora há pouco. O governador está acompanhado da sua vice, senadora Mailza Gomes (PP), do candidato ao senador Ney Amorim e de candidatos a deputado federal e estadual. A coordenação da campanha não informou a segunda agenda, nesta sexta-feira, 19.

Continue lendo

ELEIÇÕES

Márcia Bittar participa da Caminhada da Esperança no bairro Calafate

Publicado

em

Por

Na manhã desta quinta-feira, 18, Márcia Bittar (PL), pré-candidata ao Senado Federal, acompanhada da militância dos partidos que formam a coligação “A Esperança de um Acre Melhor Começa Agora”, participou da Caminhada da Esperança que ocorreu desta vez no bairro Calafate.

“Me sinto muito feliz em andar pelas ruas da nossa capital, estou sendo muito bem recebida onde vou, aqui no Calafate não foi diferente, eu vejo no olhar de cada pessoa que converso a necessidade de uma verdadeira mudança na nossa política”, disse Márcia.

A candidata fez questão de visitar todos os comércios e conversou com os comerciantes sobre as suas principais queixas e problemas enfrentados.

“Criminalidade, roubos e furtos nos comércios são as maiores queixas não só dos empresários do Calafate mas de toda a nossa cidade, todos querem uma maior segurança para poder trabalhar em paz, gerando emprego e renda. Me coloquei à disposição para lá em Brasília, ao lado do nosso presidente Jair Bolsonaro, investir na segurança pública acreana”, argumentou Márcia Bittar.

[Assessoria de Imprensa]

Continue lendo

ELEIÇÕES

No Acre, nenhum candidato solicitou nome social para aparecer na urna eletrônica

Publicado

em

Por

Por Wanglézio Braga / Foto: Reprodução

Dados do Sistema de Candidatura do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), consultado pelo AcreNews, revelam que nenhum dos 529 candidatos ou candidatas do Acre solicitou o pedido de inclusão do nome social.

Em todo o país, 34 concorrentes (sete homens e 27 mulheres) ao pleito de outubro solicitaram a inclusão do nome social nas urnas. Em porcentagem, representa 0,12% do número total de candidaturas homologadas junto ao TSE.

Nome social é aquele pelo qual as pessoas transgênero, travestis e transexuais preferem ser identificadas na sociedade. O uso do nome social em candidaturas bem como no título de eleitor foi possível a partir de 2018.

Continue lendo

Trending

O Portal AcreNews é uma publicação de AcreNews Comunicação e Publicidade

Editor-chefe: Evandro Cordeiro

Contato: siteacrenews@gmail.com

Área rural 204, Barro Vermelho - Rio Branco

CNPJ: 40.304.331/0001-30

Os artigos assinados não traduzem, necessariamente, a opinião deste jornal



Copyright © 2021 Acre News. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por STECON Soluções Tecnológicas